Ganhe Dinheiro Vendendo Produtos Importados da China

155 Flares Facebook 113 Twitter 26 Google+ 12 155 Flares ×

Ganhe Dinheiro Vendendo Produtos Importados da ChinaMeu amigo e parceiro Caio Ferreira acaba de lançar a mais nova versão do produto “Como Importar da China e Iniciar seu próprio Comércio Eletrônico“.

Através dele, é possível saber como comprar mercadorias diretamente da China a valores muito baixos, revender com uma boa margem de lucro e ainda assim por um ótimo preço para o comprador.

Ganhar dinheiro na internet sem sair de casa definitivamente não é fácil. Entretanto existem meios onde seu esforço aliado ao conhecimento podem trazer ótimos resultados.

O importante é ficar claro que de nada adianta saber como comprar barato se não houver dedicação para promover a venda, seja através do Mercado Livre, site de e-commerce, boca a boca, no trabalho ou onde quer que seja.

O intuito deste artigo é apresentar a ferramenta “Como Importar da China e Iniciar seu próprio Comércio Eletrônico“, que se propõe a ensinar como comprar direto da China para revender com ótima margem de lucro.

Vou explicar como o negócio funciona, quais os principais tópicos do material, mostrar alguns sites que trabalham exatamente deste modo e, por fim, dar minha recomendação.

Como o negócio funciona?

De uma forma bem simples, a ferramenta “Como Importar da China e Iniciar seu próprio Comércio Eletrônico“, composta por livro + vídeo-aulas + audiobook, funciona assim:

  1. Você faz anúncios gratuitos em sites como o Mercado Livre ou na sua própria loja virtual com custo zero.
  2. Alguém vê o anúncio e compra o produto. Você recebe o dinheiro.
  3. Você usa o dinheiro que o comprador te pagou e compra o produto que ele encomendou.
  4. O fornecedor envia o produto para seu cliente direto da China, como se fosse você que tivesse enviado.

A grande vantagem está no fato de apenas intermediar a negociação.

Dessa forma, é possível começar o negócio sem investimento inicial, pois primeiro recebe o dinheiro e só então faz a compra, por um valor mais baixo.

É importante deixar claro, no entanto, que o prazo para entrega é bastante longo (aproxidamente 30 dias) e ainda existe uma pequena possibilidade da mercadoria ser retida na alfândega.

Assim sendo, o comprador se dirigir ao local para fazer a retirada e pagar o imposto de importação.

E por que o cliente não compraria diretamente da China?!

Simplesmente porque pouquíssimas pessoas sabem como fazê-lo. É aí onde o conhecimento faz toda a diferença.

Além disso, pode ser muito trabalhoso fazer todo o procedimento para efetuar uma única compra. Entretanto, para quem pensa em trabalhar com isso, vale a pena montar todo o esquema, afinal serão muitas vendas.

O que o material ensina?

A ferramenta “Como Importar da China e Iniciar seu próprio Comércio Eletrônico” mostra, entre outras coisas:

  • Onde e como comprar muito barato;
  • Como começar sem capital;
  • Onde e como vender (Mercado Livre, lojas virtuais…);
  • Impostos e tarifas na importação: como fugir deles dentro da lei;

Conclusão

Minha opinião sobre esse produto é muito parecida como que já escrevi em outros artigos sobre oportunidades de renda extra.

Primeiro você deve avaliar o produto, fazer algumas pesquisas, visitar sites que trabalham dessa forma e só então tomar a decisão de comprá-lo.

Existem vários sites que se propõem a ensinar como importar da China, mas optei por promover o “Como Importar da China e Iniciar seu próprio Comércio Eletrônico“, pois é muito mais que apenas um e-book.

Ele traz audio-aulas e vídeos, gravados pelo próprio Caio Ferreira, que já trabalhou com nesse negócio e agora está vendendo sua experiência.

Conheço tanto o produto quanto quem produziu e sei que o material é muito bem elaborado. Entretanto o sucesso está muito mais relacionado com a sua dedicação e capacidade de venda. Esse é o grande segredo de como ganhar dinheiro com qualquer coisa.

