Títulos de capitalização podem ser um bom negócio

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 0 Flares ×

Títulos de capitalização podem ser um bom negócioSe você entrar em uma agência de qualquer grande banco e atentar para os produtos divulgados em cartazes, banners e folhetos, perceberá que há certa predileção desse mercado pelos Títulos de Capitalização.

Pelo menos é o que leva a crer o incisivo marketing desses produtos, repleto de imagens relacionadas a prosperidade, potes de ouro e chuvas de dinheiro.

Títulos de Capitalização são um produto oferecido pelos bancos que, diferentemente das demais alternativas para quem tem sobras para poupar, não prometem pagar juros.

Contrariamente, propõem devolver ao poupador, após o prazo contratado, apenas parte do que ele investiu, corrigida pela inflação, em troca da oportunidade de concorrer a prêmios polpudos durante a vigência do contrato.

Em outras palavras, é uma espécie de loteria que devolve ao apostador tudo que sobra depois de ratear os custos administrativos, o valor do prêmio sorteado e o lucro da instituição.

Título de capitalização não é investimento!

Título de capitalização não é investimento

Por essas características, inúmeros especialistas em investimentos e consultores financeiros são enfáticos em suas recomendações: Títulos de Capitalização não são investimento, fuja deles e invista em alternativas mais rentáveis como Poupança, CDB ou Tesouro Direto.

Como toda loteria, as chances de ganho da Capitalização são irrisórias.

Os especialistas e consultores não estão errados, se levarmos em consideração que o público alvo de suas recomendações são pessoas interessadas em investir da maneira mais eficiente e com visão de longo prazo.

Infelizmente, não é o caso da maioria dos clientes dos grandes bancos.

Motivação do pequeno investidor

É fundamental entender qual é a motivação e o que passa pela cabeça daquele pequeno poupador que, sonhado com um futuro melhor para ele ou para seus filhos, começa a sacrificar parte de seu apertado orçamento para poupar para esse futuro.

Especialistas recomendarão a esse poupador que esqueça a Capitalização e opte por alternativas mais eficientes.

Porém, imagine qual será seu grau de satisfação após doze meses poupando, digamos, R$ 100 mensais, respeitando a recomendação dos especialistas. Após descontar o Imposto de Renda, este poupador terá acumulado cerca de R$ 1.250.

Um sujeito otimista diria que é uma bela conquista para um esforço de um ano. Os mais céticos, porém, destacarão que o resultado é muito pequeno pois, na prática, o poupador deixou de usufruir de R$ 1.200 para lucrar, em um ano, apenas R$ 50.

Se investisse em algo mais arrojado, como um fundo de ações, dificilmente o lucro seria muito mais compensador – R$ 80, R$ 90 talvez. Você estaria satisfeito em trocar doze meses de sacrifícios para lucrar menos de R$ 100?

Esse raciocínio mais cético é o correto, pois os rendimentos dos juros sobre pequenos valores são pouco significativos. Quando o poupador percebe o baixo resultado de seu sacrifício, tende a perder a motivação, pois não percebe que somente após alguns anos de poupança os lucros com juros começam a ser significativos.

É por esta razão que muitas pessoas tendem a resgatar todos os recursos poupados para realizar pequenos sonhos de consumo, como comprar uma televisão, um vestido ou fazer uma viagem.

Investem com qualidade, mas facilmente deixam de investir, por falta da adequada motivação. Matam facilmente sua galinha dos ovos de ouro, pois entendem que os ovos de ouro que ela bota valem muito pouco.

Público-alvo dos títulos de capitalização

É para este gigantesco público desmotivado com investimentos, os pequenos poupadores com pouco conhecimento de finanças e planejamento, que Títulos de Capitalização podem fazer muita diferença.

Com esse produto, ao final de doze meses é improvável que R$ 100 mensais tenham acumulado sequer R$ 1.000, mesmo entre as melhores alternativas do mercado.

Porém, provavelmente a chance de ser sorteado e ganhar um grande prêmio nos meses seguintes será motivo mais forte para esse humilde poupador não desistir de seu plano. A chance de mudar de vida repentinamente é um bom motivo para continuar com seu sacrifício orçamentário mensal.

A sorte grande acontecerá? Provavelmente não.

Mas, mesmo que tudo dê errado com sua sorte, ao final de cinco ou seis anos de plano esse poupador terá acumulado recursos que paguem, talvez, o primeiro ano de faculdade de seu filho. Ou, então, recursos suficientes para acessar fundos de renda fixa bem mais eficientes e que lhe mostrem lucros com juros bem mais interessantes a cada ano. Certamente, não estará arrependido.

Conclusão

O texto acima é de autoria do educador financeiro Gustavo Cerbasi e pode ser acessado através deste link. Resolvi publicá-lo (e comentá-lo) porque essa leitura mudou totalmente meu ponto de vista sobre títulos de capitalização.

Antes eu acreditava que títulos de capitalização não eram alternativa para poupar seu dinheiro. Estava errado. Essa aplicação pode ser o pontapé inicial para muitos que não conseguem poupar dinheiro ou que conseguem economizar mensalmente valores baixos (até 100 reais, por exemplo).

Além disso, existem muitas pessoas que são viciadas em fazer uma “fezinha” apostando na Mega Sena ou outros jogos de azar. Já que a chance de ganhar é mínima em qualquer dessas alternativas, é melhor aplicar esse dinheiro em títulos de capitalização, pois assim você teria parte do dinheiro de volta para seu bolso.

Entretanto continuo afirmando categoricamente que título de capitalização não é investimento. Se você tem disponibilidade para investir mais de R$ 100 por mês ou já tem disciplina e educação financeira suficiente para entender os benefícios da poupança a longo prazo, fuja desses títulos.

Assine (é grátis)

Cadastre seu email e receba gratuitamente as atualizações do Quero Ficar Rico!


Atingiu a liberdade financeira e quer ajudar outras pessoas a alcançarem o mesmo objetivo. Continue lendo aqui!

