Planejamento financeiro: por que gerenciar suas finanças?

163 Flares Facebook 105 Twitter 40 Google+ 11 163 Flares ×

Planejamento financeiro: por que gerenciar suas finanças?Planejamento é um conceito essencial quando o assunto é administração financeira, seja ela pessoal ou empresarial.

Em relação ao gerenciamento do próprio dinheiro, alguns dizem preferir viver um dia após o outro, sem se preocupar em fazer planos. Agem dessa forma com o argumento de que a vida toma rumos, muitas vezes, inesperados e que o futuro nunca estará sob seu controle.

Realmente, o futuro é repleto de incertezas, sendo que muitas delas estão além do nosso comando. Mas é exatamente tal característica que faz do planejamento algo tão importante, pois possibilita que estejamos minimamente preparados para lidar com o inesperado.

Planejamento financeiro: espere pelo inesperado

O futuro reserva, a cada um de nós, eventos ruins e oportunidades.

Pessoas com vida financeira desregrada são mestres em absorver apenas a parte ruim da história. Ao perder o emprego de uma hora para outra, ou, se de repente, é preciso gastar algumas centenas de reais com reforma da casa ou conserto do carro, aqueles que não guardaram dinheiro para tais possibilidades, vão sofrer severas consequências.

Por outro lado, se essas mesmas pessoas se defrontarem com a oportunidade de compra de um imóvel a preços convidativos ou com a possibilidade de morar no exterior para estudar, dificilmente irão agarrar essa chance.

E por quê? Simplesmente por não possuírem liberdade financeira para tal.

Dessa forma, o planejamento financeiro permite uma maior abertura nas possibilidades de escolhas a serem feitas durante nossa vida.

O que é planejar?

Planejar é, simplesmente, aceitar as incertezas, de forma a lidar com elas da melhor maneira possível.

Também significa viabilizar sonhos, à medida que os objetivos se concretizem.

Planejar é assumir, com total lucidez, nossa ignorância quanto ao futuro.

Porém, mesmo com toda a incerteza existente, o planejamento aumenta as chances de que cada história seja escrita pelo próprio autor, e não pelo acaso.

Enfim, planejar as finanças pessoais é um exercício de autoconhecimento, pois ao estabelecer metas, estaremos elegendo nossas verdadeiras prioridades e, com isso, revelando a pessoa que somos para nós mesmos.

Conclusão

Nunca conseguiremos prever o futuro, mas é possível estarmos prontos para imprevistos e – principalmente – para oportunidades que certamente irão aparecer em nossas vidas.

Para tanto, é necessário:

  1. Compreender a necessidade de mudar;
  2. Compreender as regras básicas para acumulação de riqueza;
  3. Definir objetivos financeiros claros e mensuráveis;
  4. Adquirir bons hábitos financeiros;
  5. Poupar e investir seu dinheiro.

Para entender melhor cada uma das etapas supracitadas, recomendo a leitura do artigo “5 Etapas do Planejamento Financeiro“.

Por fim, recomendo também a leitura do eBook “As 5 Etapas do Planejamento Financeiro“, escrito por Elisson de Andrade, que foi a principal fonte para este artigo, além de estar na lista dos 10 livros de Finanças Pessoais de 2012 da Exame.com.

Imagem: FreeDigitalPhotos.net

Assine (é grátis)

Cadastre seu email e receba gratuitamente as atualizações do Quero Ficar Rico!


Atingiu a liberdade financeira e quer ajudar outras pessoas a alcançarem o mesmo objetivo. Continue lendo aqui!

  • François

    Parabéns pelo sucesso do blog. Pessoalmente acredito que a alocação de ativos seja um bom planejamento financeiro frente a um futuro incerto. Estou em grande dúvida quanto ao destino de uma renda extra resultado de ação trabalhista. A única certeza que tenho é que 100% será investido. O arranjo abaixo seria adequado para longo prazo?