Assim sendo, recomendo que visite o site “Como Importar da China e Iniciar seu próprio Comércio Eletrônico“, cadastre-se gratuitamente para receber vídeos e conhecer melhor a ferramenta e, se atender às suas expectativas, adquira o produto.

Para conhecer o material, clique no link abaixo:

Como Importar da China e Iniciar seu próprio Comércio Eletrônico

Caso alguém já tenha comprado algum produto do tipo ou trabalhe nesse negócio, fique à vontade para compartilhar sua experiência, divulgar sua loja virtual e mostrar resultados. É só deixar um comentário.

Até a próxima!

Imagem de shutterstock.com.

Assine (é grátis)

Cadastre seu email e receba gratuitamente as atualizações do Quero Ficar Rico!


Atingiu a liberdade financeira e quer ajudar outras pessoas a alcançarem o mesmo objetivo. Continue lendo aqui!

  • Adonay

    Não trabalho nem nunca comprei produtos que me ensinam a comprar coisas na china, mas sou um grande consumidor do mercado Chinês.
    Acredito que o material tem mais fornecedores do que eu conheço, e pelo prazo que ele fala para a entrega, devem ser fornecedores bem confiaveis.
    Minhas experiências são com os sites: alibaba, dealextreme e ebay. Todos aceitam cartão de crédito. Alibaba = mercado livre chinês, os produtos sempre chegaram. Dealextreme é uma loja chinesa, os produtos também sempre chegaram. Ebay todo mundo conhece, é americano, mas tem china por lá também, uma vez o produto não chegou :(
    Prazos: eu nunca recebi nada com menos de 30 dias, o maior tempo de espera foi de 120 dias (aproximadamente 4 meses). Por isso, quem for entrar neste ramo esteja preparado para ouvir reclamações, caso isso aconteça. Eu ficaria muito indignado se alguém do Brasil demorasse mais de 1 mês para me entregar alguma compra, mesmo sabendo que ela viria da china, então cuidado.
    Por fim a alfândega. Às vezes eles abusam. Certa vez comprei um HD por 35 doláres no DX, quando chegou no Brasil a alfândega parou a mercadoria e me cobrou 120 reais de imposto, um absurdo para a legislação. Agora imagine você vendendo para outra pessoa e dá uma bronca dessas? No meu caso eu tive que desenrolar, e isso demorou mais 15 dias (rapidinho, hehehe), o imposto caiu para 40 reais.
    Não sou expert no assunto e tenho certeza que o material pode apresentar um caminho sem tantos buracos, mas para qualquer pessoa que estiver disposta a montar um negocio desses eu sugiro muita cautela e estudos.

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      Excelente comentário, Adonay! O prazo realmente é longo e existe essa possibilidade de ser taxado na alfândega. Entretanto para quem tem possibilidade de esperar, o preço compensa bastante.

      Em relação aos riscos, deve fazer parte da estratégia do vendedor. Você quer assumi-lo ou repassar para o comprador?

      Se quiser assumi-lo, vai precisar de dinheiro para formar um estoque. Com isso, poderá vender num prazo muito menor e sem risco, e assim cobrar bem mais caro.

      Se quiser repassar para o comprador, o preço será bem menor, mas isso tem que ficar claro na negociação, para ele não se sentir lesado.

      Abraço e valeu pela participação!

    • http://www.comoimportardachina.com Caio Ferreira

      Olá Adonay,

      você parece mandar muito bem com as importações! A maiorias das pessoas não sabe como proceder para diminuir o valor do imposto. Basta você ir na agência dos correios onde está o seu produto com um comprovante de quanto pagou no mesmo e preencer um formulário de revisão para receita federal. Dessa maneira o valor será 60% sob o valor de compra.

      E em relação da demora de entrega, basta fazer as compras com um tipo de frete mais rápido. Eles não são caros e são acessíveis. Algumas vezes os produtos chegam em menos de 15 dias!

      E eu deixo a pergunta para você… com tanta experiência, já pensou em abrir seu comércio eletronico e começar a faturar?

