AUXÍLIO-RECLUSÃO OU BOLSA-BANDIDO?

186 Flares Facebook 172 Twitter 12 Google+ 1 186 Flares ×

O governo Lula ficará marcado não apenas pelo grande avanço econômico do nosso país, mas também pela quantidade de benefícios concedidos (ou mantidos) para a população carente (bolsa-escola, bolsa-família, “bolsa-gás”…) e nem tão carente (mensalão, mensalinho, entre outros).

Eis então que me deparo com um e-mail tipo corrente me apresentando o auxílio-reclusão, carinhosamente chamado de bolsa-bandido (depois discutiremos se o nome é pertinente mesmo). Fui pesquisar no site do Ministério da Previdência e vi que o auxílio-reclusão realmente existe, por sinal desde 1991.

O auxílio-reclusão é um benefício devido aos dependentes do segurado recolhido à prisão, durante o período em que estiver preso sob regime fechado ou semi-aberto. Não cabe concessão de auxílio-reclusão aos dependentes do segurado que estiver em livramento condicional ou cumprindo pena em regime aberto.

Todas as informações sobre como requerer o benefício, bem como saber se está apto a recebê-lo, valores a serem recebidos, motivos para a descontinuidade para pagamento e documentação necessária pode ser encontrada no site da Previdência, clicando AQUI. Vou me concentrar apenas em discutir alguns pontos que achei interessante.

O valor do benefício, para quem for preso a partir de 01/01/2010, é de até R$ 798,30. Apenas para efeito de comparação, o salário mínimo para 2010 foi fixado em R$ 510,00. Deixa eu ver se entendi: se um pai de família (quando conseguir um emprego) trabalhar árdua e honestamente todos os dias ele receberá (como a grande maioria do povo brasileiro) um salário-mínimo, ou seja, R$ 510, para bancar todas as despesas da casa. Mas se esse mesmo pai de família for preso, por conta de algo não tão honesto assim, ele será merecedor de um benefício de R$ 798,30. Entendi corretamente?!

Ah, mas alguns podem dizer que para receber este benefício é necessário ser contribuinte do INSS. Interessante. Antes dizia-se com humor para quem se formava que “agora já pode ser preso, pois ficará em cela especial”. Agora teremos que melhorar a frase. Quando a pessoa se formar e estiver contribuindo para o INSS, a brincadeira será “agora já pode ser preso, pois ficará em cela especial e receberá o bolsa-bandido (ops, auxílio-reclusão!)”.

Por sinal, qual o melhor nome para esse benefício? Ah, e qual o benefício concedido aos dependentes da pessoa assaltada, violentada ou até mesmo assassinada por esse beneficiado? É com vocês.

Assine (é grátis)

Cadastre seu email e receba gratuitamente as atualizações do Quero Ficar Rico!


Atingiu a liberdade financeira e quer ajudar outras pessoas a alcançarem o mesmo objetivo. Continue lendo aqui!

  • paulote capote

    Também recebi o tal email há um tempo atrás e prefiro continuar pensando que o mesmo seja falso… :/

    • saulo sampaio

      Precisamos cair na real e começar mobilização nacional pra acabar com essa vergonha. E isto existe, veja no link oficial do governo: http://www.previdenciasocial.gov.br/conteudoDinamico.php?id=22
      Este é um dos fatores que faz aumentar a criminalidade. Afinal, com um valor assim, o crime compensa. Além de ridículo, isto é estúpido demais.

      • Expedito Fernandes de Lima

        Saulo Sampaio, li a sua opinião e concordo plenamente. Pelo que entendi o Governo Lula não teve nada haver com isso, poderia ter feito alguma coisa, mas não, não sei se foi omisso ou não foi informado dessa coisa absurda, portanto vamos levar ao conhecimento da Presidenta Dilma, para ver se ela vai concordar ou ser omissa com essa Lei. Um aposentado que trabalhou 30 anos e não completou o tempo de arrecadação para o INSS obviamente aposenta por idade, com apenas um miserável salário de R$545,00 e já saiu um novo aumento para incentivar mais a bandidagem, a partir de 01/01/2011 passou R$ 862,11.Gostaria que esse comentário chegasse ao conhecimento da Presidenta Dilma, eu e minha Família votamos nela.

        • Jhon_turbo

          Caro amigo, você acha que a nossa Presidente não sabe disto???

  • http://queroficarrico.com/blog Rafael Seabra

    Infelizmente é verdadeiro :(

    Basta acessar o site do MInistério da Previdência, através do link a seguir: http://www.previdenciasocial.gov.br/conteudoDinamico.php?id=22

    Abraço!

    • Hennyolcf

      Leia um manual d direito previdenciário e verá a baboseira que está ali em cima.

  • http://queroficarrico.com César França

    Lamentável…

  • Lorivaldo

    Eu também recebi o e-mail há uns 15 dias atrás e achei que se tratava de alguma brincadeira.
    É eu acho que isso só pode ser brincadeira do Lula, uma vergonha.
    Porque tal absurdo não foi vinculado em nenhum jornal.
    O que podemos fazer para que tal beneficio seja cancelado.
    Se fosse em um país de primeiro mundo a população já teria se mobilizado e alguma coisa iria mudar.
    Sinto-me envergonhado diante de tal absurdo, lamentável é pouco.
    Pode ter certeza no PT e sua corja de ladrões nunca mais.
    Isso se não tiver um monte de político se beneficiando de tal beneficio.
    Como podemos fazer com que este beneficio chegue ao conhecimento de todos através de um jornal, sabemos que nem todos tem acesso à internet e através de e-mail nem todos vão ficar sabendo de tal absurdo.
    PT nunca mais!!!!!

    • Helton

      Como o auxílio existe desde 1991, devo ir em defesa do presidente Lula no que diz respeito a CRIAÇÃO deste auxílio… Voltem um pouco e verão que o governo da época era o governo Collor (90 a 92)…

      Um abraço a todos!!!

      • saulo sampaio

        Respeitar um governo que tira dos pagadores de impostos e repassa aos bandidos, aproveitadores e vagabundos? Vc deve ter sofrido lavagem cerebral. Acorde, filho.

        • Helton

          Amigo… Só devemos responsabilizar os verdadeiros responsáveis e não só criticar o governo atual…

          Se seu avô cometesse um crime, vc acharia justo VC pagar por ele?

          O governo Lula, assim como tantos outros, são responsáveis é por manter esse direito em vigor, e não pela criação do mesmo…

          Seria justo vc pagar pelo crime de seu avô se vc fosse cúmplice dele, co-autor ou coisa parecida…

        • Hennyolcf

          “ há mais alegria no Céu por um pecador que se converte do que por noventa e nove justos que não precisam de penitência.”…essa é a fonte do auxilio reclusão. Se vc não vê esperança nas PESSOAS, você é que tem um problema.

  • Juvenal

    Pessoal, o auxilio existe desde 1991… vamos ler antes de sair falando… http://jusvi.com/artigos/41334

    Abs.

    • saulo sampaio

      E vc vai continuar na sua zona de conforto, e deixar de fazer algo, de ao menos manifestar-se contra essa quantidade infindável de “auxílios” que beneficiam sem-vergonhas, em vez de retornarem os impostos (de todo gênero) que vc paga, em melhorias para a população (principalmente a honesta)? Lamento pela sua inércia.

