Debêntures BNDESPAR 2012

Debêntures BNDESPAR 2012Para atender a diversos leitores que pediram por e-mail e nos comentários, resolvi escrever sobre o assunto a nova oferta de debêntures do BNDES.

Aproveito para ressaltar que o site traz muitas informações, com ilustrações, gráficos, quadros e uma linguagem de fácil entendimento.

Para quem ainda não sabe o que são debêntures ou quer mais informações sobre esse assunto, sugiro a leitura dos artigo “O que são debêntures?“.

O intuito desse artigo é trazer as informações mais importantes desta oferta, com uma linguagem simples e de uma forma bem resumida. Todo material desse artigo foi extraído dos diversos documentos disponibilizados, onde apenas selecionei o que achei mais interessante. Ao final do artigo, deixarei algumas referências para que você possa aprofundar ainda mais seus estudos.

Introdução

As debêntures BNDESPAR são títulos de renda fixa, representativos de uma dívida da BNDESPAR junto aos investidores que vierem a adquiri-las, denominados debenturistas.

Serão ofertadas debêntures de até três séries, sendo a primeira prefixada, a segunda com remuneração flutuante trimestral , ou seja, com definição de taxa de juros a cada três meses e a terceira vinculada à inflação (IPCA).

O risco de crédito (rating) da BNDESPAR é Aaa.br (Moody’s) e o rating da Oferta é Aaa.br (Moody’s), o que corresponde ao menor grau de risco no mercado brasileiro.

O que as debêntures têm a oferecer?

  • Investimentos a partir de R$ 1.000,00;
  • Três alternativas de rentabilidade;
  • Taxa de custódia atual: R$ 6,90 / semestral (gratuito para quem tiver ações ou outros títulos custodiados na BM&FBovespa);
  • Possibilidade de negociação (compra ou venda) no mercado secundário, sujeita às condições e riscos inerentes ao mercado;
  • Baixo risco do investimento definido pela qualidade de crédito da BNDESPAR (Aaa.br/Moody’s); e
  • Fluxo de pagamento de juros e principal que beneficia o investidor com a menor alíquota de Imposto de Renda na Fonte vigente.

As debêntures BNDESPAR

Na oferta, a BNDESPAR oferece três séries. Essas séries se diferenciam pela rentabilidade proporcionada, prazo de vencimento e fluxo de recebimento de juros. É possível investir em uma, duas ou nas três séries.

A série prefixada constitui investimento com taxa de juros fixa sobre o valor nominal unitário das debêntures.

Na série com a remuneração flutuante, a taxa de juros fixa sobre o valor nominal unitário das debêntures é prefixada a cada três meses vinculada ao contrato futuro de DI.

E a série em IPCA permite a você realizar um investimento com taxas de juros fixas em termos reais (acima da inflação medida pelo IPCA).

As datas de pagamento de juros foram definidas para beneficiar o investidor de varejo com a menor alíquota (15%) de Imposto de Renda na Fonte pela atual legislação.

Quadro resumo BNDESPAR 2012

Séries Prefixada e Flutuante Trimestral

O investidor aplica R$ 1.000,00 na série prefixada ou na flutuante trimestral e recebe todo o montante (R$ 1.000 + juros) no vencimento. Os juros incidirão sobre R$1.000,00, acumulados a partir da data de liquidação até a data de vencimento.

Séries prefixada e flutuante trimestral

Série em IPCA

O investidor aplica R$ 1.000,00 dessa série e recebe os juros após dois anos (1ª parcela em 15/05/2014). Com isso, incidirá a menor alíquota do IR (15%). As demais parcelas serão pagas anualmente a partir da primeira, até a 6ª parcela em 2019, que será paga juntamente com os R$ 1.000 corrigidos pelo IPCA.

Os juros incidirão desde a data de liquidação ou desde a data de pagamento de juros anterior, conforme o caso, sobre R$1.000,00 corrigidos pelo IPCA até cada data de pagamento.