      Abraços

      Caio

      • Paula

        Caio, pagar um frete q promete ser mais rápido e por isso é MTO mais cara infelizmente não é garantia de nada. Pedi free samples de um fornecedor chinês via EMS. Em qq lugar do mundo leva 10 dias pra chegar. Aqui o cara postou dia 01/08. E eu ainda nem tenho previsão de qdo vai chegar. Só pra ir de um setor pra outro da receita, no mesmo prédio, ele passou 18 dias parado…

  • jay

    Bom dia Rafael, sou leitor e a companho seu blog, gosto muito de seus posts, porém é impossível não ficar com “um pé atrás” com produtos como este. Vou admitir que acabei comprando este, depois de vários que me foram oferecidos, justamento porque foi indicado pelo seu site, já vi todo o materia, é muito interessante a iniciativa e a proposta de trabalho do produto, porém não sei se é tão viável assim, primeiro porque não é mais um negócio tão novo assim, tembém porque quealquer um pode comprar o produto direto da china sem precisar de um intermediário, e por último os concorrentes que fazem este processo estão muito a frente de quem deseja começar agora. Poderia ser uma boa estratégia se fosse usada há alguns anos, mas agora já não sei se é tão interessante assim. Estou tentando aplicar o produto na prática, mas no mercado livre por exemplo, não estou tendo bons resultados, a desconfiança do público atrapalha, eles preferem comprar de alguém com mais tempo de venda…

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      Realmente já existem muitas alternativas semelhantes e o importante é pensar numa forma de diferenciação. A ferramenta funciona, pois mostra o caminho das pedras. O que pode não funcionar são as vendas, mas isso depende muito mais de você do que da ferramenta.

      Uma sugestão é assumir os riscos, tentar montar um pequeno estoque e oferecer aos seus clientes um produto com prazo de entrega infinitamente menor, mas um pouco mais caro.

      Tenho certeza que a grande maioria das pessoas topariam pagar mais para receber em menos tempo e sem riscos de cair na alfândega.

      Assim você poderia até entregar pessoalmente (ou por motoboy) encomendas aos clientes que morem na sua cidade. Isso reduz ainda mais a desconfiança deles e pode te fazer ganhar credibilidade.

      Abraço e sucesso!

    • http://www.comoimportardachina.com Caio Ferreira

      Olá Jay, você tocou em pontos muito importantes!

      A concorrência existe sim. É grande mas não impossibilita o negócio simplesmente por que existe MUITO mercado.

      Além disso, você pode escolher trabalhar com nichos poucos explorados ainda. A maioria das pessoas gosta de eletronicos e celulares principalmente, mas por que não acessórios de cozinha? Maquiagem? Acessórios de PETSHOP?

      Você pode encontrar tudo isso na China e se adequar ao mercado que quer atender, Ainda pode escolher trabalhar com classe A, B ou C e variar seu lucro dependendo da sua estratégia.

      Começar trabalhando com pronta entrega é sim um meio legal de ir adquirindo experiência e começar a juntar alguns pontos no Mercado Livre. Depois, quando estiver um pouco mais experiênte, aproveite e comece sua loja virtual própria.

      Qualquer dúvida quanto o processo basta me enviar um e-mail, ok? Como foi indicação do Rafael faço questão ainda mais de fazer o possível para te ajudar com tudo o que precisar.

      Abraços

      Caio Ferreira

  • http://www.ganhando-dinheiro.com Bruno Celio Simomura

    Oi Rafael, com certeza trabalhar com dropship é um verdadeiro “negócio da china”. Trocando em miúdos, acredito ser um mercado promissor, no entanto,prefiro trabalhar isso com planejamento de criação de estoque, para minimizar riscos e demoras nas entregas.

    Bruno Simomura

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      Essa é uma das melhores alternativas para quem está começando agora, pois muita gente já vende produtos da China, mas a maioria ainda vende direto de lá.

      Quem oferecer o produto em menos tempo e sem risco de cair na alfândega, certamente poderá cobrar mais caro e ainda aumenta as chances de sucesso.

      Abraço e valeu pela participação!

    • http://www.comoimportardachina.com Caio Ferreira

      Bruno,

      trabalhar com pronta entrega é sim uma boa alternativa!

      Caso deseje receber os produtos mais rapidamente, experimente os frete pagos dos fornecedores Chineses!