  • http://twitter.com/educarfinancas Thiago dias Quintino

    Olá Rafael. Bela reflexão amigo. Depois que li o seu artigo começei a mudar minha análise de pensamento também sobre os títulos de capitação.

    Abração..

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Valeu, Thiago.

      Abraço!

  • http://www.facebook.com/people/Felipe-Lopes/100000500417180 Felipe Lopes

    Continuo apostando em titulo de capitalização. Mas simplesmente como aposta, ao invés de jogar na Sena jogo em um titulo, onde depois posso reaver parte do meu dinheiro. Simples.Mas não considero isto um investimento e sim uma aposta de risco.

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Ao menos você recebe boa parte do dinheiro de volta, Felipe.

      É importante ter a consciência que não se trata de um investimento e que existem alternativas muito melhores para esse propósito.

      Abraço!

    • Carlos

      Concordo com você, Felipe. Embora tenha alguns investimentos propriamente ditos, também corro o risco de ser sorteado no título de capitalização.
      Mas tenho uma dúvida agora, como declará-lo no Imposto de Renda?

  • Adonay

    O Cerbasi é um fenomeno mesmo, sempre gostei de seus textos, e como ele é ousado ao contrariar o senso comum. Depois de seu texto acabei percebendo alguma vantagem sobre os titulos de capitalização, e achei muito satisfatória a conclusão dele.
    Contudo, caso fosse fazer uma “fezinha” com meu dinheiro, não o faria em titulos de capitalização (TC), como o colega Felipe colocou, preferia jogaria na mega-sena mesmo. Um TC paga um prêmio de 1 milhão de reais, e custa 100 reais por mês, um prêmio da mega-sena vai pagar 12 milhões de reais, e custa 16 reais por mês (8 sorteios, cada um a 2 reais). Sei que o dinheiro não volta para o bolso, mas o custo de um TC é muito superior a esses 16 reais.

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Pois é. Foi exatamente essa a sensação que tive após a leitura do texto.

      Existem títulos de capitalização a partir de R$ 40 mensais. Como a chance de ganhar nele ou na Mega Sena é mínima, acho que é melhor ter o dinheiro de volta :)

      Abraço!

    • Giuliano Generali

      Caro Adonay, o problema é que na Mega Sena sua chance é de 1 em mais de 50 milhões e nos títulos de capitalização pode ser de 1 em 100 mil, 1 em 250 mil, 1 em 1 milhão, dependendo do tamanho da série. Abs,

  • Cesarsousa

    Se Titulo de Capitalização rendesse a inflação seria ótimo, é só TR (+- 1% ao ano), fica devendo e muito pro índice da inflação (IPCA).

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      É verdade, Cesar. Por isso que não se trata de um investimento.

      Abraço!

  • kalika12

    Títulos de capitalização podem ser um bom negócio…se você for sortedo!XD
    Sinto muito se eu tenho opinião diferente.É que minha família compra tele sena ( que é um título de capitalização ) desde uma década atrás e nunca ganhou nada.

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Eu também acho que não vale a pena. Mas entre comprar telesenas e título de capitalização de bancos, o segundo é melhor (ou menos ruim), afinal você recebe pelo menos o dinheiro de volta.

      Abraço!

      • M.Rocha

        Dinheiro de volta???
        Levando-se em conta os gastos de apostar na Mega sena (uns R$ 16 mensais) comparando com os títulos de DEScapitalizações (uns 100 reais mensais) no final do ano o que vc ganharia se deixasse esse dinheiro na poupança…. Com as mesmas chances de ganhar (como já foi dito anteriormente) esse dinheiro de volta dos titulos de descapitalização já foi corroído pela inflação do período… pra quem quer apostar… Mega sena é bem mais inteligente.

        • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

          Longe de mim ser um defensor dos títulos de capitalização. Mas existem alguns a partir de R$ 40 e a chance de ganhar na Mega Sena é muito menor que a de ganhar numa capitalização.

          Ainda assim, ambas são mínimas. Por isso que o TC é “menos ruim” que apostar na loteria, justamente por receber boa parte do dinheiro de volta.

          Abraço!

  • Elton

    Não tenho títulos de capitalização, mas recentemente acabei recomendando para um amigo, por um detalhe, eles podem ser usados como garantia de aluguel.

    Pra quem aluga imóveis e não tem fiador, pode ser um ótimo investimento. No caso específico desse meu amigo, o valor do aluguel era de R$ 1.500,00 e ele teria que pagar um seguro fiança anual no valor de aproximadamente R$ 2.000,00.

    Porém havia a opção de usar o título de capitalização correspondente a 10 vezes o aluguel, R$ 15.000,00, como garantia. Não seria fácil tirar R$ 2.000,00 de rendimento em uma aplicação de R$ 15.000,00. Então, nesse caso, considero um caso a se pensar.

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Ótimo comentário, Elton. Certamente existem outros investimentos onde é possível fazer o mesmo. Mas é uma ótima dica.

      Abraço!

  • http://www.facebook.com/Francisco.P.Penha Francisco Penha

    Titulo de capitalização tipo PIC do Itau é uma bela arapuca! Fuja deles!

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Como investimento, essas capitalizações realmente são uma péssima escolha.

      Abraço!

  • Tiburtino Lacerda

    Concordo INTEIRAMENTE com vc, Rafael.TÍtulos de Capitalização, NÃO SÃO investimento, senão vejamos:Existem homens humildes, destrambelhados na vida, que gastam o pouco que ganham, com bebida, mulheres, enquanto falta COMIDA em casa.Entram para uma igreja picareta dessas, sofrem lavagem cerebral, dão 10% do que ganham para o espertalhão do pastor e PARAM com os gastos indevidos.Usando o MESMO raciocínio, PAGAR DÍZIMO É INVESTIMENTO?Sei, que os Títulos de Capitalização, não são tão NOCIVOS para o bolso do ” investidor” quanto o dízimo.Só não podem ser considerados investimento, uma ” muleta psíquica” talvez.