      • Sandrabarroso_

        Só recebe a bolsa auxilio quem é contribuinte da previdencia, isto é poucos recebem, pois a maioria dos presos são traficantes, ladrões, desempregados, etc. entre no site da previdência e veja.

  • http://queroficarrico.com/blog Rafael Seabra

    Juvenal,

    Agradeço a enriquecedora complementação do artigo, com esse estudo que explica com muito embasamento o auxílio-reclusão.

    A crítica existe não apenas em relação à quantidade de benefícios criados e/ou mantidos pelo atual governo, mas também ao valor desse específico benefício ser maior que o salário-mínimo.

    Fiquem à vontade para comentar, criticar ou sugerir sempre que quiserem, pois o blog também é feito por vocês.

    Abraço!

    • Hennyolcf

      veja meu posto mais pra cima.

  • Rosana

    É vergonhosa a quantidade de bolsas que o governo dá às populações carentes. Muitos deles se aproveitam disso, nem pensam em trabalhar pois sabem que o dinheiro virá.
    Eu não conhecia a bolsa-bandido. É lamentável. Enquanto as pessoas são assaltadas e ficam no prejuízo, isso quando não perdem a vida ou a saúde, as famílias daqueles que estragam a sociedade recebem dinheiro do governo?
    Infelizmente o governo brasileiro cada vez mais tira dos honestos para dar aos desonestos….

  • Débora

    Interessante ler esse post agora … há dus semanas atrás também fiquei chocada ao receber este e-mail e verificar que a tal “bolsa” existe.
    É incrivel pensar o quanto cada preso custa para o nosso bolso… e fcar sabendo que ainda pagamos essa bolsa é demais… enquanto milhares de honetos-miseráveis passam fome, os criminosos prejudicam a sociedade e ainda nos sugam o pouco dinheiro que resta para investimentos públicos…

  • Roberto Alves

    É uma vergonha o que acabo de ler, tenho visto ao longo do tempo as autoridades darem benefícios demais, tais como: pena máxima de 30 anos, sair do presídio nos finais de ano e a maioria não volta de lá e agora uma premiação para quem comete um crime. Ah entendi agora, o Brasil é o país que está no rumo da igualdade social e temos que incluir os monstros que estão presos, já sei que se o assassino do estudante da upe se for preso a família dele não tem com o que se preocupar. A cada dia que passa eu tenho mais vontade de ir para um país pelo menos com os pensamentos civilizados. Isso é uma vergonha

  • o nerd

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk que o marcola, o beira mar e outros “luminares” do pcc et caterva o digam. Êtcha grupinho de pêso pra uma bôa aliança!!! O chavez devia copiar o modelo de lulalaláladrão, parece ser mais pedagógico e eficiente na manipulação e alienação.

    • Thiago

      Nerd burro não leu mesmo, o auxilio existe desde 1991.

      • emanoel

        Realmente, um absurdo. trbalhamos o mês todo para ganhar 1 salário mísero de r$ 545,00. o sujeiro comete um crime, vai para a cadeia, e por fim, os dependentes desse sujeito, ganha, agora, a partire de 01/2012-R$ 915,05. Sendo que o dependente, pode trabalhar para aumentar mais ainda os ganhos. maravilha! Esse é o Brasil! bonzinhooooooooooooooooo!

  • ARRUDA

    Gente, não divulgar todo o noticiário,é no mínimo querer manipular a opinião pública. Existe deste 1991. Por isso que tem muito orgão de imprensa que detesta ter o mínimo código de ética. Vamos falar, criticar até, mas com seriedade.Só assim se constroi uma sociedade LIVRE.

  • JPMagalhaes

    O artigo é leviano. Recebi o mesmo e-mail relatado e o seu texto contribui para piorar a situação. Você não deve ter lido os links que encaminhou. Pelo menos não totalmente, ou pode não ter entendido.
    Vamos aos fatos:
    - Copiado do link: “o último salário-de-contribuição do segurado (vigente na data do recolhimento à prisão ou na data do afastamento do trabalho ou cessação das contribuições), tomado em seu valor mensal, deverá ser igual ou inferior ao” valor de R$ 798,30. Ou seja, apenas pessoas que recebiam até este valor vão ter direito ao benefício, o que significa que a pessoa tem baixa-renda.
    - Copiado do mesmo link: “O valor do auxílio-reclusão corresponderá ao equivalente a 100% do salário-de-benefício. Na situação acima, o salário-de-benefício corresponderá à média dos 80% maiores salários-de-contribuição do período contributivo, a contar de julho de 1994.” Ou seja, ele receberá no máximo o valor de R$ 798,00, de acordo com o que contribuiu.
    - Importante frisar ainda que, de acordo com o tópico “Perda da qualidade de segurado”: “Para ter direito aos benefícios da Previdência Social, o trabalhador precisa estar em dia com suas contribuições mensais, caso contrário, pode perder a qualidade de segurado.” Ou seja, além de ser contribuinte, a pessoa tem que está em dia com suas contribuições.
    - O valor do benefício é destinado a família: “Dependentes: Esposo (a) / Companheiro (a); Filhos (as); Filho equiparado (menor tutelado e enteado); Pais; Irmãos (ãs).” Não é destinado ao preso, mas sim para suprir as necessidades deixadas pelo estado em que o cidadão se encontra.
    - Agora respondam o que faz mais sentido: prender uma pessoa e garantir o sustento da sua família, evitando assim a criação lógica de novos delinqüentes, ou deixá-los a própria sorte, para que se tornem também criminosos?
    - Foi bem dito acima que a lei é de 1991, vamos pensar bem antes de crucificar uma lei e até mesmo os governantes que não são responsáveis por elas. Neste caso, nem a lei é supérflua como falam, nem este ou o governo anterior tem culpa de nada.
    - E vamos ler bem antes de escrever um artigo desses! Vamos ter responsabilidade na formação de opinião.

    • saulo sampaio

      Acho que vc também deve ser responsável pela formação de opinião. Independente dos argumentos, o que ocorre é que bandido “recebe salário”. Esta é a dura realidade. Enquanto pagamos impostos, zelamos pela honestidade e ainda, precisamos nos enjaular para no proteger da bandidagem que aumenta e fica mais violenta, eles e suas famílias são beneficiados com “bolsa-bandido”. Não precisamos fazer uma literal revolução, mas é preciso que se corrijam erros (e este é um dos muitos). Independente do valor, o que interessa é que parece que o crime compensa, e o governo ainda estimula. Está na hora de tornarmos este país sério e deixarmos de ser motivo de chacota pelos países literalmente civilizados.

      • Helton

        Agora sim vc disse algo com fundamento, amigo Saulo… Percebe que quando vc esquece a agressividade aos que tem opinião contrária a sua e começa a pensar, seus argumentos são melhor aceitos?

        Nós temos o mesmo objetivo, e compartilhamos da mesma opinião de uma maneira geral… Também sou contra esse auxílio, mas acho que não é insultando ou sendo arrogante com os outros que vamos conseguir que concordem conosco…

      • http://www.facebook.com/keli.alexandre Keli E Marcelo

        Acho que vc não sabe ler, Saulo, ou não leu.