      Abraços

      Caio Ferreira

  • Natal

    Como diria um colega de trabalho: “não vamos alimentar o dragão chinês, porque ele cresce e depois vem nos engolir…”.

    De fato, que tal nós, povo brasileiro, começarmos a produzir aqui mesmo – a exemplo de Campina Grande/PB -, nossos próprios produtos eletrônicos: mp3, mp4, ipads e similares, a exemplo do que fazem os chineses?

    Custa tanto assim fabricar o que já é de domínio público? Ou estaríamos a “inventar a roda” para produzir esses produtos baratos que os chineses nos vendem?

    A ind. de calçados brasileira está às voltas com os sapatos chineses, que saem fraudulentamente para o Brasil com selo do Vietnam ou de outra nação vizinha… já que aqui há restrições à importação. OMC neles!

    Vamos fomentar a idéia de produzir aqui… o que acham?

  • jay

    Natal, excelente iniciativa, apoio com a maior força a sua idéia. Por que não nós brasileiros produzirmos estes produtos e ganharmos nosso dim dim com isso. A carga de impostos do brasil é um verdadeiro assalto ao trabalhador sério e honesto. Alguns produtos como o álcool são uma verdadeira vergonha nacional, somos os donos da tecnologia, os maiores produtores e nos rendemos ao açucar ou seja lá o q for… SUBSÍDIO NELESSS. O Brasil tem um constume muito bom de respeitar a OMC, porém não cobra e parece não fazer questão que os outros países façam o mesmo…

  • roberto

    Caio
    Se o negócio é tão bom, porque está vendendo esses kits ao invés dos produtos made in china?
    Se o negócio é Milionário como diz no anúncio, quantas vendas precisou fazer para alcançar seu Primeiro Milhão?
    att

    • http://www.comoimportardachina.com Caio Ferreira

      Roberto, tudo bom?

      Suas perguntas são mais do que comuns.

      Eu ainda não tenho o primeiro milhão, mas estou em busca dele.

      E eu vendo o KIT por que posso ganhar dinheiro ensinando quem quer aprender também, não preciso ficar só com uma fonte de renda…

      Abraços

      Caio Ferreira

  • http://somparacarros.com DiPedro

    Como fico triste em ver um site com tantas qualidades como é o queroficarrico.com fazer propaganda deste tipo de negocio que na verdade não ensina nada, basta procurar no google que você acha todas as informações necessárias.

    Para mim esse tipo de produto é ilusão, pois tenho experiência em comprar produtos da chine atraves do dealextreme, e é notório o prazo extenso de entrega.

    Como já foi comentado, para vingar um negocio deste seria necessario trabalhar com um estoque.

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      Olá, DiPedro!

      Agradeço pela crítica construtiva e me senti na obrigação de comentá-la.

      A grande maioria dos e-books comercializados no mercado não traz grandes novidades em relação ao que já existe publicado na internet.

      Entretanto possuem qualidades que, no meu ponto de vista, são indiscutíveis: praticidade, organização e comodidade.

      O tempo que uma pessoa interessada em começar um negócio nessa área ganha comprando um produto desses, ao invés de passar horas procurando na internet, verificando o que realmente é verdade, quais os melhores sites, entre outros, é muito grande.

      Se a pessoa tem interesse para começar esse negócio e disponilidade para pesquisar tudo por conta própria, ótimo! Vai economizar o valor do produto e perder algum tempo pesquisando. Cabe a ela decidir se o tempo perdido vale mais (ou menos) que o valor desse produto.

      Quanto à formação de estoque, sem dúvidas é uma ótima estratégia para esse negócio, como foi discutido nos comentários anteriores.

      Abraço e valeu pela participação!

    • http://www.comoimportardachina.com Caio Ferreira

      Olá DiPedro,

      já pensou em fazer compras com o frete pago?

      Os produtos podem chegar em até 15 dias para você.