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Esse texto não deve ser interpretado como uma defesa ou até sugestão de investimento, até porque eles são um péssimo investimento.

      Mas existem casos onde a aplicação nesses títulos pode motivar pessoas que não têm disciplina e/ou educação financeira para começar a poupar parte do seu dinheiro.

      Abraço!

      • Josélio

        Olá Rafael, com respeito ao comentário de Tiburtino não entendi onde ele quis chegar, dízimos e título de capitalização?
        Como assim?
        Dízimos não é investimento financeiro, é uma crença.

        Parabéns pelo blog.

        Josélio

        • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

          Também não, mas prefiro não comentar sobre esse assunto, pois não acho pertinente levar essa discussão para o lado religioso.

          Cada um tem a sua crença e se achar relevante contribuir com sua igreja/templo/sinagoga/etc, sabe muito bem o que está fazendo.

          Abraço!

      • Dcmais

        Socorro, eis a dúvida cruel: resgate antecipado do PIC ou continuar? Paguei 41 das 60 parcelas, que totaliza R$ 2253,99. Disponivel para resgate agora eh R$ 2104,63 que da uma perca de 149,36. E melhor retirar esses 2104 agora, colocar na poupanca e continuar depositando nela a mesma mensalidade do PIC ou continuar sendo que no PIC ate o final estimei uns R$3530 ? Ou melhor, investir no tesouro direto? Devo levar tambem em consideracao a liquidez desses ultimos? Pretendo tambem abrir outro TC de valor minimo tipo 10 reais so pelos sorteios! Ou seria melhor esses TCs de pagamento unico com vigencia de anos??

  • Vitor Nagata

    Rafael, infelizmente dessa vez eu discordo de vc e deste antigo artigo do Cerbasi.
    Se este pouco dinheiro suado fosse investido na poupança (que já sabemos que é o pior dos investimentos possível), os resultados seriam muito superiores. Além de render menos, muitas vezes os títulos de capitalização ainda possuem um liquidez baixa, e ainda são tributados!
    Discordo também desta frase: “A chance de mudar de vida repentinamente é um bom motivo para continuar com seu sacrifício orçamentário mensal.”. Querer “mudar de vida repentinamente” é um grande erro, e achar que isto é possível é um erro maior ainda.
    Abs

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Sem problemas, Vitor. Opiniões divergentes contribuem bastante para a discussão.

      O problema é que você está levando em conta apenas o resultado (lado financeiro), deixando de lado a parte emocional.

      Se uma pessoa poupar R$ 100 na caderneta de poupança, terá aproximadamente R$ 1.250,00 no final do ano. Para muitos, sacrificar R$ 100 por mês para ganhar apenas R$ 50 depois de 12 meses (menos de R$ 5 por mês) é desmotivante.

      Por conta disso, preferem entrar no crediário para comprar um TV ou até mesmo apostar semanalmente na Mega Sena, na esperança de ganhar algo realmente recompensador.

      É aí onde entram os títulos de capitalização. Apesar da rentabilidade ser ridícula, ele “supre” a necessidade de concorrer a algo maior e “força” o investidor a ter disciplina para poupar esse dinheiro mensalmente, ao invés de gastá-lo.

      Mas isso só vale para quem não tem disciplina e educação financeira, que infelizmente ainda é a maioria da população.

      Do ponto de vista financeiro, não há dúvidas: título de capitalização é provavelmente a pior aplicação existente no mercado. Só ganha para uma: a indisciplina.

      Abraço!

      • Vitor Nagata

        Mas é por isso que eu acho errado, por causa da parte emocional.
        Não é porque existem coisas piores (como a indisciplina ou o dízimo que um outro leitor citou), que o título de capitalização “pode ser um bom negócio”, conforme o título do artigo.

        Se a pessoa precisar do dinheiro no meio do caminho por exemplo, corre um grande risco de resgatar menos do que investiu, o que é um absurdo.
        Se a motivação de investir em TC é para concorrer a um prêmio, isto está errado. Isso pq as chances são maiores ao jogar na mega sena, se comparar com o dinheiro “gasto/perdido”
        Se a razão para investir em TC é pq é o único jeito de guardar dinheiro, isto também está errado. Hoje há diversas formas para investir automaticamente o dinheiro.

        Título de capitalização é uma forma de perder dinheiro e ter a ilusão que se pode enriquecer com sorteios. É o pior investimento possível e uma péssima maneira de participar de sorteios e para mim o único motivo de pessoas investirem nele é por desconhecimento, ou por compaixão pelo gerente de banco e suas metas.

        Desculpe-me por não gostar tanto de TC, mas eu publiquei exatamente um artigo sobre esse assunto por causa de uma péssima experiência pessoal: http://www.blogdoinvestidor.com.br/financas-pessoais/titulo-de-capitalizacao-vale-a-pena-nao/

        Acredito que em alguns casos talvez não seja TÃO ruim assim como foi para mim (no qual minha mãe foi enganada descaradamente), mas mesmo assim está longe de ser um bom negócio.

        Abs

      • Vitor Nagata

        Rafael, vim hj ver a resposta ao meu 2.o comentário aqui e ele sumiu, vc chegou a ler ele?
        Abs

        • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

          Vitor,

          Seu comentário entrou como spam, porque tinha um link. Acabei de aprová-lo.

          Abraço!

  • Ana

    Oi Rafael. Já comprei títulos de capitalização há algum tempo, mas à medida que fui me informando e descobri que eles não são investimento, resgatei tudo ao término e depositei em uma poupança. Não me arrependi, pois eles foram um ponta pé inicial para começar a poupar. Hoje já possuo outros investimentos..

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Exatamente, Ana.

      Se eles têm alguma coisa de bom, é justamente essa disciplina “forçada” pela obrigatoriedade de poupar mensalmente determinado montante.

      A rentabilidade é muito baixa, mas pelo menos você conseguiu poupar um bom dinheiro e, enquanto isso, procurou informações para aumentar sua inteligência financeira.

      Abraço e sucesso!