      • rita andrade

        por,isso é que estou com nojo destes politicos, com certeza eles sabem , e não fazem nada, segundo fiquei sabendo,se o bandido preso tiver cinco filhos, o beneficio será cinco vezes mais, mas, a familia da vítima não ganha nada. é uma vergonha

    • http://www.facebook.com/keli.alexandre Keli E Marcelo

      JPMagalhaes, você disse o que venho tentando dizer sobre essa desinformação que se espalha pelas redes sociais e e-mails. Parabéns pois assim como eu sabe ler.

  • http://queroficarrico.com/blog Rafael Seabra

    Olá JPMagalhães,

    Primeiramente queria agradecer pelo seu comentário. É sempre interessante ter uma opinião contrária, para elevarmos o nível da discussão. Obviamente que ao colocar um link num artigo que escrevo, fica claro que li seu conteúdo. Afinal o link nada mais é que a fonte informação.

    Você colocou 7 pontos no seu comentário e vou comentá-los um a um, numerados em ordem crescente. Vamos lá:

    1 e 2 – Realmente foi uma falha minha, pois atualizei o valor já referente a 2010 e esqueci de colocar o “até” antes do valor. Corrigido.
    3 – Para receber qualquer benefício (não apenas este) do INSS, até onde sei, o contribuinte deve estar em dia com suas obrigações. Achei redundante colocar isso.
    4 – Deixei muito claro no texto que o benefício é devido aos dependentes do segurado. Comparei apenas que um trabalhador honesto coloca “pra dentro de casa” um salário-mínimo e um preso coloca o auxílio-reclusão.
    5 – Faz mais sentido ser responsável com a sua família e com a sociedade, não cometendo assim o delito que o levou à cadeia.
    6 – Como falei na resposta ao Juvenal, critiquei o excesso de benefícios criados E/OU mantidos pelo governo atual.
    7 – Li muito bem antes de escrever e agradeço muito a sua contribuição. A principal diferença dos nossos pontos de vista é que você está focado apenas na legislação, e eu levei em consideração a irresponsabilidade do indivíduo preso para com sua família e a sociedade como um todo.

    Abraço!

  • Luiz Carlos

    Uma pouca vergonha!E a espousa e filhos de vitimas desses bandidos será q receberá algum beneficio do governo?
    Estão lutando para criar um piso salarial para os policiais;será que vão conseguir?

    CADÊ A IMPRENSA????

    • saulo sampaio

      Luiz, vc disse tudo: creio que esteja na hora em que devamos nos mobilizar para criar auxílios para as vítimas e suas famílias; afinal, dependendo do ocorrido, pessoas precisam de terapia por muitos anos, e parece que o “governo” esquece disso (convenientemente!). E mais: se falta segurança, se arrombam e destróem patrimônios construídos com esforço e trabalho, o governo deveria ser responsável também por indenizar ações de bandidos, já que não aumenta efetivos das polícias e, menos ainda, os remunera para exporem suas vidas (salvo exceções do “lado escuro”). Surge uma idéia: o recluso perde metade do seu “benefício”, em favor da vítima e/ou de seus familiares; ou perde todo o valor, dependendo de cada situação. Que acha? Creio ser totalmente viável, afinal tantas coisas o são, e só depende de “vontade política”.

  • Inácio Meira

    Eita, Brasil brasileiro!!! Este País aguenta tudo, né? Bolsa para filho de bandido? Era só o qque faltava para completar a bagunça!!! Enquanto isso, pessoas pobres, honestas, bom caráter vivem à míngua. Agora, no meu entendimento, só nos ressta pedir a proteção de Deus!!!

  • Lorivaldo

    E ainda tem gente que escreve querendo defender a tal bolsa bandida.
    Queria ver se estas pessoas tivessem sido roubado ou perdido um ente querido em um assalto ou tiver uma filha violentada (estuprada) o que elas iriam dizer sabendo que o tal bandido estaria sendo beneficiado pela bolsa bandido, só para que os lindos filhos do bandido não se torne um bandido também.Implanta a pena de morte e você vai ver se vai ou racha, e pega o nosso lindo dinheirinho que é gasto com bandido e investe na Saúde…
    Não tem que entender nada, para quem sabe ler um pingo e letra. A tal lei pode ter sido de 1991 e ou de 1959, o que importa é que só agora tomei conhecimento de tal absurdo e vou criticar sim.

  • Fernandinho

    Ora bolas e por que não ?????? Brasil terra de otarios tenho vergonha muita vergonha de ser brasileiro.

    - Não recompensamos os vagabundos com tantas bolsa não sei o que ? tem gente que ate para de trabalhar para receber essa aberração.

    - Não pagamos um dos maiores impostos do planeta e temos os piores serviços publicos me diz vc ta feliz com o atendimento medico o transporte publico ? ou quem sabe com as enchentes e nossos amados politicos nada fazem ah fazem sim enfiam o dinheiro na cueca e na meia mais tudo bem né eles podem.

    - Não temos coisas ridiculas como a inspeção veicular em sp ? que logo sera em todo brasil e se seguir os moldes da de sp não vai ajudar o meio ambiente em nada NADA apenas encher os bolsos de seus amados politicos.

    - Oras bolas o povo brasileiro so aceita tudo de boca fechada pois bem levem na cabeça mais essa tambem e votem votem sim nos mesmos palhaços que vao continuar cagando sobre suas cabeças.

    - No dia que o povo não puder ser comprado mais com bolsas esmolas quem sabe não se veja o inicio de alguma mudança.

    - quem ai lembra da epoca do collor ? o povo fez alguma coisa a respeito foi pra rua o cara levou impecheament. e ai que que deu no povo de hoje ? parece que tomaram “deculpem a expressao” “agua de merda” gente sem iniciativa para nada é incrivel ja organizei alguns protesto e posso dizer metade nao deu certo não entendo as pessoas parece que tem medo de alguma coisa poxa o negocio ta errado e ninguem faz nada a respeito.

    -querem mudar alguma coisa tem q ter movimento ir pra rua protestar feio e tinha é q queimar esses politicos corrupto no meio da rua pra dar uma lição nesses caras e eles verem que foram eleitos para ajudar o povo e nao sacanear com ele.

    Bolsa bandito por que vou ter algo contra ela com tantos outros motivos

    Alias acho que não seria uma má ideia roubar um banco né afinal se der certo eu ganho um legal se der errado eu ainda ganho uma bolsa bandidao que pais é esse !!!!!!!

  • Solange

    Quem tá criticando a lei é porque não tem o mínimo de senso de justiça social. E não está querendo contribuir em nada para a diminuição da criminalidade.

    • saulo sampaio

      Solange, acho que vc está confundindo justiça com INjustiça. Vc precisa ser mais inteligente, procurar saber mais e, principalmente, deixar de ser petista com lavagem cerebral.

  • André Szytko

    O grande problema do governo Lula e dos anteriores que criam essas “bolsas” não é o caráter assistencial, já que nossa constituição obriga o estado a cuidar dos mais necessitados sem distinção, nesse caso o auxilio é a família do “bandido” e não ao bandido, que já custa caro aos contribuintes. A questão dessas bolsas é que hoje o governo assiste ao pai, amanhã será o filho e depois o neto, não há por parte do governo um programa que leva a esses carentes trabalho, programas de trabalho comunitário (cooperativas), o que fica é esse assistencialismo que apenas tem a intenção de ganhar votos, e a maioria não enxerga isso, nossos governantes sabem que o dia que toda a população tiver como se sustentar na alimentação, tiverem saúde e educação eles não serão mais eleitos, independente que ser de esquerda direita ou centro. Seguindo esse rumo o Brasil pode chegar a ser uma Venezuela, onde a falta de água e energia elétrica é culpa de um banho demorado.