      Talvez suas experiência estão limitando você a conseguir alguns resultados…

  • Helen

    Bom Dia kkk
    Lendo os comentarios fiquei tentada a fazer o meu, e cá estou kk… Sinceramente, estou com os dois pés atras em adquirir este produto pois parec meio fantasioso que este ebook de certo e tals.. gostaria de investir e tentar se mais uma a conseguir lucrar, mas vc fazer o pedido do produto sem sequer ver e mandar direto para o comprador, e qdo nao chegar até ele? ou chegar algo ruim ou diferent do pedido? e se o comprador desisti da compra ja com o produto em maos? pq isso pod acontecer, ja q é direito do consumidor poder se arrepender da compra com até 7 dias depois de receber o produto, e as garantias do cliente pq tem q ser dada garantias.. E essas garantias sera vc, o intermediador da compra, ou os chineses de quem esta comprando? e como vc dara garantias de um produto q vc desconhece?enfim, sao tantas as perguntas que nos deixa receiosos de adquirir o produto por medo que nao seja isso tudo que se fala.
    Desd jaagradeço a atençao e só tentei expor algumas duvidas imediatas pois qdo pensamos e pesquisamos mais sobre o assunto surge cada vez mais duvidas :-0 kkk

    • http://www.comoimportardachina.com Caio Ferreira

      Olá Helen, tudo jóia?

      O ideal é você comprar primeiro o produto para conhecer a qualidade do mesmo antes de começar a revendê-lo, assim evita problemas.

      Os fornecedores Chineses também oferecem garantias, mas confesso que devido a distância é um processo chato por que é demorado.

      O que recomendo, é você começar fazendo algumas compras para você, e assim conhecer mais sobre o negócio e quando se sentir confiante iniciar sua loja virtual.

      Espero ter sido útil,

      Abraços

      Caio

  • marcio

    Ola Caio e Rafael,gostaria de lhes faserem uma pergunta,Posso comprar por sedex e so pagar quando o produto chegar?,gostaria de obter resposta suas,obrigado.

    • Contato

      Na verdade não Marcio.

      Isso por que não existe o Sedex na China. O sedex é um serviço do correio nacional.

      Abraços

      Caio

  • ALES NASCIMENTO

    MEU AMIGO, O PAIS PRECISA DE MAIS PESSOAS COMO VOCÊ, PARABÉNS!!!

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Não sei se o elogio foi para mim ou para o Caio, produtor desse material, mas de qualquer forma, agradeço pelas palavras.

      Abraço e valeu pela participação!

  • MARCELO XAVIER DE ALMEIDA

    Prezado Rafael,

    Gostei muito do texto e gostaria de saber como fica a questão fiscal da loja virtual dentro do Brasil, já que temos o código do consumidor que criou regras para compra, venda e troca de mercadorias. As diferenças de icms de estado também são de fato uma prerrogativa para fazer a operação além, é claro da logística, entrega da mercadoria.

    Marcelo

  • Beto

    Eu já trabalho com importação da China e pela internet vendo os produtos. Não é fácil não!Há muitos problemas neste campo. Se você quer ser um comerciante honesto vai arcar com as consequencias:
    Problemas: Achar um fornecedor bom e que tenha senha estoque dos produtos ou que te avise quando está acabando se não muitos compram e você não terá o produto para entregar.
    Apoiar em sites como ebay, alibaba, amazon ou outros é uma furada pois sempre mudam as coisas e os vendedores, tem que conhecer alguém fixo lá, depois de muito tempo trabalhando consegui um parceiro.
    Produtos com defeitos: mais um problema, se o cliente recebe o produto com defeito como você vai mandar outro? mais 40 dias de novo? Teria que ter um estoque no Brasil não é?
    E outra, toda compra feita pela internet, televisão ou revistas tem um prazo de 7 dias para desistência, e se o comprador desistir você tem que arcar com o frete e as despesas além de pagar o produto com a devolução do dinheiro ao comprador.
    E tem mais problemas ainda, além do aumento do dolar e a concorrência do Paraguai que vende os mesmo produtos, ou na maioria, ou produtos até melhores com preços competitivos.
    Indicar sites e procedimentos não é uma solução, a solução está em esperar os problemas e está pronto e capitalizado para resolve-los.
    Rafael, quero dar lhe os parabéns pelo seu site e sempre estarei aqui dando dicas também e procurando dicas.
    Abraços

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Muito obrigado pelo depoimento, Beto. Suas dicas são realmente muito interessantes e quem pretende entrar neste mercado deve estar atento a elas.