  • Ricardo

    Boa noite.Rafael eu discordo totalmente desta visao ,titulo de capitalizacao nunca foi,nao e, e jamais sera uma opcao de economia ou de investimento.Ele so e um grande negocio p o banco e os gerentes que atingem suas metas vendendo estes TC p os ingenuos.Conheci seu site hj,parece ser interessante,mas acho que vc jamais deveria postar um artigo dando margem para que as pessoas achem que o TC vale um pouquinho a pena. Pior e o argumento de alguns que e melhor jogar na mega sena,desculpe o radicalismo mas ver o qto a populacao e enrolada pelos banco e seus gerentes devido a falta de educacao financeira e conhecimento me irrita.Deveria fazer parte da grade escolar ed. financeira mas isto e outro assunto,enfim acho que e melhor divulgar que a disciplina e que pode fazer diferenca no nosso futuro economico,mesmo sendo pouco o retorno ao longo prazo ira compensar.Nao pode dar margem p as pessoas darem a desculpa da falta de disciplina para usarem TC para obrigatoriamente pouparem algum valor,isto e deseducar as pessoas.

    • Bruno Araujo

      Ricardo, concordo plenamente com você. Foi um artigo muito infeliz! Espero que o Rafael retire esse artigo do blog ou faça as devidas correções… Há títulos de capitalização que são pagamento único (você paga um valor de R& 500,00 ou R$ 1000,00 uma única vez e não precisa aportar mais nada, concorrendo a sorteios durante a vigência do título, geralmente 3 anos), logo que disciplina esse título trará ao comprador? Que educação financeira? Pelo contrário! A maioria das pessoas nem querem fazer esses títulos. Eu nunca vi uma pessoa procurar o gerente pra fazer um título de capitalização espontaneamente. Normalmente eles contratam porque ficam com vergonha de dizer não ao gerente que acabou de lhe ajudar nalguma operação ou conceder-lhe um empréstimo (muitas vezes empurrando mesmo, pra bater meta, como você bem disse). E como você bem finalizou, os títulos deseducam as pessoas, pois quando elas vão resgatar e percebem que receberam bem menos do que aplicaram (ou praticamente a mesma coisa), elas ficam com raiva de banco, de aplicações, etc. Passam a ficar indisciplinadas, isso sim. Evitam qualquer tipo de poupança, depois da decepção…
      Quero que saiba que, apesar desse artigo possivelmente não ter lhe dado uma primeira boa impressão, esse blog é fantástico. É um dos mais acessados do país, de fácil linguagem e esclarecedor. Quase tudo que aprendi sobre Tesouro Direto e outros investimentos, devo a esse blog. Você se beneficiará enormemente ao explorar o conteúdo dos outros artigos, como eu me beneficiei. Desejo-lhe uma boa leitura e boa navegação pelo blog. Abraços

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Ricardo,

      A falta de educação financeira não é uma desculpa. É um problema sério. E qualquer mínimo passo que seja dado no intuito de poupar dinheiro, ao invés de gastá-lo, é louvável. Mesmo que seja dentro de um “porquinho”.

      Quando se tem educação financeira, que é o meu, o seu e o caso de muitos outros, é fácil condenar investimentos ruins. E capitalização não é ruim. É péssimo.

      Mas precisamos enxergar a situação de quem não tem nada. Ou pior: tem dívidas. Então pode ter certeza de uma coisa: poupar dinheiro (independente da aplicação) é infinitamente melhor que gastá-lo com supérfluos e se endividar.

      O que não impede que o indivíduo aprenda com o tempo e busque melhores aplicações, como o Tesouro Direto, por exemplo.

      Para mudarmos nosso comportamento, precisamos dar o primeiro passo. Por menor que ele seja.

      Abraço!

  • Bruno Araujo

    Meu amigo Rafael, lamento profundamente pelo título do artigo: Títulos de Capitalização podem ser um bom negócio. De fato é um bom negócio para os bancos… Eu não concordo que seja um bom negócio nem para os ávidos por apostar. Esse blog é um formador de opiniões e dizer que é uma forma de poupar é temeroso, pois ha divergências entre os economistas quanto ao real significado do termo poupar. Nem o Banco central do Brasil, ao descrever sociedades de capitalização, descreve os títulos como forma de poupar http://www.bcb.gov.br/pre/composicao/sc.asp .
    Há títulos de capitalização de pagamento único, que podem ser resgatados somente depois de 3 anos sob pena de perder muito em caso de resgate antecipado. Em que situação esse tipo de capitalização é bom, meu amigo? Por favor, não me entenda mal, tampouco precisa responder sobre o que eu vou falar agora, pois eu sei que não o caso e seus brilhantes artigos anteriores são prova disso, mas numa primeira leitura me pareceu um artigo patrocinado pelos bancos. Sei que não é, portanto esqueça essa última frase, mas uma coisa é certa: Os bancos estão rindo a toa com esse artigo, felizes da vida…

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Ainda bem que você já sabe que todos os artigos patrocinados são sinalizados com um selo ao final do texto :)

      Em relação ao seu comentário, agradeço bastante pela crítica e participação. Acredito que já justifiquei meu ponto de vista em diversos comentários, inclusive em resposta ao Ricardo logo acima.

      Eu sou um cara que consigo enxergar vantagens (e desvantagens) em praticamente tudo. E aproveito para responder sua pergunta sobre o que o tipo de título citado (resgate após 3 anos) pode ter de bom:

      Disciplina forçada. Muitas pessoas não têm disciplina para poupar dinheiro e principalmente para mantê-lo parado. Por conta da liquidez imediata da poupança, por exemplo, resgatam R$ 1 mil num piscar de olhos para comprar uma TV, dinheiro este que levaram quase um ano para poupar.

      Se este dinheiro tivesse num título deste tipo, com tamanho “castigo”, dificilmente fariam o mesmo, pois pensariam duas (ou 3… ou 10) vezes antes de solicitar o resgate.

