Alcance seus objetivos investindo em títulos públicos

82 Flares Facebook 43 Twitter 23 Google+ 13 82 Flares ×

Alcance seus objetivos investindo em títulos públicosFazia algum tempo que eu não escrevia sobre títulos públicos, apesar de considerá-los uma das melhores modalidades de investimento para para obter boa rentabilidade com baixo risco. Para quem ainda não conhece bem sobre os títulos da dívida pública, recomendo a leitura dos artigo da seção Tesouro Direto, pois temos muito conteúdo sobre o assunto no Quero Ficar Rico.

Entretanto não podemos investir sem objetivos. Precisamos deles até para nos motivarmos a investir e alcançar algo. Para tanto, é necessário transformar essas metas em objetivos financeiros, para podermos mensurar o andamento do processo. Escrevi o artigo “Defina objetivos financeiros” para tratar deste tópico e sugiro a leitura antes de continuar este artigo.

O intuito deste artigo é mostrar como é possível alcançar seus objetivos financeiros utilizando títulos da dívida pública, disponíveis através do Tesouro Direto, coincidindo o prazo dos objetivos com as datas de vencimento dos títulos públicos.

Preços, taxas e vencimento

Ao acessar a tabela de preços e taxas dos títulos públicos, é possível notar que todos os títulos, sem exceção, possuem uma data de vencimento. Trocando em miúdos, existe uma data onde o montante aplicado, acrescido dos juros, é devolvido para o investidor.

Para saber mais, sugiro a leitura do artigo “Preços e taxas dos títulos públicos“, onde esclareço com detalhes cada coluna da tabela.

Objetivos financeiros

Todos nós temos objetivos. E certamente boa parte deles pode ser convertido em valor monetário e ter um prazo. Vejamos alguns exemplos: trocar de carro, fazer uma viagem nas férias, comprar um imóvel ou poupar para aposentadoria. Para cada um, é possível definir um valor (quanto pretendo gastar) e um prazo (quando pretendo efetuar o gasto).

O foco, portanto, é tentar “encaixar” o quanto e quando de cada objetivo financeiro em algum dos títulos públicos disponíveis para compra. Afinal existem títulos com data de vencimento deste 01/01/2012 até 15/05/2045!

Quero fazer uma viagem em janeiro de 2013

O orçamento está apertado e talvez não seja possível fazer uma grande viagem no próximo ano. Mas que tal se preparar para fazer essa viagem em 2013? Uma opção para realizar este objetivo é investir em LTN (Letras do Tesouro Nacional), título prefixado com vencimento em 01/01/2013.

Além da segurança e ótima rentabilidade, você já desde o início quanto seu título vai render até a data esperada. Assim você saberá exatamente quandoquanto receberá ao final do período.

Quero poupar para pagar a faculdade do meu filho

Seu filho ainda tem 5 anos, mas você já está pensando no futuro dele e também nas altas mensalidades cobradas pelas faculdades privadas. Portanto você tem 13 anos pela frente para acumular o máximo possível para não passar por dificuldades quando o momento chegar.

Pensando nisso, que tal investir em NTN-B Principal (Notas do Tesouro Nacional), título indexado à inflação com vencimento para 15/08/2024? Investindo neste título, não é necessário se preocupar nem com a possibilidade de desvalorização do dinheiro aplicado, no caso de alta inflacionária, pois essa modalidade garante ganho real (acima da inflação) por volta de 6% ao ano.

Quero investir para ter uma aposentadoria tranquila

Você já definiu que quer se aposentar em 2035 e sabe quanto deseja receber mensalmente? Então não falta mais nada, pois o título ideal para esse objetivo já existe: NTN-B Principal com vencimento para 15/05/2035.

Assim como no caso da faculdade, o principal fator para objetivos de longo (ou longuíssimo) prazo é buscar ganhos reais (acima da inflação), evitando assim o risco de um período de alta inflacionária corroer seu investimento.

Conclusão

É importante deixar claro que os títulos públicos são ótimos investimentos, mas não são os únicos nem necessariamente os melhores para você. Também não devem ser a única modalidade de investimento. É primordial diversificar, até para diluir o risco, mesmo que já seja baixo. Afinal não podemos colocar todos os ovos numa mesma cesta.