Série em IPCA

Pedido de Reserva

Ao fazer o Pedido de Reserva, você deve observar três aspectos principais:

  1. Indique o valor em reais (cada debênture terá o valor de R$1.000,00). Você pode adquirir debêntures de uma única série, de duas séries ou das três séries.
  2. Atente para a definição da taxa de juros. Os juros de cada série serão os mesmos para todos os investidores que participarem da Oferta. Na sua reserva, você deve indicar se deseja realizar o investimento “à taxa de mercado” ou se deseja indicar uma taxa mínima em cada série. Note que há teto predeterminado de 0,70% para as sobretaxas.
  3. Caso você deseje adquirir debêntures de duas ou três séries, indique se, na hipótese de a Oferta de uma delas não ser confirmada, você autoriza (ou não) que o valor da sua reserva nessa série seja realocado em Debêntures da outra série indicada no Pedido de Reserva, respeitando-se os limites do Pedido de Reserva e a taxa mínima que você tenha indicado para essa outra série (caso aplicável).

Cronograma indicativo da oferta

Cronograma BNDESPAR 2012

Considerações finais

Tenho certeza que a principal informação que todos desejam obter é a taxa de juros de cada série. Infelizmente essa taxa só será definida no bookbuilding, em 04 de abril. E, por razões óbvias, o período para realização do pedido de reserva se encerra antes (03/04).

De uma forma resumida, a remuneração será assim:

  • 1ª Série: Juros Prefixados (referência contrato futuro DI com vencimento em 02/01/17 – Código F17, taxa de fechamento na data do Book), acrescido de spread teto de 0,70% a.a. a ser definido em bookbuilding.
  • 2ª Série: Juros remuneratórios em cada período de capitalização (Verificar tabela no aviso ao Mercado), correspondente a taxa de referência – TJ3 – 3 meses, acrescido de spread teto de 0,70% a.a. a ser definido em bookbuilding.
  • 3ª Série: Variação do IPCA (referência NTN-B 2020 pela cotação do dia anterior ao book), acrescido de spread teto de 0,70% a.a. a ser definido em bookbuilding.

Na minha opinião, só vale a pena investir nessas debêntures se o spread (taxa acrescida aos juros de cada série) for de, pelo menos, 0,50% ao ano.

Dessa forma, caso você tenha interesse em investir neste título, minha recomendação é que coloque um spread mínimo de 0,50% (você define essa sobretaxa no momento da reserva). Se esse valor for alcançado, ótimo. Caso contrário, não acho que valha a pena.

Para saber tudo sobre essas debêntures, acesse o site oficial. Lá você encontrará respostas para 99% das suas dúvidas, tais como fatores de risco, onde comprar, aspectos operacionais, entre outros.

Se ainda restar dúvidas, dê uma lida na seção de perguntas e respostas, ou deixe um comentário.

Assine (é grátis)

Cadastre seu email e receba gratuitamente as atualizações do Quero Ficar Rico!


Conquistou a independência financeira e quer ajudar outras pessoas a alcançarem o mesmo objetivo. Continue lendo aqui!

  • essa custodia de 6,90 que mata.
    tenho titulos do tesouro só. entao teria que pagar, certo?

    • Para o investidor com aplicações em ações ou outros títulos custodiados na BM&FBOVESPA (exceto Tesouro Direto), não haverá cobrança de nenhum custo adicional.

      No seu caso, que só possui títulos públicos, teria que pagar.

      Abraço!

    • Para o investidor com aplicações em ações ou outros títulos custodiados na BM&FBOVESPA (exceto Tesouro Direto), não haverá cobrança de nenhum custo adicional.

      No seu caso, que só possui títulos públicos, teria que pagar.

      Abraço!

  • fox

    Valeu, Rafael!
    Eu vou investir nessas debêntures, mas existem de outras empresas com taxas mais interessantes. Vou dar uma olhada e passo aqui se encontrar algo interessante.