      O grande problema dos consumidores é justamente consumir por impulso. Para você ter uma ideia, 60% dos cupons das compras coletivas expiram sem ser utilizados. Existe dado melhor (ou pior) que esse para explicar quanto somos consumistas?

      É preciso ter cabeça aberta para conseguir enxergar pontos positivos onde todos só veem desvantagens.

      Mas olhando exclusivamente do ponto de vista financeiro, não há dúvidas: títulos de capitalização são horríveis. Talvez a pior alternativa de investimento. Se é que podemos classificar de investimento :)

      Abraço!

  • http://www.onegociocerto.com/ Egidio_ely

    O povo brasileiro está em processo de amadurecimento em relação aos investimentos, ainda é preciso fazer muito na educação para que todos tenham capacidade de dicernir entre alternativas existentes no mercado, blogs como esse são muito informativos

  • Blogloteria

    Também sou daqueles que recomendam fugir dos TC. As desvantagens sao grandes:
    1- voce paga mais do que resgata (considerando a inflação)
    2 – suas chances de ser sorteado sao muito pequenas

    Recentemente fiz um estudo dos TC e cheguei a conclusão que vale mais a pena voce aplicar uma parte na poupança e outra jogar na loteria (mega sena ou lotofacil, etc…. Vai depender do quanto o sorteio do TC oferece para equiparar o prêmio) que ao final do tempo que vc estaria pagando o TC, o valor será o mesmo ao final da poupança, mas MAS a probabilidade de voce ter ganho a loteria terá sido bem maior do que o sorteio do título.

    Fujam disso.

  • Jose Maria

    Bela análise Rafael, bem esclarecedora.
    Mas qual seria uma boa alternativa para quem pode investir mais de R$100/mês, às vezes até bem mais, mas não consegue se comprometer com um valor fixo, pois a fonte de renda é variável? Seri que a poupança não é muito atrativa, mas tem outra saída?

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Minha resposta: Títulos públicos.

      Você pode investir a partir de R$ 100 e não tem obrigatoriedade de investir todos os meses. Além disso, a rentabilidade é excelente e o risco, baxíssimo.

      Abraço!

  • Felipe Tazzo

    Muito interessante e bem clara a explicação, em um artigo muito bem construído, mas me desculpe, eu simplesmente não consigo concordar com isso. Mesmo para quem não tem nenhuma intimidade com finanças e nenhuma vontade de ter, ainda assim uma previdência ou a mixaria da poupancinha continuam sendo mais honestas.

    Vou fazer coro para todos: fuja da capitalização!
    http://oguiadofimdomes.com.br/produtos-bancarios/a-hora-de-guardar-o-dinheiro-parte-i-capitalizacao/

  • Daniel Lucena

    Bom, eu atualmente estou em 2 TCCs pelo itaú, mas estou só aguardando a data do resgate para passar tudo para a poupança.. e até juntar R$ 10.000,00 continuo na boa e velha caderneta, depois disso procuro algo que me renda uma quantia melhor.

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Tenho duas sugestões para você investir esse dinheiro.

      A primeira delas é investir em títulos públicos, pelo Tesouro Direto. Trata-se de uma ótima opção de investimento para obter boa rentabilidade com baixo risco. Para mais detalhes, sugiro a leitura do artigo: “Alcance seus objetivos investindo em títulos públicos“.

      Outra sugestão é o kit ‘Como Investir Dinheiro’. Recomendado por vários especialistas (inclusive Gustavo Cerbasi, autor de Casais Inteligente Enriquecem Juntos), este guia de investimentos é uma compilação do que há de melhor no Quero Ficar Rico.

      O kit foi lançado recentemente e está por um ótimo preço, se considerar que os compradores recebem um e-mail exclusivo para entrar em contato comigo e tirar dúvidas, além de dois bônus exclusivos..

      Para saber mais sobre o kit, acesse: http://comoinvestirdinheiro.com.br/

      Abraço e sucesso!

      • Rogerdiniz5

        Boa tarde Pessoal esta ano passado pensando em comprar um consorcio para comprar um carro novo. Analisei e achei melhor colocar os R$ 310,00 de consorcio em PIC do itau, pois bem ontem recebi um telefonema que ganhei R$ 35.000,00 no sorteio, ai meu pic (48xR$ 75,00 mensal) tenho 4 pago R$ 300,00 mensal. Então tenho R$ 15.000,00 do pic + 35.000,00 que ganhei por ter apostado.
        Como tenho um carro que vale R$ 20.000 mas me pagam R$ 14.000.
        Vou poder comprar um carro de 35+14= R$ 49.000,00 + R$ 15.000,00 em grana que vou aplicar e reinvestir num CDB.
        Valeu a pena apostar no PIC no meu caso.

        • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

          Ah, sem dúvidas! Por sinal, parabéns pelo prêmio!

          Mas é importante deixar claro que a chance disso ocorrer é mínima. E, para investir, existem outras alternativas muito mais rentáveis.

          Abraço!

  • Rafael santos

    Prezado , Como sempre seus textos nos ajudam mais uma vez ,porem , estou aqui para tirar uma duvida sobre um outro titulo. Estou em mãos de dois titulos de obrigação ao portador da eletrobras confeccionado em 1970 .Estou querendo saber como eu posso estar
    requererendo esses titulos ( e se eu posso ) .Lembrando que referente aos anos de pagamento esses titulos só foram pagos somente durante 5 anos e os restantes ainda encontran-se em aberto(1975 á 1989) .
    Aguardo sua resposta e mais uma vez muito obrigado!!!!!!!

  • http://www.facebook.com/people/Andre-Rodrigues/100000138111690 Andre Rodrigues

    Também acho que os títulos de capitalização podem ser um bom “investimento”, mesmo que não sejam classificados assim.

    Alguns destes títulos oferecem prêmios em dinheiro. Talvez seja melhor comprar titulos que ofereçam premios monetários menores, mais com uma maior quantidade de premios oferecidos, sendo maior a probabilidade de ser sorteado.

    No BB tem um que o investidor tem 1/12 de chance de ser sorteado, se ficar até o final do período.