Além disso, essa combinação “objetivos financeiros + títulos públicos” serve apenas para ilustrar que é possível investir de uma forma lúdica e, ao mesmo tempo, responsável, tornando o exercício do investimento prazeroso e desafiador.

Sempre bom lembrar também que para prazos mais longos é possível correr riscos maiores, em busca de rentabilidades melhores. Procure por boas oportunidades no mercado imobiliário (terrenos, por exemplo) ou até o mesmo no mercado de ações.

Por fim, deixe um comentário e compartilhe sua opinião conosco sobre como investe para atingir seus objetivos financeiros.

Assine (é grátis)

Cadastre seu email e receba gratuitamente as atualizações do Quero Ficar Rico!


Atingiu a liberdade financeira e quer ajudar outras pessoas a alcançarem o mesmo objetivo. Continue lendo aqui!

  • luis

    Rafael,

    abri uma iconta no Itau, não pago doc/ted para transferências feitas pela internet muito bom para quem quer investir no tesouro direto!
    fica ae minha dica

    parabéns rafael muito bom o site!

    abraços

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      Ótima sugestão, Luis. Alguns leitores já haviam comentado sobre essa vantagem da iConta do Itaú. Provavelmente outros bancos devem seguir essa estratégia caso a iConta realmente dê certo (espero que sim!).

      Abraço e valeu pela participação!

  • Rafael D.

    Luis,

    Faço uso também dessa sua estratégia. Abri uma Iconta e faço os DOCs sem pagar nada.. Minha corretora é a Spinelli, ela não cobra taxa de administração. Até o momento só estou tendo o custo da CBLC 0,10% na compra e 0,30%a.a. custódia.

    Minha estratégia é longo prazo visando aposentadoria, estou comprando NTN-B Principal vencimento em 2035.

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      Duas ótimas opções. Parabéns! Além da Spinelli, Banif, Pax e Socopa também não cobram taxas para investimento no Tesouro Direto. Quem tiver interesse, dê uma lida no artigo “Melhores corretoras para investir no Tesouro Direto“.

      Abraço e valeu pela participação!

  • Filipe

    Olá Rafael conheci o site de vocês a poucas semanas e estou vendo que o site é ótimo para tirar duvidas quanto a invertir nosso dinheiro.
    Tenho um plano de previdencia pelo Bradesco a uns 5 anos. Invisto cerca de R$130,00 por mês, debitado direto da minha conta.
    Vejo que os rendimentos não chegam nem aos pés do tesouro direto. Estou pensando seriamente em cancelar esta previdencia e investir-lo no NTN-B Principal.
    O que vocês acham? Seria uma boa alternativa?
    E minha principal duvida é se posso investir este valor que já tenho guardado neste titulo e depois todo mês transferir o valor de R$130,00?
    Obrigado.
    E parabéns pelo site.

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      À princípio, é uma excelente alternativa. Contudo você deve levar em consideração os valores cobrados como imposto de renda e, porventura, alguma multa por quebra de contrato.

      Caso esses valores sejam relavantes, outra opção é simplesmente deixar de aplicar nessa previdência e partir para uma estratégia com títulos públicos.

      Analise com calma a situação, faça algumas contas e então tome sua decisão.

      Abraço e boa sorte!

  • http://profiles.google.com/jdavidsilv David

    Olá,

    A dúvida do Filipe é interessante.

    Estou no aguardo pela resposta.

    Abraço,
    David.

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      Respondido!

      Abraço!

      • http://profiles.google.com/jdavidsilv David

        Rafael,

        Na verdade, eu estava aguardando pela resposta sobre investimento mensal em Tesouro Direto :)

        Você conhece alguma estratégia para investir mensalmente no Tesouro Direto ?

        Abraço,
        David.

        • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

          Basta comprar exatamente o mesmo título todos os meses. Assim você resgatará o montante total numa única data. Isso é possível enquanto o título estiver disponível para venda.

          Abraço!

  • Lazaro

    Rafael, quando voce fala “…aposentar em 2035 e sabe quanto deseja receber mensalmente..” , como seria essa renda mensal uma vez que apos o vencimento do titulo ele eh pago totalmente a voce com o redimento acordado e nao pagamentos mensais como a previdencia privada ?

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      Nesse caso, você estará utilizando os títulos públicos apenas para acumular o montante necessário para a aposentadoria.