    50% Fundos imobiliários
    25% NTNB PRINC. 2035
    25% ETF (50% CSMO11 e 50% SMALL11)

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      François,

      Acredito que você deveria diversificar um pouco mais na fatia da renda fixa.

      Caso você queira manter essa proporção (50/25/25), recomendo que aloque os 25% da Renda Fixa dessa forma:

      * 12,50% – LFT
      * 6,25% – LTN
      * 6,25% – NTN-B Principal

      Essa alocação deixa sua carteira menos volátil, além de te proteger de uma possível alta da taxa SELIC.

      Abraço!

  • Pedro

    Excelente artigo, compartilhado com a família toda..

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Muito obrigado, Pedro.

      Abraço!

  • Massimo

    Boa tarde Rafael,
    gostei do comentário, foi básico mas bem instrutivo, mas agora tem certas “surpresas” que não podemos chamar de inesperado, como exemplo: IPVA, IPTU, MATRICULA DE ESCOLA, 13º DE FUNCIONÁRIO, ENTRE OUTROS..são despesas que tem sempre que estar orçadas dentro do planejamnto pois elas são de fatos despesas que já sabemos que teremos independente de qualquer “surpresa “. etão podemos sempre considerar que estas despesas nunca serão um “susto” no orçamento, uima vezx que ele estará sempre embutido.

    até breve

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Concordo 100%, Massimo.

      Imprevistos são problemas de saúde, acidentes com seu automóvel, entre outros. Mas esses casos que você citou podem (e devem!) ser planejados.

      Abraço!

  • Deise

    Rafael,li uma materia,onde se fala que o dinheiro deve trabalhar po nós e não o contrario.
    Como posso fazer isso?
    Sou gerente comercial numa pequena distribuidora ,e tenho R$500,00 livres p/ investir todo mes,oque posso fazer com esta quantia,p/ que a mesma trabalhe p/ mim?
    Se preferir pode responder no e-mail:deise.ete@gmail.com

    Grata

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Deise,

      Existem diversas formas e uma delas é investir seu dinheiro numa aplicação financeira. A rentabilidade mensal é obtida sem nenhum esforço seu. Nesse caso, o dinheiro está trabalhando para você.

      Dá uma lida neste artigo: Juros compostos: o dinheiro trabalhando para você.

      Abraço!

  • Maicongabi7

    Olá,Rafael,tenho uma renda extra mensal no valor de 500

    Reais entendo muito pouco sobre. investimento ,qual seria o melhor investimento pra
    Eu estar fazendo,queri investir esse valor durante cinco anos.

  • Jairo

    Rafael, esse blog é um verdadeiro MBA em educação financeira porque você encontra respostas e links pra todas as dúvidas. Apesar de ter sido sempre disciplinado com dinheiro desde a minha adolescência, não havia muitas informações como temos hoje. Invisto em CDB (97% e 94% CDI) em bancos de 1ª linha, previdência privada e estou estudando bastante alocação de ativos para migrar os recursos que tenho hoje na poupança para tesouro direto e uma parte em FII. Pretendo me aposentar em 17 anos. Você acha uma boa opção?

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Obrigado pelas palavras, Jairo.

      Em relação a sua pergunta, acredito que seja uma boa opção. Entretanto penso que você deveria expor parte do capital à renda variável (fundos de índice – ETF).

      Escrevi recentemente sobre o tema no artigo: Saiba onde investir seu dinheiro.

      Abraço!

  • Rosana

    Olá, Rafael

    Gostei muito do seu artigo e dos comentários aqui postados.
    Falando sobre investimentos, gostaria de fazer uma pergunta: por que fundos de ações como o Meninas Iradas da Geração Futuro dão prejuízo a maior parte do tempo mesmo cobrando a absurda taxa de 4% aa sobre o capital? A impressão que dá é que não fazem um bom trabalho pois nesse mesmo momento muitas pessoas tem ganhado com ações.

    Agradeço pela atenção mais uma vez!