    • Helton

      Como o auxílio existe desde 1991, devo ir em defesa do presidente Lula no que diz respeito a CRIAÇÃO deste auxílio… Voltem um pouco e verão que o governo da época era o governo Collor (90 a 92)…

      Não podemos dizer que um único partido foi culpado, uma vez que as leis passam por votação na câmara e no senado (ambas as casas compostas por bancadas de vários partidos políticos). Isso é uma questão de interesse público e não partidário.

      Um abraço a todos!!!

      • saulo sampaio

        Filho, acorda! Tá na hora!

        • Helton

          Acordar para quê amigo? Você parou para pensar em quem foi “o pai” de tal direito? Eu sou contra esse direito, mas não deixo minha opinião político-partidária interferir em minha posição com relação a esse assunto…

          Entendo vc ser contra, eu também sou… A questão é que o governo Lula ou outro qualquer NÃO INVENTOU A TAL LEI!!! Seus erros foram manter a mesma em vigor e não por criá-la, uma vez que não foram os mesmos a inventarem tal lei…

  • Paulo Medeiros

    Concordo com vc André se continuar como está indo a gente caminha para ser uma venezuela falida e ridicula.
    É so deixar o pt no poder e ai é só uma questao de tempo.

    • Helton

      Não podemos dizer que um único partido foi culpado, uma vez que as leis passam por votação na câmara e no senado (ambas as casas compostas por bancadas de vários partidos políticos). Isso é uma questão de interesse público e não partidário.

      Um abraço a todos!!!

  • GSG

    É um assunto muito polemico,temos que concordar que não existe lei ou auxilio 100% correto.

    Mas acredito que o auxilio deveria ser somente para as vítimas.

    Esse “Bolsa-Bandido” é uma “apologia” ao crime, se é que posso dizer isto…

    “Se vc trabalha e contribui relaxa! Sua família vai ter auxilio! Fica tranqüilo…”

    É bem assim que funciona…

    Sabe qual a solução? Botar os bandidos para trabalharem lá dentro, e com a grana que eles recebessem bancar sua família do lado de fora!

  • DDI

    Isso é uma vergonha. Nosso povo é ignorante, só quer saber de folia, farra, festa e carnaval e a bandidagem rolando solta por aí nos 4 cantos do país em todos os segmentos da sociedade. Falta só aparecerem os hipócritas aqui defendendo bandido e leis que os beneficiam. Quando perderem algum filho por causa da violência, aí acho que vão mudar de lado.

  • Benedito

    Meu caro Redator voce falha ao atribuir ao governo Lula a criação do auxilio reclusão, pois o mesmo foi criado pela emenda constitucional nº 20 de 1998, portanto, muito antes do inicio do governo Lula, na vigencia do governo Fernando Henrique.
    Podemos discordar do governo Lula, criticar uma série de coisas, inclusive as tais bolsas que voce fala, mas algumas delas foram criadas pelo FHC, ampliadas por Lula, é verdade, mas não vamos dar a ele as suas paternidades.
    Um pouco mais de pesquisa é bom.

  • http://alzamirfeijo@hotmail.com ALZAMIR FEIJO

    O AUTOR DO ARTIGO ALÉM DE DESINFORMADO É UM PÉSSIMO REDATOR. DEVERIA PRIMEIRO TER PESQUISADO PARA NÃO ESCREVER TANTA BOBAGEM. SEM UMA BOA FORMAÇÃO NINGUÉM DEVE USAR DA LIBERDADE DE EXPRESSÃO PARA SAIR ESPALHANDO ESTULTICES.

  • http://www.negocioganhardinheiro.com carla

    Nem acredito no que leio.
    O Brasil nunca esteve tão bem.
    Estamos a ganhar dinheiro como nunca. O país é olhado por todo o mundo com admiração e respeito e mesmo assim vivem falando mal do que foi feito?
    Não é num dia que vamos dar a volta a udo o que foi feito mal por tantos anos, mas estamos caminhando com fé para continuar a melhorar.
    Força BRASIL!!!!

  • http://Estequalleiobastante,adorol. Moises Barbosa

    Amados acabe com essa onda de votar,isto não da em nada.
    Eu provo sim.

  • http://Estequalleiobastante,adorol. Moises Barbosa

    Nós damos cursso gratis encinando como não votar neste Brasil de
    ipunidade total..Aguarde dias o Arruda será solto.
    Para ser reeleito com todas as garantias que a lei lhe dar.

    Este cursso é otimo.OS quesitos da prova são simples basta lêr
    com calma este maravilhoso saite.

  • http://Estequalleiobastante,adorol. Moises Barbosa

    Se todos brasileiros conhecesse este maravilhoso
    noss so Brasil seria outro.

  • http://notenho Tatiana Almeida

    O POVO BRASILEIRO É BURRO MESMO. Sai falando do que sabe e do que não sabe como se fosse dono da verdade. Recebi esse e-mail e não posso encaminhá-lo para ninguem porque não tenho conhecimento de causa e não sou burra para encaminhar textos de outros como se fossem meus, sem saber se são verdadeiros. Antes preciso me informar, e pelo pouco que li vi que nenhum bandido vai ser preso ganhando um salário de quase R$800,00. Mas o cara que ganha NO MÁXIMO ESSE VALOR(como diz a tabela) e contribui para o INSS, se for preso, pode garantir para seus dependentes financeiros, desde que isso seja provado, um auxílio-reclusão ou bolsa-bandido, como queiram, cujo valor será uma média dos seus ultimos salários. Há uma diferença no que é publicado nesse blog ou no e-mail que tá circulando com a verdade, a intenção é piorar o fato e jogar a responsabilidade para o governo atual. A mesma coisa fazem os politicos em campanha, aumentam suas contribuições ao longo de sua vida política e ignoram ou diminuem os problemas e irregularidades dos seus mandatos. E O BRASIL VIVE ASSIM, DE MENTIRINHAS, “AUMENTA MAIS NÃO INVENTA”. POBRE… E VAI CONTINUAR POBRE.

  • CarlaRibeiro

    Muitas pessoas se mostraram contra o auxílio-reclusão, dizendo que não há benefícios para a família da vítima… Ora, se o criminoso é condenado por um crime, é certo que ele precisa restituir o prejuízo que causou (dano material), de acordo com a lei. [Se ele não tem dinheiro para isso é outra história]. Além do mais, se a vítima, num caso extremo, chegar a falecer, se for segurado do INSS deixa para os dependentes uma pensão por morte… Dizer que a família da vítima não está amparada é exagero. Ademais, temos que perceber que as penas são pessoais! família do criminoso não pode ser condenada junto com ele. Eles também não podem ficar desamparados. Afirmar que o auxílio-reclusão é um benefício para o preso é uma leviandade.