    • Valeu também pela sugestão, Fox.

      A vantagem dessa debênture é o baixíssimo risco da empresa. Por isso, pode valer a pena. Existem, sem dúvidas, debêntures mais rentáveis. Mas o rating da empresa emissora é bem mais baixo (mais arriscado).

      Quando souber de outras ofertas interessantes, deixe um comentário.

      Abraço!

  • Parabéns pelo artigo Rafael. É muito esclarecedor e didático. Material de ótima qualidade. Para quem quer investir é uma ótima oportunidade.

    Abraços…

    • Realmente se trata de um ótimo investimento, principalmente se o spread ficar acima de 0,50% a.a. O risco é mínimo, mas ainda assim deve haver um prêmio sobre os títulos públicos.

      Abraço!

  • Francisco

    “(…) o período para realização do pedido de reserva se encerra antes (26/03).”

    Não seria no dia 03/04?

  • Francisco

    “(…) o período para realização do pedido de reserva se encerra antes (26/03).”

    Não seria no dia 03/04?

    • Isso mesmo, Francisco. Corrigido.

      Havia colocado erroneamente a datafinal do período para realização do Pedido de Reserva para Pessoas Vinculadas à Oferta.

      Valeu pela correção.

      Abraço!

  • Matos

    Excelente dica, muito obrigado mesmo, estava em uma dúvida danada quanto ao Spread mínimo, mas sua opinião é igual a minha primeira opção. Valeu

  • Regivano

    Parabéns, Rafael, pelo artigo. De fato, no site do BNDES há todas as informações necessárias, mas não estão tão bem compiladas como as suas. Estava na dúvida em investir ou não e convenci-me de que a de série 3, com variação pelo IPCA, com o spread sugerido por você, é um bom negócio, pois dará uma rentabilidade maior do que os títulos NTN-B. As pré-fixadas não acho um bom negócio, pois vinculadas a contratos futuros de DI que podem ter uma variação ruim. O que acha da série 2? Estou na dúvida. SDS, Regivano.

    • Minhas preferidas são 2 e 3. O grande problema da 1 (prefixada) é que a rentabilidade será definida pelo DI futuro e não mudará mais. Como o prazo é longo, isto aumenta o risco.

      Já as demais (2 e 3) acompanham – de certa forma – a economia, já que a flutuante acompanha a variação da taxa de juros e a terceira acompanha a inflação (IPCA).

      Prefiro títulos assim para o longo prazo.

      Abraço!

      • Regivano

        Muito grato, Rafael. Suas dicas são ótimas! Parabéns pelo trabalho.

        Sds,

        Regivano.

  • Matos

    Outra dúvida…. Existe alguma taxa extra cobrada por alguma corretora ou banco por intermediar o negócio??

    • Apenas a taxa semestral de custódia e nas condições apresentadas no texto.

      Abraço!

  • João Paulo

    Oi Rafael, Belo trabalho como sempre! Gostaria de saber em uma breve comparação já que os dois se tratam de investimentos em renda fixa, qual hoje em dia é realmente mais rentável? Os debêntures ou o tesouro direto continua como a mehor alternativa?

    Abraço!

    • Em termos de rentabilidade, a debênture será melhor, até porque terá uma sobretaxa (spread) em relação a alguns títulos públicos.

      Entretanto existe um pequeno risco e, na minha opinião, só vai valer a pena se o spread for superior a 0,5% a.a.

      Abraço!

  • João Paulo

    E para quem está no mesmo dilema do sr. Guilherme Medeiros, a custódia de 6,90 semestralmente inviabiliza sua recomendação de se ater ao spread mínimo de 0,50% ao ano?

    Obrigado!

    • Depende do valor que você pretende investir. De qualquer forma, pela taxa ser semestral (pouco mais de um real por mês), acho que vale a pena.

      Abraço!