    Abraços,

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Por se tratar de um fundo ativo (que busca a melhor rentabilidade possível), e não um fundo passivo (que simplesmente acompanha um índice).

      Dessa forma, ele deve investir em ações totalmente diferentes da composição do Ibovespa, por exemplo.

      Como essas ações devem ser bastante voláteis, devem estar num mau momento, enquanto a bolsa tenta se recuperar.

      Com essa alta taxa e aparentemente má gestão (ao menos em termos de desempenho), eu já teria migrado para fundos de índice. O BOVA11, por exemplo, acompanha o Ibovespa e tem taxa de administração de 0,54% ao ano.

      Abraço!

      • Rosana

        Agradeço por sua resposta, Rafael
        Eu já desisti desse fundo, a situação se tornou insustentável. Ao meu ver FII são boas opções, pois além dos dividendos mensais não há IR sobre eles. O Bova11 tem baixa liquidez, por isso ainda não me interessei por eles. Quem sabe mais para frente.
        Abraços!

  • Ritadecassia_vf

    Mais um excelente artigo de Rafael Seabra, pois Planejamento deve ser o passo inicial para todas as decisões importantes que praticamos durante nossas vidas. E quando o assunto é associado a finanças, não poderia ser diferente. É necessário que nos apropriemos das ferramentas e dos conhecimentos de especialistas para elaborarmos nossa carteira de investimentos de maneira racional e utilizarmos estratégias que nos garantam maiores probabilidades de atingirmos nossas metas e objetivos.

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Muito obrigado pelas palavras, Rita. E concordo 100% contigo.

      Abraço!

  • SETIAO

    . BOA TARDE .GOSTEI MUITO DOS SEUS ARTIGO .

    ESTOU PELA PRIMEIRA VEZ AQUI NO QUERO FICA RICO,GOSTARIA DE APROVEITAR E PEDIR UMA ORIENTAÇAO> TENHO R$100.000,00. PARA ENVESTIR
    QUAL A MELHOR OPÇAO? TAVA PENSANDO EM POUPANÇA,É UM BOM NEGOCIO.
    AH É P/ LONGO PRAZO.
    DESDE JA MUITO OBRIGADO.

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Tenho duas sugestões.

      A primeira delas é o Investimento Passivo. Diferentemente do investimento ativo, onde o investidor precisa passar horas analisando cada ativo para então escolher qual deve comprar ou vender, no investimento passivo é necessário apenas definir uma alocação de ativos e manter essa composição ao longo do tempo.

      Para mais detalhes, sugiro a leitura do artigo: “Investimento passivo: sua carteira em piloto automático“.

      Outra sugestão é o eBook ‘Como Investir Dinheiro’. Recomendado por vários especialistas (inclusive Gustavo Cerbasi, autor de Casais Inteligente Enriquecem Juntos), o eBook Como Investir Dinheiro é um guia de investimento composto por cinco livros digitais e duas planilhas financeiras.

      O conteúdo ensina, entre outras coisas: como quitar suas dívidas, controlar seus gastos, organizar sua vida financeira, aprender a investir e conquistar sua independência financeira.

      Além desse material, você terá acesso ao e-mail exclusivo para entrar em contato comigo (autor do material) e tirar dúvidas.

      O investimento é baixo e o risco é mínimo, considerando que você tem 30 dias para avaliar o produto. Se não gostar, basta pedir seu dinheiro de volta.

      Para saber mais sobre o eBook, acesse: http://comoinvestirdinheiro.com.br/

      Abraço e sucesso!

      • Thiago

        Olá Rafael,

        Acompanho o blog há tempos, parabéns pelo trabalho.

        Estudo a bastante tempo sobre investimentos, mas a única aplicação que tenho atualmente é no Tesouro Direto, 75% em NTN-B Principal e 25% em LTN. Já posssuo um fundo de emergência também em poupança.

        Casei recentemente e, junto com minha esposa, iniciarei a estratégia de Alocação de Ativos. Onde manterei a proporção
        de 40% RF, 30% FII e 30% em ETF’s.

