Como resgatar cotas do Fundo 157

12 Flares Facebook 4 Twitter 7 Google+ 1 12 Flares ×

A primeira pergunta que muitos devem fazer ao se deparar com este artigo é: “o que é o Fundo 157?“.

Antes de respondê-la, gostaria de ressaltar a importância da manutenção de documentos comprobatórios de todas as aplicações e investimentos que fazemos, assim como é feito com pagamentos e compras, além de controlar e gerenciar nossos investimentos.

O propósito deste artigo é explicar o que é o Fundo 157, como proceder para saber se você tem direito ao resgate de cotas desse fundo, o que fazer para recuperar as aplicações esquecidas e, finalmente, mostrar os passos para resgatar as cotas do fundo.

O que é o Fundo 157

Criado em 1967, o Fundo 157 era uma espécie de fundo de ações. Os investidores aplicavam em quotas de uma carteira de companhias abertas e tinham o benefício fiscal de descontar de 2% a 4% no Imposto de Renda a pagar. Embora tenha sido extinto em 1983, muitos investidores ainda não resgataram as suas cotas.

Para recuperar essas aplicações, basta comparecer a um agência do banco responsável pela administração do fundo. Pelas contas da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), cerca de 3,5 milhões de pessoas ainda têm saldo a resgatar. No total, o volume atual do Fundo 157 é de cerca de R$ 580 milhões.

Como recuperar aplicações esquecidas

Para recuperar esse investimento, é necessário ter algum documento original que comprove a aplicação nesse fundo. Por isso que é importante, como ressaltei no início do texto, manter essas provas. Mesmo tendo o direito, existe a possibilidade do valor a ser resgatado ser tão baixo que não compensaria entrar com ação reclamando o valor, pois existe a possibilidade da instituição financeira já ter falido ou não entrar em acordo para o resgate dessas cotas.

Em resumo, faça o seguinte:

  1. Tenha um documento original que comprove o investimento. Cópias costumam ser rejeitadas tanto pelos bancos quanto pela Justiça;
  2. Faça uma atualização monetária do valor da aplicação até os dias de hoje para ver se compensa entrar com uma ação reclamando o pagamento;
  3. Procure a instituição financeira onde foi feita a aplicação para pedir a sua restituição. Se não houver acordo, consulte um advogado.

Passo a passo para resgatar as cotas do Fundo 157

A primeira coisa a ser feita é saber se você tem direito a sacar esses recursos. Para tanto, a CVM disponibilizou um sistema para consulta do Fundo 157, onde basta informar o CPF e com apenas um clique você saberá se tem direito.

De acordo com a CVM, somente pessoas que declararam Imposto de Renda, nos exercícios entre 1967 e 1983, e que tinham Imposto devido neste mesmo período, são os que podem, ainda, possuir aplicação no referido Fundo.

Veja como resgatar as cotas do Fundo 157:

  1. Quem tem direito: investidores que aplicaram no mercado de ações de 1967 a 1983 e que ainda não sacaram esses recursos;
  2. Consulte o site da CVM para saber em que banco está depositado o seu fundo;
  3. Caso o banco indicado não encontre o seu extrato, entre em contato com a CVM pela internet (www.cvm.gov.br) ou por telefone (0800-7260-802).

Fontes: Site da CVM e Endividado.com

Assine (é grátis)

Cadastre seu email e receba gratuitamente as atualizações do Quero Ficar Rico!


Atingiu a liberdade financeira e quer ajudar outras pessoas a alcançarem o mesmo objetivo. Continue lendo aqui!

  • Marcio Maio

    o principal objetivo do artigo é a informação, porém a informação mais importante está ausente:
    Entrei no site da CVM e não consegui achar o local onde posso realizar a consulta referente o fundo 157.

    • marcio maio

      já consegui achar….
      desconsidere a minha reclamação

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      Sem problemas, Marcio. Caso mais alguém tenha dificuldades em encontrar o link, disponibilizo o caminho direto para o formulário de consulta: http://cvmweb.cvm.gov.br/SWB/Sistemas/SCW/CPublica/FormBuscaCota157.aspx

      Abração!

      • Daisy Carvalho

        Meu avô deixou 5 cotas no fundo 157 no valor total de 15 cruzeiros, desde 1971 quando morreu. Você acha que pode ter rendido algum valor estimável hoje?

        Muito obrigada!

  • Felipe Gomes

    Boa tarde Rafael, uma informação!

    Passados praticamente 30 anos, não imaginei que ainda teria como ser restituído deste valor, e por isso não possuo mais o documento que comprove a aplicação deste fundo.