      O que pode ser feito é reaplicar, após 2035, este montante em títulos que pagam cupons semestrais ou investir num fundo de renda fixa e efetuar resgates mensais.

      Acesse a seção de Downloads e baixe a planilha Simulador de Projeção Financeira. Através dessa ferramenta é possível calcular quanto você terá acumulado e quanto receberá por mês.

      Abraço!

  • José Eduardo

    Olá Rafael,gostei muito de suas explicaçoes sobre investimento.
    Más queria mais uma dica:
    Recentemente comprei um título público com recursos que não usarei por enquanto,no entanto possuo cerca de 4 mil reais mas que usarei daqui um ano,será melhor aplicar em títulos públicos ou deixar na poupança?
    Outra coisa,pago um consórcio de cerca de R$230,00 más já estou quitanto, queria depois da quitação do consórcio,continuar disponiblizando esse valor 230,00 reais para algum investimento,tenho uma previdencia privado da empresa o qual trabalho,seria melhor fazer esse aporte que antes era para o consórcio,ou investir em outra coisa como poupança??

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      1) Em termos de rentabilidade, é muito melhor aplicar na LTN 010112, por exemplo.

      2) Poupança não é investimento. Recomendo a leitura do artigo “Entenda a diferença entre poupança e investimento“. Analise outras oportunidades, como sua previdência ou até o próprio Tesouro Direto.

      Abraço!

  • Henrique Sousa

    Já investi (como teste) por algum tempo em ações, mas cheguei a conclusão que devido as taxas de corretagem, só vale a pena se investir um valor razoável e por algum tempo, por outro lado quero tentar investir em TD, mas tenho duvidas, a primeira eu não entendi bem, se eu investir na:
    LTN 010113 01/01/2013 12,55% – R$ 833,18
    Terei 12,55% de valorização ao ano? ou seja se eu investir R$833,18 hj na LTN 010113, em janeiro de 2013 vou receber R$1042,31 (valorização de 25%)??? (algo em torno disso já que não são 2 anos completos)

    Tbm posso investir aos poucos, R$300 por mês por exemplo? nesse caso o valor da valorização diminui ou o prazo aumenta?

    Recomenda a Itautrade para essa negociação?

    Grato

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      1) Toda LTN paga exatamente R$ 1.000,00 no vencimento. A rentabilidade é calculada por uma taxa de desconto sobre esse valor. Pode perceber que, quanto mais perto do vencimento, mais próximo o preço da LTN fica de mil reais.

      2) Pode. Nem diminue nem aumenta. Você não comprará um título, mas uma parte dele. Leia o artigo “Investimento mínimo para o Tesouro Direto“.

      3) Para escolher uma corretora para o TD, recomendo a leitura do artigo “Melhores corretoras para investir no Tesouro Direto“.

      Abraço!

  • Aluisio Fernandes

    Prezado Rafael, parabéns pelo espaço eletrônico e a clareza do assunto abordado. Vamos a pergunta: considerando um montante suficiente para investimento em LCI (Letras de Crédito Imobiliário) ou alguma(s) das opções que o TD oferece, qual a melhor escolha? LCI ou TD? Vamos estabelecer que o montante fique aplicado tempo necessário para que incida a menor alíquota do IR sobre os rendimentos (caso a opção seja pelo TD). Agradeço a atenção dispensada.

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      Obrigado, Aluisio. Quanto às suas perguntas, a resposta é o famoso “depende”. Para fazer essa comparação, você precisa dizer qual o percentual do CDI que conseguiu pela LCI e qual o título pretendido.

      Se você considerar a LFT, por exemplo, esse título equivale a 100% do CDI. Se a LCI foi melhor que 85% do CDI, já seria melhor.

      Ressalto que esses cálculos são a grosso modo e servem apenas para comparar superficialmente. Mas é mais ou menos por aí.

      Abraço!

  • Tiago Carvalho

    Rafael, na verdade minha dúvida não é exatamente sobre o Tesouro, e sim sobre rebalanceamento envolvendo o Tesouro:
    Muitos especialistas e blogueiros falam sobre as vantagens da técnica de rebalanceamento. Concordo que é uma técnica simples e vantajosa, mas eu invisto em títulos públicos e ações. É vantagem recalibrar a carteira de tempos em tempos pagando o imposto de renda no Tesouro e ficando suscetível as oscilações do mercado dos títulos? Em ações não pago, pois AINDA não tenho nem os 20k para vender e pagar Imposto de Renda.