      Abraço e valeu pela participação!

      • roberto

        os comentários do BETO foram os mais interessantes até agora. pela forma como o caio vende o produto dele, parece que o drop shipping é algo magico e fantástico, mas os problemas ao se lidar com importações vão muito além do que alguém pensando em “ganhar dinheiro fácil pela internet” podem imaginar.
        Fidelizar fornecedores, formar estoques, estar capitalizado, atender com eficacia, tornar-se um bom vendedor não é fácil e o caio não vai abordar tudo isso em seus vídeos.
        aos interessados de verdade, a jornada poderá ser lucrativa, mas trará suas dores de cabeça.

        • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

          Sem dúvidas há muito mais a ser feito. Entretanto é inegável que o produto do Caio ajuda bastante os principiantes e poupa um precioso tempo. Só isso já bastaria para compensar – com folga – o valor do produto.

          Abraço e valeu pela participação!

  • http://www.facebook.com/deividfilipi Deivid Filipi Hames

    Aprenda importar da china gratuitamente
    80 fornecedores gratis
    loja virtual gratuita
    cartão de credito adesão gratis

    Tutorial gratuito
    Aprenda de forma segura e objetiva
    acesse: http://www.revenderprodutosimportados.blogspot.com

  • Marcos

    Olá rafael ou caio gostaria de saber até quantos quilos de produtos eu posso importar. Desde ja agradeço.

    • Lucilene Lima

      Olá Caio.
      Estou querendo trabalhar com importados, e venho pesquisando á tempos, sei que tem seus contras e pós e o que você diz em um de seus comentários que a pessoa gasta tempo pesquisando no google é verdade, pois venho pesquisando á quase um ano, para ter uma ideia todos os dias, e tem dias que fico na internet começando pela manhã lá pelas 06:00 e vou até umas 00 á 1:00 hora da manhã. Acredita? Mas tenho uma pergunta. Para que eu consiga fazer um estoque para depois começar a vender, exemplo: sapatos, existe uma quantidade estipulada pela alfandega em que eu possa receber sem ter que gastar muito quanto ao mesmo modelo, e no total de tudo?? e é verdade que se eu continuar a comprar certo produto sempre vai me trazer problemas também,como posso resolver isso? e no seu livro fala sobre isso ??
      Sempre passo por aqui para dar uma olhada e realmente vc ta de parabéns.
      Sucesso amigo!!!

  • Boli

    Só há um detalhe, pequeno mas importantíssimo: quem é, hoje em dia, que paga diretamente ao vendedor? A maioria usa Pay Pal. E para seguranca do comprador o dinheiro só é liberado pelo Pay Pal depois que a mercadoria for entregue SEM PROBLEMA ALGUM! E taxa de importacao é problema do importador no Brasil e nao do comprador, ela já deve estar incluída no preco final. É um direito do consumidor saber quanto ele vai pagar pela mercadoria antes de encomendá-la.

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Na verdade, muitas lojas de comércio eletrônico utilizam essa prática e deixam bem claro nos termos de uso que o comprador está importando diretamente da China.

      Exemplo: http://www.comprediretodachina.com.br/p-17-prazos_de_entrega

      Na minha opinião, isso é uma bela oportunidade. Caso o empreendedor monte um estoque e aceite assumir esse risco (demora, impostos…), ele poderá entregar muito mais rápido e garantido para o comprador, permitindo que ele cobre mais que a concorrência por isso.

      Se eu fosse comprar uma mercadoria da China, aceitaria pagar um pouco a mais para alguém que já tivesse com o produto aqui no Brasil e enviasse em poucos dias para minha residência.

      Abraço!