  • ronaldo dias

    como falaram acima, a pena é pessoal, o bandido deve pagar, e não sua família. se você fosse filho de bandido, a culpa é sua dele ser o que é? você é mais uma vítima da irresponsabilidade dele. essa medida é correta sim, pra evitar que o filhoo desse bandido também vire bandido. se a gente for pesquisar a vida desses bandidos, vamos ver que a maioria é gente que não teve pai, ou o pai tava preso durante toda a infância, a mãe, sem indtrução, tinha que trabalhar e deixar os filhos em casa, onde eles se envolvem com o crime. a gente tem que parar pra pensar que a nossa sociedade tá muito longe de ser perfeita, é muito desigual e injusta.
    pra mim, pobre não podia ter filho, mas aí me chamam de radical, então tem que remediar a situação.
    e essa é uma medida prevista na constituição de 88, é coisa antiga, mas como é polêmico, ninguém quer mexer no assunto.
    acho que não é justo a gente falar dos outros de cima do nosso pedestal. a gente tem uma história de vida, essas pessoas tem outras totalmente diferentes. essas pessoas não publicam posts nos blogs, nem comentam posts. nós não compartilhamos a mesma sorte, infelizmente.
    e o Estado precisa amparar essas pessoas, sim.
    não tô defendendo bandido, a vida é algo precioso demais para ser tirado. mas a desvalorização da vida é proporcional à desumanização das condições de vida da pessoa. e essas pessoas, infelizmente, vivem em condições desumanas. ou sub-humanas, pra não ser tão radical.
    quem acha que o brasil é uma merda, que o governo tá errado em querer tornar nossa sociedade mais igualitária e justa, um conselho: vai pra europa. ocidental, europa ocidental.

  • Ana Maria Freitas

    O “Bolsa Bandido”. Refere-se a uma lei aprovada na Constituição de 1988 e regulamentada pela última vez durante o governo de FHC. Esses fatos são, evidentemente, omitidos. O auxílio aos familiares de apenados é atribuído a Lula.
    Infelizmente isto acontece há muito tempo…por que será que estão desenterrando isto só agora?…Investiguem pessoal!

  • Lemes

    POBRE E BURRO POVO BRASILEIRO. TRISTE SABER QUE OS POLITICOS DESTE PAIS FAZEM E APROVAM LEIS ABSURDAS COMO ESTA (AUXILIO-MARGINAL). SAO LEIS QUE BENEFICIAM A ELES MESMOS. ONDE JA SE VIU DETENTO RECEBER AUXILIO SEM TRABALHAR DENTRO DA CADEIA. NAO TENHO ORGULHO NENHUM DESTE PAIS, POIS SO TEM SAFADO NO PODER E UM POVO IGUINORANTE QUE SO SABE ASSISTIR TV E ENCHER A CARA DE CERVEJA. PERGUNTE A QUALQUER UM SOBRE ESSE ASSUNTO, E ELE IRA DIZER nao to sabendo, E PIOR, fazer oque? TEMOS OQUE MERECEMOS.

  • Luis Bandesh

    Li no Blog do Macho de Verdade uma avaliação impressionante do Bolsa Bandido.
    Chama-se: Bolsa bandido: a verdade revelada
    http://machoverdadeiro.blogspot.com/2010/03/bolsa-bandido-verdade-revelada.html

    Acho que vale a pena ler e divulgar.

    Luis

  • http://notenho Sebastião

    Sebastião Disse:

    53 abril, 2010 às 4:26 pm
    Sebastião
    April 3rd, 2010 – 12:11
    Lamento, mas discordo de qualquer comentário que defenda e justifique este auxilio, DA FORMA QUE O Governo e INSS o implantou!!! è realmente um Seguro bandido, é Proteção a Bandido, Traficante, assaltante e tudo de bom que eles acham que podem nos prejudicar…. é incitação ao Crime.. É DEMONSTRAR QUE NÃO VALE APENA SER CIDADÃO HONESTO, se não vejamos!!!
    Vejamos: SE Voce trabalha, paga RELIGIOSAMENTE e integralmente a Previdencia Sococial, entende que está pagando uma seguridade social que garanta no mínimo suas necessidades básicas, nem vamos considerar as secundárias!!! quando você precisar!; mas se por um azar do destino de tanto trabalhar contraiu um Cancer, uma doença Renal e etc… e Você precisa fazer uma Cirurugia e vai lá e faz, mas precisa durante este tempo que vai ficar afastado da Seguridade, para manter seus filhos na escola, alimentar sua familia para que esta não se torne bandidos, sua familia não tem nenhuma ajuda do Governo como tem a familia do Bandido, traficante, assaltante e etc..; pra começar sua desgraça!!! o INSS lhe coloca na rua da amargura após os 15 dias e fica você e sua familia aguardando 03 04 05 8 10 12 meses esles te fazer uma perícia!!!! cadê cesta básica para seus filhos, cadê auxilio que uma palavra de quem pede esmola!!! mas você pagou pela seguridade!!! sem dó nenhuma o Governo Federal o Ministério da Previdencia INSS lhe coloca na mais dura realidade de futuro pedinte ou Bandido, se não for Voce, será seus filhos ao ver seu pai ou mãe passar fome… aí vem o Pior!!! se a sua doença o impeça de trabalhar, O INSS orienta os Peritos que doença não dá direito ao Benefício e sim a Imcapacidade de trabalhar… por exemplo se você é um eletricista.. fez uma protastectomia total e fica mijando pelas pernas abaixo durante 1, 2 3 5 anos ou resto da vida.. e se voce for trabalhar de eletricista todo michado e levar um choque você pode morrer!!! tanto que nos estados Unidos quando vão eletrocutar um bandido a primeira coisa que fazem é molhar a Cabeça e os Orgão genitais para o desgraçado morrer logo sem sofrer, pois é o que o Governo o INSS faz, manda este profissional retornar suas funções!!! e aí começa a decadência familiar, para não morrer, vai ser vendedor de sorvete, churaquinho, cai para a informalidade para manter ou tentar manter seu padrão de vida em vão!!!!
    Agora vejamos o Auxilio Reclusão!!! É dado a todo dependente de preço que contribui com o INSS de duas formas; com Carteira Assinada, mas como Bandido não tem Carteira o INSS os Proteje como autonomo, ou seja contribuinte autonomo… aí O INSS atravéz dos Peritos deferem logo o pedido do Auxilio que pode chegar a 3.991,32 imediatamente em quanto aquele que contribuiu pagou lhe é negado e quando liberado só 90% da média dos últimos 16 anos!!!… continuando.. os peritos declaram ao INSS que realmente ele não pode trabalhar!!! que trabalho?!! te assaltar, estrupar sua família, Viciar teus filhos/!!! e com o dinheiro do que lhe assalta, ganha vendendo dorga aos seus filhos, eles contribuirão ao INSS como autonomo!!! e este auxilio só é cortado quando ele deixar de ser preso!!! pergunto com tanta mordomia eles vão querer sair de Lá!!! so sairão quando os seus filhos os substituirem lá dentro!!!! e de lá com celulares e conivência de outros ficam comandando o crime aqui fora!!!
    me desculpem os que defendem este auxilio!!! se no minimo nós trabalhadores, empresários que contribui que financia esta farra quando precisar tiver o memso tratamento até que da para engolir seco esta faceta do nosso Governo!!!
    Hoje a Globo mostrou as crianças que trabalham nos lixões, e a reporte ao entrevistar um jovem de 15 anos fez as seguintes perguntas: Você estuda? Não, jà estudou? sim!! por que parou e está aqui? Respondeu o jovem com o olhar profundo para o horizonte… depois que matarão o meu pai, tive que parar de estudar e vir para aqui para dar comida a minha família!!!! ( Senhores Ministro e Lula e Dilma pedem a Globo esta Fita e reflita!!!
    Antes que me criticam, vi um video que a Previdência Garante o auxilio de doença apartir de 01 Junho de 2010 em 15 minutos.. tomara que seja verdade!!! mas acho mais uma Utopia do governo!!! – Garantem que as Agencias apartir de 1 de Junho funcionarão das 7:00 da manhã as 19:00 initerrupitamente111 tomara.. mas acho outr utopia quando o mesmo ministério, coloca que apartir de 01/06/2010 a carga horária dos peritos e funcionários cairão para 06 horas e não como nós que trabalhamos 44Horas!!
    Colocaram no vide que o Ministério está aumentando a folha de pagamento dos Funcionários de INSS em 4 Bilhões apartir de 01/06/2010… mas até esta data!!! é triste engolir esta Bolsa Bandido… não que eu não ache que as famílias não merecem, mas é o estado transferir suas responsabilidades a quem não tem nenhuma condição de fazer, e também a forma com que é colocdo o benefício, e além deste Benefício tem o Bolsa Alimentação dos filhos do Bandido que é mais uma cesta básica esclusiva111 e aquele menino que o Pai foi assasinado?!!!
    Gente o Governo não está errado não.. quem está errado é nos os Brasileiros!! vamos nos indignar e mandar e-mail diretos a ministros, presidente, deputados Federais, estaduais vereadores e etc… verão que ninguem vai te responder.. aí pegue sua arma!!! o seu Título!!! e não eleja nehum deles que estão lá!!! e tomem muito cuidado com quem vai eleger!!! ver se está dando dentadura, cadeira de roda, se tem ambulância em seu Gabinte.. isto tudo é um mal sinal, não vote isto não é obrigação do politico.
    POLÍTICA- è a arte de administrar o que é Público!!!!
    POLÌTICO é a quele que Predispôes Fazer Politica pÚblica!!!