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      Sim, sem dúvidas. Uma opção é fazer após 12 meses, pois assim a alíquota do imposto de renda que incidiria sobre os títulos seria de 17,5%.

      Recomendo a leitura do artigo “Qual a melhor estratégia para investir?“. O texto mostra como rebalancear a carteira de tempos em tempos.

      Abraço e valeu pela participação!

  • Roberto

    Rafael, seria bem interessante e instrutivo se oportunamente vc pudesse fazer simulaçoes numericas com os objetivos financeiros citados no artigo. Por exemplo, simular passo a passo projeçao de uma poupança de 1 milhao daqui 15 anos ou acumulo de xis reais para troca do carro daqui 1 ano !

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      Já fiz vários cálculos e disponibilizei planilhas para fazer essas simulações. Como sugestão, dê uma lida no artigo “Viva rico, morra quebrado“.

      Abraço e valeu pela participação!

  • Leandro

    Olá Rafael,
    Investimentos em títulos públicos incider Imposto de Renda, já LCI é isento, não seria uma opção melhor?

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      Depende. A poupança também é isenta de IR e mesmo assim é infinitamente pior que os títulos públicos.

      Para fazer essa comparação, você precisa saber qual o percentual do CDI que conseguiu pela LCI e qual o título pretendido.

      Se você considerar a LFT, por exemplo, esse título equivale a 100% do CDI. Se a LCI foi melhor que 85% do CDI, já seria melhor.

      Ressalto que esses cálculos são a grosso modo e servem apenas para comparar superficialmente. Mas é mais ou menos por aí.

      Abraço!

  • FILIPE

    Olá Rafael.
    Qual a maneira de escolher o agente de custódia que você indicaria no caso da pessoa não ter a opção de transferir o investimento através de DOCs sem tarifas.
    Sei que tem corretoras que não cobram taxa de custódia, más como eu faria para transferir o investimento sem que ter que pagar DOCs ou TEDs?
    Sou cliente do Bradesco, que não me isenta de tarifas de DOCs. Será que a melhor opção neste caso é eu acabar utilizando o próprio Bradesco como agente de custódia que cobra 0,5 a.a.?
    Abraço.

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      Transferir dinheiro sem pagar DOC/TED

      Sugestão: conversar com seu gerente para negociar este item ou abrir um iConta, oferecida pela Itaú, por exemplo. Todas as operações feitas pela internet são isentas.

      Quanto à pagar DOC/TED ou taxa de administração, é bem melhor pagar DOC/TED. No começo pode ser mais custoso, entretanto a taxa de administração incide sobre o montante total investido. Então quando você tivesse, digamos, R$ 20 mil investido, pagaria R$ 100 só de taxa de administração para o Bradesco.

      Abraço!

  • ANDERSON

    Rafael tudo blz.
    Vale lembrar o pessoal o seguinte, vou citar o ntn-b pois é o que invisto, o IR vai incidir sob o prêmio (em torno de 6,6%) + variação do IPCA, então no caso não estamos assim tão protegidos da inflação pois o IR come parte do IPCA.
    Exite coisa mais injusta que isso??!!!!
    há outra coisa, o banco Sofisa direto tem uma aplicação chamada CDB IPCA que paga 7,88 + IPCA, um pouco mais que o tesouro e sem as taxas.

    abs
    Anderson

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      A incidência do imposto de renda nos títulos públicos foi explicada no artigo “Tributação do Tesouro Direto“. Não teria como ser diferente, pois o IPCA é apenas um índice que compõe a rentabilidade.

      O IR incide sobre esse rendimento, independente dele ser obtido pela variação do IPCA, IGP-M, Selic ou qualquer outro. Por ser um índice de inflação, parece injusto, mas na verdade tem que ser visto como um índice qualquer que representa parte da rentabilidade, assim como a Selic nas LFTs.

      Quanto ao Sofisa Direto, todos os CDBs oferecidos pela instituição são acima da média do mercado. Recomendo uma boa olhada nesses títulos.

      Abraço e valeu pela participação!

  • Roberto

    Embora seja uma boa hora de aproveitar as altas taxas de juros, tambem é uma boa hora de aproveitar a baixa da bolsa mas nem sempre sobra dinheiro para fazer as 2 coisas. Pensando no medio/longo prazo qual caminho seguir ?