  • Almir

    Eu fui um dos primeiros a trabalhar com mercadorias importadas da China no que nós chamamos de DROPSHIPPING e anunciava no Mercado Livre. Ganhei muito dinheiro, mas gastei também porque toda vez que anunciava os concorrentes com inveja me denunciavam e o Mercado Livre cancelava os meus anúncios por se tratar de produtos importado da China.Com o tempo eles proibiram de anunciar produtos por este sistema, ou seja, você não tem o produto em mãos e demora a chegar nas mãos dos consumidores. Acredito que hoje muitos voltaram a anunciar produtos no Mercado Livre por este sistema. E como está no post acima tem sites que já se consolidaram na venda de produtos por este sistema e até ofertas de produtos muito baratos recebemos pelo Groupon sem saber que se trata de produtos da China. Um detalhe é que nestes sites e ofertas o consumidor não fica sabendo que se trata de importação de produtos da China ou EUA. Eles sempre colocam em letras minusculas no site dizendo que o produto pode ser taxado pela Receita Federal.Não existem receitas ou milagres para driblar a Receita Federal. Tudo é pura sorte. Tem produto que é barrado e outros não. Eles fazem uma amostragem. Então eu tinha muita reclamação porque o consumidor recebia o comunicado da Receita Federal de retirar o produto nos Correios e quando chegava lá tinha de pagar imposto e ele dizia que não sabia de nada e exigia o dinheiro de volta. Não recomendo a ninguém este tipo de negócio.
    Tomar muito cuidado com anúncios de produtos eletrônicos baratos, que com certeza vai sair muito mais caro depois. Outra coisa para quem contata os fornecedores na China é que existe muita gente desonesta neste meio. Fui enganado uma vez seduzido por preços de IPODS muito baratos. Nunca recebi os produtos, apesar de ter gastado pouco. Procure pagar via PAYPAL e não use outro método ou mande dinheiro a não ser que confie muito no fornecedor.

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Excelente depoimento, Almir.

      É sempre importante ficar ciente dos pontos negativos de qualquer negócio e encontrar formas de poder contorná-los.

      Uma forma que eu vejo, por exemplo, é o próprio vendedor assumir o risco da entrega, comprando para si mesmo (fazer estoque) e depois revender cobrando bem mais caro, justamente por não existir mais o risco da tributação e também da demora para entrega.

      Abraço!

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Excelente depoimento, Almir.

      É sempre importante ficar ciente dos pontos negativos de qualquer negócio e encontrar formas de poder contorná-los.

      Uma forma que eu vejo, por exemplo, é o próprio vendedor assumir o risco da entrega, comprando para si mesmo (fazer estoque) e depois revender cobrando bem mais caro, justamente por não existir mais o risco da tributação e também da demora para entrega.

      Abraço!

  • Claudio Gomes

    Vivendo e aprendendo = melhor lição de vida! Se você quer revender para sua família, amigos ou vizinhos pode importar diretamente, mas agora se quer revender em sites como o MercadoLivre RECOMENDO TER A PRONTA ENTREGA, ou seja em ESTOQUE.

    http://siteprodutosimportados.blogspot.com.br/

  • Carloscavalcanty

    Estou começando um negocio de perfumaria e preciso importar materia prima. Preciso de alguem pra me intermediar, como faço?

  • Djdelciramos

    Esse negocio de você ficar anunciando e depois que o cliente compra, você pega o dinheiro e vai comprar do cara la na china dae o cara vai enviar pro cliente, isso não funciona bem assim amigo, tem que tomar muito cuidado com isso, você precisa ter a mercadoria em estoque o cliente comprou pagou, ja posta pro cara…abraço

  • Patrcia

    Oi, tenho uma dúvida.
    Por não ser o produto original vou ter problema mais pra frente com isso?

  • Tiago Henrique

    Se a venda fosse direta do blog tinha comprado, porém ao ir ao link informado…
    Lenga, lenga, bla bla bla.
    Parece site de venda de MMN, enche linguiça, fala de uma nova forma revolucionaria de ganhar dinheiro, mostra fotos como forma de “status” adquirido com o negócio e vende uma nova forma de vida.
    Rafael, já que está promovendo o produto, dê umas dicas ao Caio.
    Seja simples, objetivo e mantenha o foco no produto.

  • Emerson

    Esqueça a China. Você precisa de algum produto importado dos EUA? Esta empresa que comprei tem a solução mais rápida, segura e confiável para lhe atender de forma personalizada. Usei este serviço de compra e o envio dos produtos que comprei vieram direto para mim no Brasil. Visite a página deles aqui: http://www.tagsformoney.com

    Aproveite, eu adorei!

  • moreira

    como compra escova de dente da china, em grosso.