    O que ocorre é que temos POLITICAGEM… a arte de usar a Política em benefício Prío, ou para grupos econômicos ou interesses escusos…

    aí!!! elegemos disfarçados de Políticos estes POLITIQUEIROS que são aqueles que pratica politicagem!!!!

  • Luiz Carlos-Fortaleza

    Não se trata de apoiar o suposto criminoso, afinal de contas qualquer um de nós infortuitamente poderá vir a ser preso por crime – ou seria, se fosse conosco: pequeno deslize!? – que por vezes foi um atropelamento, por exemplo. É também um crime da mesma forma, talvez com agravante de se estar embriagado, se for o caso. Será que “todos” os motoristas estão dirigindo sem haver consumido álcool além do índice permitido? Será que existem roubos apenas por delinquentes pobres? Será que o que é proposto pela sociedade – um incentivo ao consumo -, principalmente de supérfluos, está inserido apenas na mente dos menos favorecidos, ou será que existem tantos afortunados em situações vexamentosas, por terem o desejo de possuirem o que não podem, simplesmente pelo fato de terem que seguir um padrão imposto por essa mesma sociedade? Estariam estes, inseridos no que achamos ser “deslize”, por terem cometido muito além das contravenções ou serima também criminosos, porque também causam danos à sociedade da qual fazem parte? Seria o caso, por exemplo, de matar o criminoso – ou isso já é antiquado (olho por olho, dente por dente)? Seríamos nós, enquanto vítimas, legitimados a cometermos outro crime? Temos também o direito de fazermos parte das falcatruas, se formos eleitos, mesmo que sejamos trabalhadores dignos, pelo menos atualmente?

    Portanto, todo cidadão deve ter seu sustento e o de sua família, para isso tem que contribuir com trabalho e para a previdência. É o caso, dos vários benefícios: auxílio-reclusão (para a família do preso); pensão por morte (entre outros casos, para a família do morto – pelo que está preso); auxílio-maternidade; auxílio-doença; etc. Todos esses benefícios só serão concedidos para os segurados (quem contribuiu) ou seus dependentes. Nada mais justo.

    Porém, o alarde que se alavanca, está a ser visto apenas um lado da questão e ainda, por muitos, sendo deturpado por desconhecer ou não querer ter o trabalho de consultar a legislação pertinente.

    Só para se ter uma idéia, o auxílo-reclusão, foi criado em 1960. Diga-se de passagem, quando há época havia uma pior visão em relação ao preso. E, não é para todo preso, existem critérios a serem seguidos e cumpridos para haver esse direito.

    Todos os benefícios, de qualquer natureza, realmente numa primeira visão, e logo que passamos a ter direito, SEMPRE nos revela ser insuficiente ao que pretendemos, mas em contra-partida revela que o Estado busca pelo menos minimizar os danos causados pelos fatos ocorridos, muito embora aquém do nosso desejo ou suposta necessidade.

    O fato de vir à tona somente agora essa questão, acredito que deveria sim servir de alerta para que as pessoas passem a conhecer as leis e irem atrás de se atualizarem, para que não sejam surpreendidos com outros tantos casos. Mas, devem realmente conhecerem as leis, seguirem seu “links” e outras que lhe deram origem e outras que lhe regulamentarão ou como devem ser tratadas; entre elas: Leis, Decretos, Portarias, Instruções Normativas, etc.

    Então, dentre outros tantos casos, deveremos refletir sobre as questões que se nos apresentam e sermos mais humildes e fraternos, com nossos semelhantes, que insistimos – nós como sociedade – e que nos julgamos vivermos em “sociedade”.

    • Helton

      Se me permite, apenas uma pequena correção amigo…

      Não trata-se de apenas um agravante, dirigir embriagado! A lei hoje trata a morte por atropelamento por indivíduo embriagado como CRIME DOLOSO, ONDE HÁ A INTENÇÃO DE MATAR.

      O problema é que 90% da população acredita ficar melhor no volante após “firmar o pulso”…

      Seria hipocrisia dizer que o cara que bebe antes de dirigir, não sabia que o álcool altera a percepção dos sentidos e o raciocínio rápido e lógico. Todo mundo sabe que há o risco, e mesmo assim bebe antes de dirigir… Concordo com a lei, o indivíduo está com intenção de matar sim, uma vez que sabe os efeitos do álcool no organismo… Resumindo, foi por querer, e não pensou na família na hora de tomar esta decisão precipitada. Então porque devo eu direcionar minha contribuição a um auxílio reclusão de um indivíduo que teve a intenção de matar? A família do indivíduo não tem culpa, mas que o dinheiro para a mesma não saia dos cofres públicos e sim do trabalho do próprio preso (isso necessitaria uma política de estímulo ao trabalho de presidiários para sustendo de suas famílias)
      .

      Mas o foco não é o álcool, o foco é o auxílio reclusão… Desculpe pelo pequeno desvio do assunto, mas não pude deixar essa humilde ressalva a esse detalhe que complementa o assunto!