  • Humberto

    Olá Rafael, na 3ª série há pagamentos dos juros à partir do 2º ano e posteriormente ano a ano. Pergunto: Neste caso aquela máxima dos juros sobre juros não acontecerá certo ?. Penso que colocaram uma armadilha nesta forma de remunerar, pois os juros serão aplicados sempre no montante investido. À partir do 3º ano a remuneração será sempre no montante investido, isto irá ocorrer para os demais anos até 2019. Como é um título de longo prazo não ocorre perda ?

    • Matos

      Muito boa pergunta essa!!! também quero saber.

    • De forma alguma, considerando que os juros pagos periodicamente sejam reinvestidos. Assim que eles forem depositados, você pode (e deve) investir em outra aplicação.

      Abraço!

    • Valdir

      Bem observado

  • Valdir

    Uma pergunta: caso eu troque de corretora, é possível trocar a custódia da debênture também ?

    • Sim, Valdir. Basta solicitar a transferência de custódia de uma corretora para outra.

      Abraço!

  • franco bressan

    Olá, Rafael!

    Ótimo artigo!

    Tenho estudado bastante sobre os vários mercados e esbarrado sempre no mesmo problema referente às informações que são:
    a) parciais e/ou incompletas
    b) não padronizadas portanto difíceis de comparar
    c) pulverizadas, ou seja, difíceis de encontrar e reunir
    d) limitadas no tempo, ou seja, com histórico muito curto para uma análise robusta
    Parece que isso é a regra no mercado brasileiro.
    Antes de investir nas séries da BNDESPAR gostaria de conhecer e comparar as alternativas.
    Onde devo buscar informações completas e padronizadas sobre o mercado de debêntures?

    um abraço

  • Sergio

    A taxa de cutodia de 6,90 pode ser evitada, é so transferir para o Banco Escriturador.
    É o que esta escrito no MATERIAL PUBLICITARIO, item 6 – Outras Informações.
    Para quem tem pouco valor para investir e quer melhorar a rentabilidade é o ideal.
    Eu mesmo, nas duas emissões anteriores fiz isso e não me arrependo.

  • Celextasy

    poxa gostei muito do site ,queria parabeniza-lo pelo talento sem mais gostaria que se possível desse uma olhada em meus videos ,leio dois livros de negócios e gostaria de ajuda se possível de você.
    leio 2 livros por semana tento aplicar em meus negócios muito do que aprendo e gravo tambem 3 videos por dia ,tenho tido uma media de 100 acesso dia ,acho que se continuar nesse ritmo muito terão algo do que tenho a passar segue abaixo link youtube
    https://www.youtube.com/user/hevellinfelix?feature=mhee

  • EDINEI

    Rafael, sou leigo no assunto. Tenho uma duvida basica: 15 000 de investimento na serie 3. Qual seria a projeção de rendimento após 04 anos? Existe uma média segura?

  • Rafael, veja essa conversa no chat de um dos Coordenadores da OFERTA DE DEBENTURES, o BANIF, quanto à taxa de custódia:
    P.S: ESTOU PERDIDINHA….

    Atendimento via chat

    Tire as suas dúvidas com o atendente da BanifInvest

    ——————————————————————————–

    Atendimento BanifInvest
    03-04-2012 10:04:52

    Olá Cliente BanifInvest. Em que posso ajudá-lo?

    Você
    03-04-2012 10:05:18

    Efetuar pr favor com a maior brevidade possível a #434758 – Inserção de ordem

    Você
    03-04-2012 10:05:26

    enviada ontem após as 19h

    Você
    03-04-2012 10:05:43

    tendo em vista que o periodo de reserva acaba hoje às 16h

    Você
    03-04-2012 10:05:53
    devido à taxa de custódia, porém, não cobramos taxa de custódia