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      Depende do seu perfil de investidor. De nada adianta entrar com tudo na Bovespa se não tiver estômago para aguentar caso o índice continue a cair ainda mais.

      Ambas as estratégias são muito boas, mas o ideal é dividir quanto vai para cada uma a depender da sua tolerância a riscos.

      Enquanto alguns colocariam 80% em renda fixa e 20% em renda variável, outros poderiam investir meio a meio. E todos estariam corretos.

      Abraço!

  • luis

    Rafael,

    podemos confiar em aplicações em CDB direto?

    abraço

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      O que você chama de CDB direto? Provavelmente deve estar confundindo os termos e infelizmente não consegui entender do que se trata. Assim que você passar mais detalhes, tento te ajudar.

      Abraço!

  • gustavo H

    Prezado rafael e demais amigos do QFR,

    Sobre os agentes de custodia do TD…
    1) já tenho titulos por meio da CEF. Ha algum impedimento em adiquirir novos titulos por meio de outro agente, ou seja, ter dois agentes?

    2) So pra eu tentar entender… O que esses agentes de custodia ganham ao cobrar taxa ZERO pela administração dos TDs??

    Valeu!

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      1) Não tem problema possuir títulos em agentes de custódia distintos. Inclusive você pode transferir a custódia da Caixa para outra corretora que não cobre taxa de administração.

      2) Exposição aos demais produtos.

      Abraço!

  • ANDERSON

    Gustavo
    Provavelmente a caixa lhe cobra taxa de administração desta aplicação, então sugiro que transfira a administração desta aplicação para uma corretora que não cobra para isso (não custa nada e não tem burocracia para isso), caso contrário essa aplicação pode se tornar menos rentável até que a poupança.
    O que a corretora ganha não cobrando taxa de administração? Ganha um cliente satisfeito que provavelmente irá “consumir” outros serviços desta mesma corretora quando precisar.
    Espero ter lhe ajudado
    abs
    Anderson

  • gustavo H

    Realmente a satisfaçao do cliente gera retorno em outros produtos consumidos. Fiquei com uma duvida se haveria uma taxa cobrada em algum momento da transaçao que influenciaria no nosso rendimento.

    Alguem mais tem alguma ideia a respeito?

    E como pode ser feita essa “transferencia de administraçao” dos títulos?

    Alguma corretora, taxa ZERO, que vcs indicam, por experiencia propria? Bom procedimento e simplicidade?

    Um grande abraco e bom fim de semana!

  • gilmar

    Caro Rafael, se eu comprar um título com taxa pré-fixada no TD, quanto mais longe a data do vencimento, maior é a rentabilidade? Digo, a % que vou receber em cima do valor que comprei o título.
    Por exemplo, um título que vence dia 01/01/2015 paga menos taxa (%), que um que vence dia 01/01/2035?
    Pretendo comprar títulos com vencimentos longos, mas aí depende se adianta ou dá na mesma que um com vencimento mais próximo.

    Desculpe a pergunta meio esquisita, ainda sou leigo, e acabei de enviar a documentação para a corretora (link, agora da octo investimentos), e só falta liberarem para eu começar a investir!
    Estou ansioso :P

    Abraço!

  • Gilmar

    ah!
    Esqueci de perguntar.
    Como é cobrada as taxas pela corretora, CBLC e IR?
    É automático, tipo no fim do vencimento do título é cobrado tudo junto, aí posso sacar o dinheiro?
    Ou no caso das taxas a.a por exemplo são cobradas realmente todo ano?

    Desde já agradeço!
    E vou para a ativa, a link agora está muito instável, já deu problema no meu cadastro :(

  • Fabio Ferrari

    Rafael, boa tarde,
    sou novo por aqui e por isso não sei se vc já respondeu à essa pergunta. O que vc me diz sobre o CDB sofisa direto que promete pagar mais juros que o tesouro direto?

    Um Abraço e parabens pelo blog
    Fabio

  • Roberto

    Rafael, tenho um plano de previdencia antigo q paga IGPM+6%aa, tx de carregamento 2% , IR de 27,5% e assim como o PGBL, tb me permite abater até 12% do meu rendimento bruto anual.Está paralisado ha 5 anos.
    Pensando no longo prazo, o q lhe parece…melhor ou pior q aplicar em NTN-B ?