    É necessário lembrar que para resgatar um titulo desse, o banco desconta uma taxa muito grande, e o comprador tem um enorme prejuizo. Pelo menos isso ocorre com os titulos do BB.

  • Thomas

    Olha, todo mundo que gosta de jogar deve optar por títulos de capitalização o efeito é o mesmo, só que ao final do plano você recebe mais dinheiro para continuar apostando, quem sabe um dia não ganha? Se não ganhar pelo menos não jogou todo o dinheiro fora, que é o caso de apostadores de loteria, poucas pessoas que conheço apostam só 1 real na loteria, a maioria aposta 10 por semana ou mais, existem até amigos meus que fazem o famoso bolão e chegam a gastar 400 reais em um bolão a troco de nada.

    Toda vez que me pergutam sobre títulos de capitalização eu sempre falo que é um ótimo investimento, se a pessoa tem o perfil de apostador, e gosta de apostar mais do que 10 reais mensais.

    Olha sinceramente, qualquer um que fala sobre investimentos e pede pro cara guardar 100 reais por mês está iludindo a pessoa, pois 100 reais por mês você pode guardar só na poupança, pois outros investimentos como CDB, Tesouro Direto etc, todos tem Imposto de Renda e taxas, que comem quase todo o lucro desses 100 reais e muitas vezes fazem até a pessoa que investiu 100 reais perder dinheiro pois as taxas cobradas acabam comendo todo o rendimento e muitas vezes rende menos que na poupança.

    Acho ridículo indicarem a bolsa de valores para pessoas que tem menos de 1500 reais por mês pra investir, só as taxas cobradas pela corretora, e a custódia já geram muito prejuízo e dor de cabeça para pessoas iniciantes, sem contar que sempre os iniciantes retiram o dinheiro logo quando a bolsa está caindo, o que não faz nenhum sentido, pois eles deveriam ficar desesperado pra tirar o dinheiro quando a bolsa está subindo, mas isso não vem a este comentário,

    espero ter ajudado

  • Thomas

    Olha, andei lendo os comentários e realmente tem muita gente que se ilude com a poupança ainda, ninguém que investe em poupança no longo prazo ganha dinheiro, a inflação come praticamente todo o lucro da poupança não adianta nada ganhar 6% líquido por ano se a inflação ultrapassa esse valor muitas vezes é perda de tempo, se você quer realmente ganhar dinheiro no longo prazo, gaste com cursos, faculdades, MBA’s etc, isso sim vai fazer você ganhar mais dinheiro quando estiver mais velho, poupança é uma grande enganação.

    Minha avó era uma pessoa muito esperta quando jovem ganhou o equivalente a 50mil reais nos dias de hoje, isso em 1950, vendendo imóveis, hoje ela está aposentada, e sempre investiu na poupança, fugiu das aplicações de “risco”, resolveu não arriscar na vida, a sorte dela foi ter separado do meu avô e ter casado com um coronel do exército, hoje ela vive da pensão desse coronel, pois se fosse depender do seu maravilhoso investimento em poupança, ela teria 70 mil reais hoje, o que daria algo em torno de 350 reais por mês. HA HA, grande investimento a poupança né?

    A maioria dos grandes investidores querem distrair vocês mesmo, dizendo que é só poupar que um dia você vai ter muito dinheiro, é tudo mentira, você só vai ter muito dinheiro se guardar em algum investimento que dê muito dinheiro e isso no Brasil é raridade, ou seja, ou você estuda pra se promover e crescer dentro de uma empresa, ou estuda pra abrir seu próprio negócio, pois ficar fazendo investimento pra ficar rico no fim da vida, só acredito que a bolsa de valores possa dar isso a algum cidadão brasileiro, mas investir na bolsa requer muito dinheiro mensal, o que sempre vale mais a pena é investir em conhecimento.

  • Rubens

    Era também um de muitos que acreditava muito em titulo de capitalização, mas não por conta de sorteios, nunca fizemos por conta disso, mas pelo fato de saber que se retirar antes do prazo final, perderíamos uma parte, nesse ponto somos controlados de ir até o final, mas ano passado quando começamos a investir no Sofisa, claro que ainda muito estão desconfiados em relação a esse banco, mas gostei da proposta do mesmo e fizemos um CDB e esse mês um LCI, em menos de um ano, já obtivemos a prova que titulo de capitalização somente serve para segurar o dinheiro, isso para quem tem força de vontade, fizemos uma compra de um titulo no valor total de R$ 7.200,00, fora esse já havíamos comprado outros dois anos atrás, onde o resgate também foi completo e graças a Deus em agosto já teremos o resgate desse último, sendo assim os valores aplicados no Sofisa são muito menores e em menos de uma ano já renderam bem mais que o titulo de capitalização, somos marinheiros de primeira viagem, mas estamos contentes pelo resultado no Sofisa, ainda mais que lançaram o LCI que não há imposto de renda.

  • Rubens

    Era também um de muitos que acreditava muito em titulo de capitalização, mas não por conta de sorteios, nunca fizemos por conta disso, mas pelo fato de saber que se retirar antes do prazo final, perderíamos uma parte, nesse ponto somos controlados de ir até o final, mas ano passado quando começamos a investir no Sofisa, claro que ainda muito estão desconfiados em relação a esse banco, mas gostei da proposta do mesmo e fizemos um CDB e esse mês um LCI, em menos de um ano, já obtivemos a prova que titulo de capitalização somente serve para segurar o dinheiro, isso para quem tem força de vontade, fizemos uma compra de um titulo no valor total de R$ 7.200,00, fora esse já havíamos comprado outros dois anos atrás, onde o resgate também foi completo e graças a Deus em agosto já teremos o resgate desse último, sendo assim os valores aplicados no Sofisa são muito menores e em menos de uma ano já renderam bem mais que o titulo de capitalização, somos marinheiros de primeira viagem, mas estamos contentes pelo resultado no Sofisa, ainda mais que lançaram o LCI que não há imposto de renda.