    1- Há alguma maneira de resgatar meus valores sem este documento em mãos?

    2- Caso a resposta seja positiva, pode me informar como proceder?

    Caso não possa sacar por este “detalhe” de não ter guardado meu comprovante, significa que perdi? O dinheiro foi ao lixo?

    Agradeço deste já esse seu post e fico no aguardo de seu contato.

    Um grande abraço.

    Att.

    Felipe Gomes

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      Acesse o link do comentário acima e verifique, através do seu CPF, se você tem direito e em qual banco o montante está depositado.

      Como você não tem nenhum documento, deve ir ao banco onde adquiriu essas cotas e solicitar algum documento que comprove essa aquisição. Se ele se negar a fornecer, procure um advogado. Mas só faça isso se o dinheiro a ser resgatado compensar.

      Abraço!

  • Anonimo

    Minha avó recebeu a fortuna de 13 reais hehehe

    • zuza

      oi, sou o zuza, depois que escrevi que vi que podia responder…. le aki o que eu respondi..

  • Zuza

    ei Anonimo de cima, fui no banco ver para meu pai, ele tem 2,50 + 0,80 para receber….
    o pior é o seguinte…. a população do brasil só cresçe, hoje é um pouco menos de 200 milhoes, segundo o jornal “folha de são paulo” de 16 de maio de 2011 (segunda), ESTA ESCRITO: “Brasileiro ‘se esquece’ de resgatar R& 5,37 bi “.
    Vamos supor que dessa população atual de 200 milhoes, 30% não tem renda, isso quer dizer, não paga IR, 10% sonega imposto, e 30% não viveu ou pagou IR na epoca. Com isso, nos sobra 30% de 200 milhoes, que são 60 milhoes. nesse caso vamos dividir os 5,37 bi da folha pelo que sobra da população: 5370000000 / 60000000 = 89,5 reais. ok até ai. se meu pai foi contribuinte e tem 3,30 reais para receber, a vó do anonimo de cima recebeu 13, isso quer dizer que 2 de 60000000, recebeu 16,30, então esta sobrando só nosso 162,70…. imagina o dinheiro que vai sobrar para o bolso desses “pilantras” com quase 100% nessa situação;;;;; não devia se chamar fundo 157, e sim fundo 171.

    • Rodrigolima2

      Aí Zuza, o artigo 157 do código penal define o crime de roubo, hehe.
      Um abraço!

  • Ivan Bini Dutra

    Estou aguardando resposta de 3 instituições financeiras sobre saldo existente e, sinceramente, fiquei totalmente desiludido com os comentários citados acima. Se são valores insignificantes, qual a razão do estardalhaço de materias publicadas sobre a “fortuna” não sacada? Os investidores do Fundo 157, a maioria já se encontra com idade mais avançada, digamos, acima de 55 anos. Portanto, mais uma maldade com os desprotegidos idosos deste nosso pobre Brasil!

    • Klaus

      Ola Ivan
      Estou vendo que voce entrou com a pesquisa recentemente. Para mim significa que vale a pena pelo menos pesquisar . Estou ajudando meu sogro com 68 anos de idade. Na pesquisa apareceu 3 bancos . voce pode me dizer se isso pode ser algum sinal de que ele tem saldo mesmo ?
      O valor pode ser verificado via internet ou temos que ir pessoalmente aos bancos ?
      Grande abraco e obrigado

      • Daianealioto

        Boa tarde, Klaus.
        Trabalho na TV Cultura e estamos produzindo uma matéria sobre esse montante do Fundo 157, que ainda não foi resgatado.
        Você é de São Paulo? Gravaria uma entrevista conosco.
        Entre em contato comigo, por favor. Se possível, ainda hoje, pois as entrevistas estão marcadas para segunda -feira às 10h.
        (11) 2182-3434.
        Att,
        Daiane

  • Ana Cristina Fontanari

    Consultei o CPF do meu marido, informa que ele possue ações no Banco Itau, só que ele é falecido e este valor (que não sei qual seria) não entrou no inventário. Eu podeira receber mesmo não tendo nenhuma documentação que comprove o inventimento?

  • Wjz7373

    zama. Tenho aplicação no f. 157 administrado pelo banco itaú, quais exigências para sacar o valor? Grato.

  • wagner

    Marcio boa noite.
    o meu esta dizendo que esta no ALFA ( qual banco estaria hj este ALFA

  • Daisy Carvalho

    Meu avô deixou 5 cotas no fundo 157 no valor total de 15 cruzeiros, desde 1971 quando morreu. Você acha que pode ter rendido algum valor estimável hoje?

    Muito obrigada!