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      Em termos de rentabilidade, talvez seja uma boa mantê-lo. O IGP-M historicamente rende mais que o IPCA. Tanto que o Tesouro Direto deixou de negociar as NTN-C, que eram indexadas ao IGP-M.

      Por outro lado, a taxa de carregamento é bem alta, algo que você não encontraria nos títulos públicos.

      Cabe a você avaliar as vantagens e desvantages e tomar uma decisão.

      Abraço!

  • Lu

    Boa Noite, Rafael.
    Me interessei por investimento em títulos do TD, porém estou em dúvida em relação a qual a melhor opção de título a escolher, meu objetivo é a compra de um carro em 2013, fiquei em dúvida se para obter uma boa rentabilidade é necessário comprar mensalmente títulos ou apenas a compra de um título pode me trazer esse retorno até o período de seu vencimento…

  • http://www.facebook.com/people/Philippe-Eduardo-Pamplona-Cardoso/100000402182890 Philippe Eduardo Pamplona Card

    Boa tarde Rafael! Obrigado pelos esclarecimentos em relação as aplicações mensais no Tesouro Direto! Era a dúvida que faltava para começar o meu plano de aposentadoria……agora só falta definir minha estratégia (valor mensal e tempo) e o tipo de dívida pública a ser comprada. Uma dúvida? Para a aposentadoria é melhor aplicar na NTN-B ou NTN-B Principal? Entendo que a primeira paga juros semestrais, os quais poderão ser reaplicados, diminuindo assim o tempo para obtenção do montante final, correto? Duvida 2 por favor: como fica a cobrança do IR, já que as aplicações serão mensais e a alíquota de IR depende do tempo total de aplicação? Muito obrigado pelo seu blog! Vou recomendar para muitas pessoas!

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Para aposentadoria, eu prefiro a NTN-B Principal.

      Em relação à tributação dos cupons, leia este artigo: Tributação do Tesouro Direto

      Abraço!

  • http://twitter.com/pettersonluis Petterson Reis

    Quando se fala de curto, médio e longo prazos, com podemos defini-los? Curto prazo pode ser 6 meses, mas também pode ser 3 anos… :S

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Como você mesmo disse, não existe regra para isso. Depende dos conceitos de cada um.

      Ao definir objetivos financeiros, fica mais fácil determinar o que curto, médio e longo prazo para você. Por exemplo: trocar de carro, comprar um apartamento e aposentadoria.

      Nesse exemplo que dei, eu quero – hipoteticamente – trocar de carro em 12 meses, comprar um apartamento em 5 anos e me aposentar dentro 30 anos. Especificamente para esse caso, curto prazo seria 1 ano, médio prazo seria 5 anos e longo prazo, 30 anos.

      Abraço!

  • Rodrigo

    Rafael, parabéns pelo artigo! Estou procurando bons artigos como o seu a fim de tomar a decisão de garantir minha aposentadoria. De início, estava pensando em um PGBL, porém devido as altas taxas de carregamento e administração, estou pensando em ao invés de investir em um PGBL de 30 anos para minha aposentadoria, investir em uma NTN-B Principal, pois acho que eu não teria problemas em fazer aportes regulares para isso. A minha dúvida é, esse plano em investir no TD me daria o mesmo benefício de juros sobre judos de um PGBL?

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Sim, Rodrigo. E ao escolher a NTN-B Principal (ao invés da NTN-B), você ainda tem essa vantagem: o reinvestimento dos juros é automático. Você receberá tudo no final, atualizado pela taxa prometida e pela inflação.

      Abraço!

  • Luiz Mike

    Pretendo investir mensalmente no tesouro direto comprando o mesmo titulo todo o mes como vc indicou em uma das respostas, num primeiro momento vc acha interessante eu comprar o titulo em seu valor inteiro ou fracionado?, meus objetivos sao a curto prazo (3 anos), e mais pre fixado ou pos fixado? Estou aguardando e estudando a melhor estrategia para começar a investir no inicio de 2013.

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      É indiferente a compra do título parcial ou integralmente. Em relação ao título, meu preferido é a NTN-B Principal.

      Abraço!

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100002452216522 Kaio Augusto

    Olá Rafael,

    Entrei no seguinte link indicado por você para os títulos porem esta assim ” O mercado está fechado no momento.” já que não entendo muito sobre, queria saber se você sabe quando eles voltam a funcionar ?