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Ótimo depoimento, Rubens.

      Fico feliz em saber que você deu um passo a frente em relação aos investimentos. Até porque títulos de capitalização não são investimento.

      Abraço!

  • Bianca

    Gostei bastante de ler este artigo pelo simples motivo de ter comprado um título de capitalização há cerca de 2 anos com essa mentalidade, a de me educar financeiramente.
    Todo o pouco dinheiro que conseguia guardar na poupança, acabava tirando pra coisas inúteis e nunca conseguia poupar, além de gastar cerca de R$ 30,00 mensalmente em apostas de loteria (sou estagiária e esse valor é significativo pra mim). Assim, adquiri um TC de R$ 13,00 por mês por um período de 5 anos após várias pesquisas e sabendo que não era um investimento. Mas ainda sim, decidi adquiri-lo pois o valor era equivalente a menos da metade do que gastava com apostas na loteria e que não poderia resgatá-lo antes do prazo para não perder mais dinheiro ainda. Isso me ajudou a obter controle com as economias e parei de apostar na loteria pois o TC possui sorteios mensais. Hoje, continuo pagando o TC, não jogo mais em loteria e consegui o impulso inicial para investir. Acabei guardando cerca de 4 mil reais em 1 ano e meio na poupança e atualmente pesquiso outros meios de investimento, obviamente mais retáveis que a poupança (não considero o TC um investmento), e aguardo o prazo para resgatar o que paguei no TC.

  • Paulo Ptrc

    Ola Rafael gostei muito do trabalho eu que estou iniciando meu casamento apoio suas dicas e bela planilha realmente vi os gastos que tenho por mês e não percebo quanto ao titulo de capitalização vou optar por uma banco do governo para assim ter mais facilidades nos convênios tipo moradias,investimentos negócios e mais tive informações que isso serve como um segundo fiador próprio ,belo trabalho..

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Muito obrigado, Paulo.

      Fico feliz em saber que o conteúdo disponibilizado pelo Quero Ficar Rico tem ajudado tanta gente.

      Abraço e sucesso!

  • Rafaela Perdigo

    Rafael, no BB após o fim do plano do título de capitalização mensal, que é normalmente 36 meses, os clientes recebem o valor TOTAL aplicado no período, corrigidos pela TR.
    Porém, se o cliente desistir do plano antes do seu término, ai sim, não resgata o valor total pago.

    Parabéns pelo blog! Acompanho e acho excelente!

    • Rubens

      Rafaela Perdigo, isso acontece em qualquer título de capitalização, ao desistir antes do prazo final, vai perder uma certa porcentagem, infelizmente um dinheiro que deveria trabalhar, acaba ficando parado, rendendo quase nada e no final ainda pode perder o que rendeu se resgatado antes do final.
      Agora dependendo do plano que se compra, no meu caso que estou esperando o termino em agosto para aplicar em LCI, fiz uma compra de um plano em 24 meses, podendo resgatar a partir do no 22 mês 100% do aplicado.
      A única vantagem é para quem gostar de jogar, você compra um jogo e no final se estiver disposto a chegar lá, recebe todo valor pago.

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      É isso mesmo, Rafaela. Atualmente a maioria dos títulos de capitalização são assim: principal + TR.

      Abraço e valeu pela participação!

  • Angelinafreitas

    Rafael sou adepta a poupança mas não tenho disciplina nenhuma vivo gastando o que nao devo gostaria desaber se alem dos titulos existe outra forma que pode me ajudar a ter disciplina na hora de poupar algum investimento que eu desconheça?

  • Alcilia Fernandes

    Aqui tenho o título de capitalização sonho azul desde 2010 e também o X cap compensa resgatar o dinheiro antes do términio……….paguei esse mês a prestação 20 e meu saldo é de 1.500,00…mas deveria ser 2.000,00.Paguei um ano de 100,00 e agora o segundo ano de 107,99.O que acha me responda por favor..

  • Sergio

    Oi,
    estou conseguindo investir uns 500 reais por mês na poupança, mas vejo que a rentabilidade é muito baixa, existe alguma outra forma mais rentável de investir esse dinheiro?

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Sergio,

      Tenho duas sugestões.

      A primeira delas é investir em títulos públicos, pelo Tesouro Direto. Trata-se de uma ótima opção de investimento para obter boa rentabilidade com baixo risco. Para mais detalhes, sugiro a leitura do artigo: “10 respostas sobre o Tesouro Direto“.

      Outra sugestão é o eBook ‘Como Investir Dinheiro’. Recomendado por vários especialistas (inclusive Gustavo Cerbasi, autor de Casais Inteligente Enriquecem Juntos), o eBook Como Investir Dinheiro é um guia de investimento composto por quatro livros digitais e duas planilhas financeiras.

      Além desse material, você terá acesso ao e-mail exclusivo para entrar em contato comigo (autor do material) e tirar dúvidas.

      O investimento é baixo e o risco é mínimo, considerando que você tem 30 dias para avaliar o produto. Se não gostar, basta pedir seu dinheiro de volta.

      Para saber mais sobre o eBook, acesse: http://comoinvestirdinheiro.com.br/

      Abraço e sucesso!

    • http://www.queroficarrico.com.br Rafael Seabra

      Sergio,

      Tenho duas sugestões.

      A primeira delas é investir em títulos públicos, pelo Tesouro Direto. Trata-se de uma ótima opção de investimento para obter boa rentabilidade com baixo risco. Para mais detalhes, sugiro a leitura do artigo: “10 respostas sobre o Tesouro Direto“.

      Outra sugestão é o eBook ‘Como Investir Dinheiro’. Recomendado por vários especialistas (inclusive Gustavo Cerbasi, autor de Casais Inteligente Enriquecem Juntos), o eBook Como Investir Dinheiro é um guia de investimento composto por quatro livros digitais e duas planilhas financeiras.

      Além desse material, você terá acesso ao e-mail exclusivo para entrar em contato comigo (autor do material) e tirar dúvidas.