      E aproveitando a deixa, vamos todos excluir o álcool e qualquer droga lícita da sociedade! Para sermos felizes, não necessitamos de álcool como estímulo e sim de INTELIGÊNCIA!

      Um abraço a todos!!!

      • Helton

        Correção, não só a morte por atropelamento mas também o atropelamento sem vítimas fatais.

        Desculpe pelo erro!

        Um abraço a todos!!!

  • Jaime

    Não sou um entendedor de leis… sou um trabalhador que estava recebendo meu salário de 1300,00 mes e ao cair doente levei 06 meses para passar por perícia, passei forme e cede para manter minha familia e aí comcei a ler o que sai por aí e o que leio como todos, os que nos informam… quanto ao auxilio reclusão o que o Comentário acima do Sr. Sebastião reinvidica é o mesmo tratamento, pois nós que trabalhamos e pagamos INSS não temos direito a 100% da contribuição o enquanto os dependentes de qualquer presidiário tem, e apartir de 2010 o valor por dependente é de 798,00 e fora isto o Deputado Federal Ratinho Junior tramitou e aprovou o que se segue…

    PREVIDÊNCIA
    Auxílio-reclusão já vale R$ 798,30 por dependente
    Estão circulando e-mails falando de auxílio-reclusão para presos no Brasil. É verdade. Como está no site do Ministério da Previdência Social “o auxílio-reclusão é um benefício devido aos dependentes do segurado recolhido à prisão, durante o período em que estiver preso sob regime fechado ou semi-aberto.” O texto explica que “não cabe concessão de auxílio-reclusão aos dependentes do segurado que estiver em livramento condicional ou cumprindo pena em regime aberto”.
    Desde primeiro de janeiro deste ano o benefício está valendo R$ 798,30 por dependente. Podem ser classificados como dependentes o esposo (a) ou companheiro (a), filhos, pais ou irmãos (as). O benefício pode ser solicitado até pelo telefone 135.
    Outra Informação é que fora o já exposto a PEC 420 do Deputado Ratinho Junior, já tramitada e aprovada, amplia mais este Benefício… o texto que li é …
    ( PEC retira limite de renda para o pagamento de
    auxílio-reclusão
    Extraído de: Câmara dos Deputados – 19 de Janeiro de 2010
    Ratinho Junior afirma que a seletividade do auxílio-reclusão descaracteriza a natureza de benefício previdenciário e pune os segurados de renda superior, assim como seus dependentes. Para ele, o critério atual também revela preconceito com as pessoas de baixa renda, por induzir que apenas essas cometem crimes e são recolhidas à prisão…. continua…o nobre Deputado…… Ratinho Junior argumenta, ainda, que o princípio do auxílio-reclusão é o mesmo aplicável à pensão por morte: o amparo aos dependentes na falta do segurado. Nos dois casos, são benefícios decorrentes de riscos não previsíveis que implicam a proteção de dependentes, geralmente menores; que independem de carência e correspondem a 100% do salário de contribuição.

  • http://... tatiane

    Venho atráves desta, deixar minha opnião a respeito do auxílio reclusão “BOLSA CADEIA”.
    Como sabemos e lei entrou em vigor no dia 1° de janeiro desse ano, com o intuito de ajudar os presidiários, como por exemplo: Os estupradores, os assacinos, os traficantes, os pedófolis, o xefes de quadrilha, os ladrões… entre outros… (POIS O GOVERNO LULA È O PAI DESSA NAÇÃO…) No entanto, sabemos que ninguém mais ninguém menos do que nós que vamos acabar contribuindo de uma forma ou de outra para o salário de R$:798,30 pra eles continuarem comando o crime de la de dentro, e com direito a médico(geral) E a odontologista.
    Sou uma menina de apenas 18 anos, sei que na História da política brasileria, O GOVERNO LULA FOI O PRESIDENTE EM QUE MAIS CONTRIBUIO PARA O PAÌS “CAIR”. Enfim, fiquei muito revoltada quando vi essa matéria, ainda mais quando fiquei sabendo qe a emprensa foi proibida de divulgar isso, então quero que todo cidadão brasileiro fique sabendo que depois do BOLSA alimentação, BOLSA escola,(que até ajuda algumas pessoas) O governo lula criou o BOLSA CADEIA… e queria uma ideía de como faço pra divulvar isso… Algum portal, sei lá, algo em que as pessoas se enteresacem a ver, pois cada salário desse vai faltar na educação , na saude e em muito mais… Desde já agradeço, peço desculpas se estrapolei…! OBG

  • http://www.brasilverdade.org.br tatiane

    Venho atráves desta, deixar minha opnião a respeito do auxílio reclusão “BOLSA CADEIA”.
    Como sabemos e lei entrou em vigor no dia 1° de janeiro desse ano, com o intuito de ajudar os presidiários, como por exemplo: Os estupradores, os assacinos, os traficantes, os pedófolis, o xefes de quadrilha, os ladrões… entre outros… (POIS O GOVERNO LULA È O PAI DESSA NAÇÃO…) No entanto, sabemos que ninguém mais ninguém menos do que nós que vamos acabar contribuindo de uma forma ou de outra para o salário de R$:798,30 pra eles continuarem comando o crime de la de dentro, e com direito a médico(geral) E a odontologista.
    Sou uma menina de apenas 18 anos, sei que na História da política brasileria, O GOVERNO LULA FOI O PRESIDENTE EM QUE MAIS CONTRIBUIO PARA O PAÌS “CAIR”. Enfim, fiquei muito revoltada quando vi essa matéria, ainda mais quando fiquei sabendo qe a emprensa foi proibida de divulgar isso, então quero que todo cidadão brasileiro fique sabendo que depois do BOLSA alimentação, BOLSA escola,(que até ajuda algumas pessoas) O governo lula criou o BOLSA CADEIA… e queria uma ideía de como faço pra divulvar isso… Algum portal, sei lá, algo em que as pessoas se enteresacem a ver, pois cada salário desse vai faltar na educação , na saude e em muito mais… Desde já agradeço, peço desculpas se estrapolei…! OBG

  • JUDITH

    LAMENTÁVEL…………APLAUSOS PARA O LULADRÃO…AJUDANDO SUA LAIA.

    • Helton

      Não podemos dizer que um único partido foi culpado, uma vez que as leis passam por votação na câmara e no senado (ambas as casas compostas por bancadas de vários partidos políticos). Isso é uma questão de interesse público e não partidário.

      DESCULPEM PELA INSISTÊNCIA NA RESPOSTA, MAS DEVEMOS DEIXAR AS RIVALIDADES ENTRE PARTIDOS DE LADO E COBRAR OS ATUAIS GOVERNANTES EM FUNÇÃO DO QUE É O MELHOR PARA O POVO E NÃO EM FUNÇÃO DE “RIXAS PARTIDÁRIAS”!!!

      Um abraço a todos!!!