        Teremos uma boa quantia mensal para fazer aportes mensais, mas ainda não acumulamos uma quantia para fazer as primeiras aplicações. Qual seria o valor mínimo ideal, considerando as taxas de corretagem? Devemos acumular uns R$50 mil reais por exemplo e fazer a Alocação de Ativos?

        Mais uma coisa, você presta consultoria financeira pessoal?
        Eu resido no Rio de Janeiro, gostaria de um consultor que fosse daqui também.

        Um abraço,

        • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

          Não é necessário acumular tanto dinheiro para começar. A partir de R$ 3 mil, já é possível alocar em fundos ETF ou fundos imobiliários (por ativo). Já compensa mesmo com a taxa de corretagem.

          Em relação a consultores no Rio, o único que conheço e recomendo é o Henrique Carvalho. Mas não sei se ele atende pessoalmente ou apenas por e-mail/Skype.

          Acesse o site dele e conheça mais sobre o trabalho: http://hcinvestimentos.com/

          Abraço!

        • Thiago

          Olá Rafael,

          Obrigado pelo retorno.
          Eu conheço o trabalho do Henrique.
          Já lí o material dele sobre Alocação de Ativos.

          Enviei um email e uma mensagem pra ele, mas não obtive retorno.

          Você presta esse tipo de consultoria?

          Abraços,

        • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

          Posso te ajudar, Thiago. Manda e-mail para rafaelseabra@queroficarrico.com.

          Abraço!

  • Carol

    Rafael, gostaria de informações para conseguir pagar minhas dividas e sair dos juros do cheque especial. Você tem algum material que possa me ajudar? Abs.

  • Andrew Moraes

    Boa noite Rafael! Parabéns pelo blog, sempre com conteúdos úteis e interssantes.
    Não tenho a minha vida financeira equilibrada, sempre estou enrrolado com cartões de crédito e afins, porém uma das minhas metas para 2013 é me plnejar e começr a poupar e quem sabe começar a investir, que tipo de investimento você me indicaria para iniciar essas operações? Tenho inicialmente o objetivo de poupar cerca de R$ 500,00 por mês. Obrigado!

    • Rafael

      Boa tarde Rafael,

      Foram maravilhosos os artigos que me mandaram até, e está me ajudar muito. Muito obrigado.

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Andrew,

      Tenho duas sugestões.

      A primeira delas é o Investimento Passivo. Diferentemente do investimento ativo, onde o investidor precisa passar horas analisando cada ativo para então escolher qual deve comprar ou vender, no investimento passivo é necessário apenas definir uma alocação de ativos e manter essa composição ao longo do tempo.

      Para mais detalhes, sugiro a leitura do artigo: “Investimento passivo: sua carteira em piloto automático“.

      Outra sugestão é o eBook ‘Como Investir Dinheiro’. Recomendado por vários especialistas (inclusive Gustavo Cerbasi, autor de Casais Inteligente Enriquecem Juntos), o eBook Como Investir Dinheiro é um guia de investimento composto por cinco livros digitais e duas planilhas financeiras.

      O conteúdo ensina, entre outras coisas: como quitar suas dívidas, controlar seus gastos, organizar sua vida financeira, aprender a investir e conquistar sua independência financeira.

      Além desse material, você terá acesso ao e-mail exclusivo para entrar em contato comigo (autor do material) e tirar dúvidas.

      O investimento é baixo e o risco é mínimo, considerando que você tem 30 dias para avaliar o produto. Se não gostar, basta pedir seu dinheiro de volta.

      Para saber mais sobre o eBook, acesse: http://comoinvestirdinheiro.com.br/

      Abraço e sucesso!

  • Ivan Mql

    laia laia laue aue ooooo!!!!!!!!! O blog é sensacional. laia laia aue ue ooooo!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Ivan Mql

    laia laia laue ue !!!!!!!!!!!!!!!!!!!! show de bola !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ooooo!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Alexandre Paulo

    muito bom este artigo…