    Você
    03-04-2012 10:11:38

    n é vcs

    Você
    03-04-2012 10:11:47

    é a bovespa

    Você
    03-04-2012 10:12:55

    e a taxa é a mesma p qlqr valor de aplicação como vou aplucar pouco

    Você
    03-04-2012 10:12:59

    n vale pra mim

    Você
    03-04-2012 10:13:08

    ai depreciar muito o investimento

    Viviane Sanches
    03-04-2012 10:14:07

    Catarina, o BanifInvest não repassa esta taxa para os investidores

    Viviane Sanches
    03-04-2012 10:14:22

    Assim, não terá nenhum custo

    Você
    03-04-2012 10:24:07

    veja

    Você
    03-04-2012 10:24:21

    vou repassar a informação do próprio site do BNDES

    Você
    03-04-2012 10:25:28

    Taxas de Custódia: As Debêntures BNDESPAR são favorecidas por uma taxa de custódia reduzida no mercado local. Investidores cujo único ativo em sua conta de custódia na BM&FBOVESPA sejam as Debêntures BNDESPAR (desta ou das ofertas anteriores) incorrerão somente na taxa cobrada pela BM&FBOVESPA para a manutenção desta conta, que consiste numa taxa semestral cujo valor atual é de R$ 6,90, qualquer que seja a quantidade de debêntures adquiridas de uma, de duas ou das três séries. Nesse caso, o investidor receberá o Extrato de Custódia semestralmente. Investidores que participaram de alguma das ofertas anteriores de debêntures da BNDESPAR não incorrerão em nenhum custo adicional. Para o investidor com aplicações em ações ou outros títulos custodiados na BM&FBOVESPA (exceto Tesouro Direto), não haverá cobrança de nenhum custo adicional, e o Extrato de Custódia com todas suas aplicações continuará a ser enviado mensalmente. Vide “Custódia”. Investidor sem ações ou outros títulos custodiados na BM&FBOVESPA Investidor com ações ou outros títulos custodiados na BM&FBOVESPA* CUSTO R$ 6,90 / semestre** Sem custos adicionais EXTRATO DE CUSTÓDIA Enviado semestralmente ou a cada movimentação Enviado mensalmente * Exceto Tesouro Direto. ** Custo atual. Investidores que participaram de alguma oferta anterior de Debêntures da BNDESPAR não incorrem em custos adicionais.

    Você
    03-04-2012 10:26:36

    vEJA QUE DESTACAM COM ASTERISCO QUE ´FICAM ISENTO DA TAXA OS QUE JÁ TÊM TITULOS CUSTODIADOS PELA BOVESPA, EXCETO TESOURO DIRETO……..

    Viviane Sanches
    03-04-2012 10:27:08

    Catarina, estas taxas não repassamos aos clientes, assim, a própria corretora é resposnável por estas taxas

    Viviane Sanches
    03-04-2012 10:27:14

    Não terá nenhuma cobrança

    • De acordo com a atendente, a Banif não repassa essa cobrança para seus clientes. Dessa forma, você não pagaria a taxa de custódia.

      Foi isso que ela quis dizer.

      Abraço!

      • Mas como vou ter certeza dessa info? Pois ligo pro 0800 do site BNDES e eles não confirmam essa info. No prospecto da Oferta Pública NÃO HÁ NENHUMA MENÇÃO A ISSO E NEM HÁ NADA NO SITE DO BANIF. Se acaso compro as debentures e vem a cobrança, a quem reclamo e como provo que a atendente me informou mal já que essas informações não vão pra meu mail, ficam apenas no chat? Nem tem como passar mail. ATT. cATARINA

  • Diogo Seraphim

    Cara, fiz o investimento, 1000 em cada, mas não sei onde consultar meu extrato na internet, será que é na cblc ou no banco mesmo?? Valeu

    • Diogo,

      Consulte o extrato de custódia do banco/corretora que intermediou essa negociação para você.

      Abraço!

    • chembr

      no cei da cblc

  • chembr

    alguém aí já tentou comprar no mercado secundário pelo bb?

    • Catarinaandrade22

      teria interesse em qual serie e qual valor? manda teu msn.