    Obrigado , Kaio.

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Kaio,

      O mercado fica aberto entre 09:00 e 05:00.

      Abraço!

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100002452216522 Kaio Augusto

    Rafael acabo de ver mais um dos post seus, e vi algo que a tabela é atualizada diariamente as 9h a.m, confirme comigo se é por isso que estão ”fechado no momento” ? obrigado

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Isso mesmo, Kaio. Só abre após às 09:00.

      Abraço!

  • Gustavo Gurgel

    Rafael,
    tenho um cadastro no simulador do tesouro direto e peguei o seu exemplo de aposentadoria para 2035 para simular no NTN – principal.
    Informei o seguinte: quero ter ao final desse período 200 mil reais, não tenho valor inicial e pagaria 0,50% de taxa de custódia (BB). O simulador me mostrou que: pelo tesouro direto eu preciso depositar mensalmente R$244,21 para acumular o saldo; já se eu fizer esse plano usando a poupança eu precisaria depositar mensalmente R$333,34.
    Claro que a vantagem está nos depósitos NTN-principal em detrimento da poupança.
    Mas eu tenho mais flexibilidade de saque na poupança que no NTN-p. Ou estou errado? Cito a flexibilidade de saque, pois, durante esse período (23 anos), eu poderia fazer retiradas para investir em variáveis (dependendo situação) e, resgatando o rendimento, retornar à poupança num contexto de baixa de variáveis. Ou isso pode ser feito também com o NTN-principal?
    Outra coisa: tesouro direto é um bom investimento a longo prazo. Certo? Quem quer aplicar para retorno mais rápido (até 5 anos) está não é uma boa opção, não é? Para situações de até 5 anos o tesouro me dá pouca competitividade em relação à poupança.

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Invista então na NTN-B (sem ser a principal). Daí você recebe semestralmente parte da rentabilidade de volta. Se quiser investir na renda variável, investe. Caso contrário, reinveste no mesmo título.

      Abraço!

      • Henrique Santana

        Rafael Seabra,
        Tenho disponível cerca de R$ 120,00/mês livres pra mim, é possível investí-los em títulos públicos? vale a pena investí-los em títulos públicos? qual é o risco que tenho? é a melhor forma de investir a longo prazo pra que dispõe de pouquíssimo recurso, como eu?

        • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

          Henrique,

          Tenho duas sugestões. A primeira delas é investir em títulos públicos, pelo Tesouro Direto. Trata-se de uma ótima opção de investimento para obter boa rentabilidade com baixo risco. Para mais detalhes, sugiro a leitura do artigo: “10 respostas sobre o Tesouro Direto“.

          Outra sugestão é o eBook ‘Como Investir Dinheiro’. Recomendado por vários especialistas (inclusive Gustavo Cerbasi, autor de Casais Inteligente Enriquecem Juntos), o eBook Como Investir Dinheiro é um guia de investimento composto por quatro livros digitais e duas planilhas financeiras.

          Além desse material, você terá acesso ao e-mail exclusivo para entrar em contato comigo (autor do material) e tirar dúvidas.

          O investimento é baixo e o risco é mínimo, considerando que você tem 30 dias para avaliar o produto. Se não gostar, basta pedir seu dinheiro de volta.

          Para saber mais sobre o kit, acesse: http://comoinvestirdinheiro.com.br/

          Abraço e sucesso!

  • Marcello Holanda

    Tenh mais de R$ 50.000 aplicados na poupnça, vou utilizar parte desse valor no início de 2013, no financiamento de um aptº, qual seria o melhor investimento até lá°

  • Grasy

    RAFAEL.

    OLÁ GOSTARIA DE SABER, EU COSTUMO DEPOSITAR EM MÉDIA R$ 100,00 REAIS POR MÊS NA POUPANÇA, MAS NÃO VEJO MUITO LUCRO O QUE DEVO FAZER PRA VER LUCRO NO MEU INVESTIMENTO, COMO DEVO APLICAR.

    OBRIGADO!

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Grasy,

      Tenho duas sugestões.

      A primeira delas é investir em títulos públicos, pelo Tesouro Direto. Trata-se de uma ótima opção de investimento para obter boa rentabilidade com baixo risco. Para mais detalhes, sugiro a leitura do artigo: “10 respostas sobre o Tesouro Direto“.