      O investimento é baixo e o risco é mínimo, considerando que você tem 30 dias para avaliar o produto. Se não gostar, basta pedir seu dinheiro de volta.

      Para saber mais sobre o eBook, acesse: http://comoinvestirdinheiro.com.br/

      Abraço e sucesso!

  • Convidado

    Confesso que utilizei desse produto (PIC), pois na época realmente não havia muitas possibilidades de investimento, pois o que sobrava no fim do mes era realmente muito pouco. Esse produto me ajudou a “poupar”, devido ser debitado automaticamente da minha conta e era um valor em torno de R$50,00 onde no final não faria muita diferença em relação ao uma poupança e nesse produto poderia ganhar pelo sorteio que na época iria me ajudar muito(não ganhei nenhum sorteio ;-( ).

    Ao final do plano meu cenário já era bem diferente, consegui juntar o que havia sido “poupado” a força mais o que sobrava do salário para pegar um investimento mais atraente, onde que so com a sobra do salário de hoje não poderia conseguir.

  • http://www.facebook.com/josevictor.soaresborges José Victor Soares Borges

    Bom dia Rafael, muito bom o seu blog. Estou lendo o livro que indicaste, mas ainda assim tenho uma dúvida. Perdão pela ignorância, mas gostaria de aplicar um valor mensal baixo R$ 50,00; R$ 100,00 em um investimento semelhante ao título de capitalização ou a poupança. Seguro, só que mais rentável. Não disponho de um capital inicial alto, mas mensalmente posso ir aplicando esses pequenos valores. Sem querer arriscar muito, que tipo de investimento me sugeres?

  • André Marcos

    Suponhando que os titulos de capitalização sejam, digamos, “poupanças forçadas”, estou me programando para “investir” neles!
    Em Agosto de 2013, irei resgatar a grana do titulo SuperX Cap, que pagava 10R$/mês (no 1º ano)… somando tudo, irei resgatar no minimo R$600,00.. tá em 5 anos, R$600,00 é não é nada!!! (apesar de que vai ser um bom 14º salário ano que vem :))
    Mas, como é algo forçado, estou pensando em Janeiro de 2013, adquirir titulos que somem a quantia de R$100/mês de pagamento… e a cada ano, adquirir mais R$100 em pagamentos de titulos… a partir do 6º ano, começarei a resgatar cerca de R$6.000/ano…
    Lembrando que a ideia é guardar dinheiro forçadamente, e não lucrar com o “negócio”…

    Como não tenho paciencia, muito menos capital para ficar investindo em titulos do governo, muito menos bolsa e por ai vai, e até pq pelo que entendi, o ideal para resgatar titulos do governo, seria depois de 1 ano, correto!?

    Creio que vai ser algo interessante de se fazer, afinal inumeras vezes, amigos me indicam à começar a pagar consórcios, por exemplo, ou cair em financiamentos… e não sou muito a favor disso..

    O que acham disso!? Abraço e Parabéns pelo Blog!

  • João Alves

    Rafael Seabra você sabe quais são as probabilidades de acerto no Super X Cap?
    Procurei na internet mais não achei!

  • Marcelinho_bbc

    Poderia me ajudar gostaria de investir 1000 por mes em que poderia investir poupança? Obrigado!

  • Dantas Josecezanildo

    valeu grande rafael !!!

  • Talis_soares

    Opa td bem meu amigo, acho q o post já tá um pouco old mas eu adorei, trabalho em uma grande instituição financeira e uso exatamente este argumento para fazer com que as pessoas adquiram o título, e por sinal já ganhei 3 prêmios como melhor vendedor de produtos da minha superintendência, isso porque acredito que para esse público alvo realmente a capitalização é um exelente negócio, várias pessoas não têm a disciplina para poder poupar uma mínima parcela do seu capital, portanto para essas pessoas a capitalização acaba por se tornar vantajosa, justamente para disciplina-la e se tornar o pontapé para o início de seus investimentos e garantia de um futuro mais promissor.

  • Sheilameloduarte

    Rafael, teria como vc calcular pra mim qto vou resgatar ao final de 48 meses, com R$60,00 mensais no PIC Itaú. E é verdade caso aconteça o milagre de ser sorteado ainda tem uma gigantesca carga de impostos sobre o premio?

  • Allan Monteiro

    fiz o PIC 75 do Itau e estou na oitava parcela de 48….E sim, somente agora, me vi com duvidas se isso é bom ou ruim….alguem pode me ajudar? Vale a pena esperar os 48 meses?

  • Lazaro

    Tenho varios titulos de capitalização, e acredito que um dia a sorte vai bater na minha porta. Sei que não é um investimento, mas no momento do resgate, sempre utilizo a tecnica de pagamento a vista, com obtenção de descontos. Como meu dinheiro investido em titiulos não tiveram correções, solicito descontos no pagamento a vista, para compensar essa perda..

  • Lazaro

    Tenho varios titulos de capitalização, e acredito que um dia a sorte vai bater na minha porta. Sei que não é um investimento, mas no momento do resgate, sempre utilizo a tecnica de pagamento a vista, com obtenção de descontos. Como meu dinheiro investido em titiulos não tiveram correções, solicito descontos no pagamento a vista, para compensar essa perda..

    • daniel

      Como funciona isso de pagamento a vista? da pra explicar melhor e dar um exemplo?

  • Fabricio De Nardi

    Finalmente um artigo consciente. A capitalização não é um investimento, mesmo quando retorna 100%. Mas para o publico alvo ao qual ela se propõe é uma ótima motivação para educação financeira. O rendimento “extra” que ela conseguiria em poupança ou outros investimentos é praticamente irrisório frente ao baixo valor aplicado.

  • Fabricio De Nardi

    Finalmente um artigo consciente. A capitalização não é um investimento, mesmo quando retorna 100%. Mas para o publico alvo ao qual ela se propõe é uma ótima motivação para educação financeira. O rendimento “extra” que ela conseguiria em poupança ou outros investimentos é praticamente irrisório frente ao baixo valor aplicado.