  • cpma

    rafael,

    comprei 7000 em debentures com a promessa da banif q a taxa de custodia era absorvida por eeles. ate q dois meses dps isso mudou. politica da corretora mudou. e agora? vale a pena fica ae o vencimentoi? ou me livro no mercado secundario? e como? n temnho experiencia? ou entro com ação judicial? absurdo…. tive todas as precauções quanto a essa bendita taxa e agora…….

  • cpma

    rafael,

    comprei pouquinhas debentures com a promessa da banif q a taxa de custodia era absorvida por eeles. ate q dois meses dps isso mudou. politica da corretora mudou. e agora? vale a pena fica ae o vencimentoi? ou me livro no mercado secundario? e como? n temnho experiencia? ou entro com ação judicial? absurdo…. tive todas as precauções quanto a essa bendita taxa e agora…….

  • William Tomm

    Estou há quase um mês garimpando informações sobre debêntures, como funcionam, como negociar, mas ainda não cheguei no nível de conseguir simular o retorno das debêntures negociadas no mercado secundário.

    Para tapar esse “buraco” na minha ignorância, utilizei a calculadora de debêntures disponível no site do BovespaFix. Porém, surgiram algumas dúvidas quanto ao resultado. Hoje (dia 29/08) estavam em negociação no BovespaFix as seguintes debêntures:
    – BNDP-D32;
    – BNDP-D41;
    – BNDP-D42;
    – BNDP-D51.

    Simulei na calculadora a aquisição da BNDP-42 (IPCA + 7,078% com vencimento em 15/01/2015) utilizando como “Forma de cálculo” o Volume (R$). A BNDP-42 está sendo negociada a R$ 1.295,00, o que corresponde a 108,85% do PU. Com isso, a rentabilidade calculada pela ferramenta foi de 4,0208%. Além disso, ela gerou como resultado um “Preço Limpo” de 106,83% do PU. Ok, lá vem as perguntas:

    01 – Essa rentabilidade calculada de 4,0208% seria a “nova taxa” acima do IPCA que eu receberia na forma de cupons anuais, ou é referente somente ao retorno até o primeiro cupom?

    02 – A calculadora gerou como fluxo de pagamento o seguinte:

    Data Fluxo (%) Juros (%) Amortização (%)
    29/08/2012 -111,18 0,00 0,00
    15/01/2013 7,02 7,02 0,00
    15/01/2014 7,11 7,11 0,00
    15/01/2015 107,11 7,11 100,00

    Esses juros apresentados anualmente não batem nem com a taxa de 7,078% acima do IPCA nem com os 4,0208% calculados. Além disso, não entendi os -111,18%. Não seriam -108,85%, uma vez que é esse o preço de negociação no mercado secundário?

    03 – O que é o “Preço Limpo”?

    Eu tentei esclarecer essas dúvidas sozinho através do “help” da calculadora (os “?” ao lado dos resultados), mas está tudo bugado, com indexação ao IGPM, e incompreensível.

    Se algum investidor mais experiente tiver familiaridade com aquisição de debêntures em mercado secundário, por favor, esclareça essas dúvidas. Eu acredito que muita gente se depare com dificuldades semelhantes e escassez de informações.

    Obrigado.

    PS: Rafael Seabra, estou lendo seu livro. Interessante. Mas uma sugestão: dá uma encorpaada no capítulo sobre debêntures em uma próxima edição.

  • carlos

    eu tenho compra para debentures da vale,onde encontrar,preciso de entrar direto com o proprietario

  • Alessandra carvalho

    Rafael Seabra, você conhece proprietários de Debêntures à venda? sou consultora de Negócios e possuo um grupo de investidores interessados em comprar o que tiver no mercado. alevcarvalho@yahoo.com.br

    • William Tomm

      BovespaFix. E lá que se encontram as debentures negociadas no mercado secundário.

      Além disso, grandes corretoras costumam ter estoque desses títulos e oferecem aos clientes, claro que com um agiozinho. A XP faz isso.