      Outra sugestão é o eBook ‘Como Investir Dinheiro’. Recomendado por vários especialistas (inclusive Gustavo Cerbasi, autor de Casais Inteligente Enriquecem Juntos), o eBook Como Investir Dinheiro é um guia de investimento composto por quatro livros digitais e duas planilhas financeiras.

      Além desse material, você terá acesso ao e-mail exclusivo para entrar em contato comigo (autor do material) e tirar dúvidas.

      O investimento é baixo e o risco é mínimo, considerando que você tem 30 dias para avaliar o produto. Se não gostar, basta pedir seu dinheiro de volta.

      Para saber mais sobre o eBook, acesse: http://comoinvestirdinheiro.com.br/

      Abraço e sucesso!

  • Anderson B.

    Rafael ta de parabens pelo site gostei muito ,como minha primeira vez de iniciande tenho vontade de aplicar meu dinheiro, e gostaria de saber atraves de vc qual seria a melhor renda ou maneiro para aplicaçao do meu dinheiro apesar tbm tem seus altos e baixos mas estou disposto a aplicar qual dica vc me daria ? pq no momento meu dinheiro so rende na poupança e gostaria q rendese mais.

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Anderson,

      Tenho duas sugestões.

      A primeira delas é investir em títulos públicos, pelo Tesouro Direto. Trata-se de uma ótima opção de investimento para obter boa rentabilidade com baixo risco. Para mais detalhes, sugiro a leitura do artigo: “10 respostas sobre o Tesouro Direto“.

      Outra sugestão é o eBook ‘Como Investir Dinheiro’. Recomendado por vários especialistas (inclusive Gustavo Cerbasi, autor de Casais Inteligente Enriquecem Juntos), o eBook Como Investir Dinheiro é um guia de investimento composto por cinco livros digitais e duas planilhas financeiras.

      Além desse material, você terá acesso ao e-mail exclusivo para entrar em contato comigo (autor do material) e tirar dúvidas.

      O investimento é baixo e o risco é mínimo, considerando que você tem 30 dias para avaliar o produto. Se não gostar, basta pedir seu dinheiro de volta.

      Para saber mais sobre o eBook, acesse: http://comoinvestirdinheiro.com.br/

      Abraço e sucesso!

  • Antonio

    Olá!
    Com que valor posso começar a investir em tesouro direto?

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      A partir de R$ 100, Antonio.

      Abraço!

  • Sérgio

    Rafael, quero fazer investimento para o futuro de minha filha, ela tem 4 anos, o prazo e 14 anos. E aposentadoria p/ mim, prazo de 17 anos. Quais as melhores alternativas? Estes planos de previdência privada oferecido pelos bancos são bons?

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Em termos de rentabilidade, acredito que os títulos públicos indexados à inflação são mais interessantes.

      Abraço!

  • Investidor

    Rafael tudo bem?

    Meu objetivo é ter uma rentabilidade líquida aos moldes da poupança. Nesse caso o que fazer? Pensei em titulo que paga cupom semestralmente, mas não sei se é uma boa, pois se fosse mensal seria melhor. Tenho 300 mil pra investir e não quero deixar na poupança, preciso extrair minha aposentadoria desse dinheiro, mas sem que ele perca seu valor com a inflação. Por favor, comente minha situação. Abraços

  • http://twitter.com/HugoCesar45 Hugo

    E quando não há títulos com prazos curtos de vencimento e minha intenção é para planos como troca de carro ou viagens?

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Se você planeja deixar o dinheiro por, pelo menos, 2 anos, vá de LFT. É possível vendê-la semanalmente praticamente sem perda.

      Abraço!

  • Rodrigo Paulo

    Boa Noite, Rafael

    Li todos os artigos sobre o Tesouro Direto e decidi que vou investir boa parte dos meus rendimentos nesse investimento. Queria saber de você, quais as análises que um investidor do TD deve fazer e como monitorar isso.

    Já criei uma planilha no excel com os preços dos papeis e o retorno oferecido, um pra acompanhar a taxa SELIC e o IPCA, para tentar identificar possíveis mudanças no preço e no retorno. O que mais você recomenda?

    No mais, parabéns pelo seu blog, os artigos sempre são de ótima qualidade e o novo visual ficou show de bola!