  • Rodrigo

    O auxílio-reclusão é um benefício existente desde 1960 (fonte: http://proex.reitoria.unesp.br/congressos/Congressos/1__Congresso/Cidadania_e_Direitos_Humanos/Trabalho05.htm). Para que o dependente do preso receba o benefício, é necessário que o preso, antes da prisão, fosse trabalhador e contribuinte do INSS e que recebesse no máximo R$ 798,30.
    Ou seja, o e-mail apresenta um benefício que é real, mas distorce a realidade dos fatos unicamente para fazer propaganda contra o governo. Promove, na verdade, uma desinformação da sociedade.
    Não sou eleitor do Lula, mas considero grande falta de responsabilidade daqueles que repassam esse tipo de informação sem fazer uma mínima pesquisa no Google. Com menos de 5 minutos já descobri que se tratava de um e-mail fraudulento.

    • saulo sampaio

      O preso deve trabalhar para seu sustento – trocar trabalho por comida. Sua família deve trabalhar, da mesma forma. A família recebe, leva ao recluso, este “compra” o que “precisa”, dentro da prisão: objetos, armas, celulares, serviços da carceragem… e por aí vai… definitivamente, bolsa-bandido.

      • Lucimar Lima de Oliveira

        Eu concordo com a opinião do Saulo Sampaio,a Presidenta deveria adotar nas prisões um trabalho para que os presos possam ocuparem o dia e ter um dinheiro para os familiares.

  • http://vicacarvalho.blogspot.com/ Viviane

    É realmente lamentável que esse tipo de prática seja exercida em nosso país, que já é tão mal visto. Mas realmente desta vez o Lula não tem nada haver com a “bolsa sacanagem”,infelizmente esse é o regime constituicional do nosso Brasil!

  • Raquel

    Acredito eu, não ser o pior de tudo os politicos corruptos, nem os bandidos, ou tal auxílio, o pior mesmo é um POVO difamar o seu prórpio país dentro e fora dele, podemos ai dizer que tudo esta indo por água baixo.. em uma completa perdição.
    Isso sim é lamentavél caros amigos.

    Vamos celebrar
    A estupidez do povo
    Nossa polícia e televisão
    Vamos celebrar nosso governo
    E nosso estado que não é nação…

    Celebrar a juventude sem escolas
    As crianças mortas
    Celebrar nossa DESUNIÃO…

    Trate tudo aquilo que possuir com amor, que ele se frutificará!

    Força, União e esperança sempre!!

  • waldemir rodrigues

    só existe uma solução para a humanidade. Deus e somente Deus. tudo que comentaram é válido, mas sem Deus o ser humano nunca sera justo. que Deus tenha misericórdia de nossas almas.
    na Biblia diz que no mundo nao há um justo se quer,entao cuidado com as pedras. comente,mas peça para que Deus mude a geração inteira ou estaremos perdidos.

  • Caixa Cheia

    Tambem recebi o email hoje.
    E respondi a toda a lista com um desabafo.
    Eu simplesmente nao entendo porque um bando de gente desinformada envia tonelada de lixo para nossas caixas, nao entendo.
    Esse artigo assim como o email eh tendencioso e imoral.
    Esse beneficio eh pago desde 1991, e teve o valor reajustado em detrimento ao valor do recolhimento do INSS.
    Agora eu pergunto ao pseudo-autor desse site mediocre e aos seus leitores abobalhados: Quantos contribuintes regulares do INSS voce imagina que estao recebendo esse valor ? E quantos sao os casos em que voce consegue ver a injustica em se receber de volta o investimento que fez durante anos ?

    Imbecis como esse autor infelizmente entopem nossas caixas de entrada e nosso mundo !

  • Antonio Souza

    Apaga esta página, por favor.
    É muita gente que escreveu aqui fazendo papel de idiota.
    Tá confirmado que esta informação é falsa:

    http://www.quatrocantos.com/LENDAS/411_auxilio_reclusao_bolsa_marginal.htm

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Aux%C3%ADlio-reclus%C3%A3o

    Abraços.

  • malu

    Bom um comentario bem preconceituso ja que quem recebe o auxilio reclusão e o filho do preso,não e pq ele e errado sua familia inteira seja,acho que os filhos dele assim como o de vcs que só comentam merda não tem culpa dos pais que tem…

  • IVA

    PARA RECEBER O BENEFICIO A PESSOA TEM QUE SER CONTRIBUINTE E TEM O DIREITO DESDE QUE O VALOR QUE RECEBIA SEJA IGUAL OU INFERIOR O CITADO ACIMA. O VALOR A RECEBER É DE ACORDO COM O VALOR DA CONTRIBUIÇÃO. ACHO UM TREMENDO EQUIVOCO REPASSAR A IDEIA DE QUE É SEMELHANTE AO BOLSA FAMILIA, QUE É UM BENEFICIO ASSISTENCIAL, NÃO CONTRIBUTIVO E QUE IMPÕE CONDICIONALIDADES AO BENEFICIÁRIO. PODE NÃO SER O JUSTO, PORÉM MELHOROU SIGNIFICATIVAMENTE A VIDA DE MUITOS BRASILEIROS QUE NÃO TINHA NENHUMA RENDA FIXA E MESMO NÃO SENDO O MOTIVO CORRETO PARA ASSIDUIDADE ESCOLAR, BEM COMO A MANUTENÇÃO DA CARTEIRA DE VACINA, ACABOU POR OBRIGAR OS PAIS A MANTER ESTES DIREITOS DE SEUS FILHOS. QUANTO AO AUXILIO RECLUSÃO DESEJO QUE NENHUM DOS LEITORES PRECISEM USÁ-LO E CASO SEJA NECESSÁRIO QUE ESTEJA DENTRO DOS CRITERIOS

  • mone

    UM ABSURDOOOOOOOOOOOO. UM VAGABUNDO FAZER O QUE BEM ENTERDER COM A SOCIEDADE E DEPOIS FICAR RECEBENDO ESSE AUXILIO-BANDIDO(É O NOME QUE MAIS SE ENCAIXA. INFELIZMENTE ESSE É O NOSSO BRASIL.

  • Léo

    naõ quero mais morar nesse pais de tolos, onde só bandidos tem direitos..

  • Julio

    E o coitado do desempregado honesto. Seus dependentes não recebem auxilio nenhum.

  • eu

    Filhos,pais,maes,espososas e qualquer outro familiar de detento na grande maioria das veses nao tem a ver com o crime cometido, e sao eles que recebem o auxilio entao nao generalizem.Agora,se esta tao frustrado,e facil!Cometa um crime,quem sabe assim sua familia receba a “bolsa bandido”e voce nao prescise ficar emplorando para que votem em seus artigos mal informados.Cuidado,pois todo mundo tem telhado de vidro,crimes acontecem em qualquer tipo de classe social.Pague direitinho o seu inss ou nao tera direito ao “bolsa bandido”.

  • http://queroficarrico.com/blog/2010/02/08/auxilio-reclusao-ou-bolsa-bandido/ eu

    O “auxílio-reclusão” constitui benefício da Previdência Social, regulado pela Lei n.8.213, de 24 de junho de 1991, que visa a proteção dos dependentes carentes do segurado preso, impossibilitado de prover a subsistência dos mesmos em virtude de sua prisão.

    Integrante da Seguridade Social, o “auxílio-reclusão” surgiu na Lei Orgânica da Previdência Social, Lei n. 3.807, de 26 de junho de 1960, que ampliou o quadro de benefícios até então existentes.

    Possui natureza alimentar, visando garantir o sustento dos dependentes do preso que, de um momento para outro, podem encontrar-se sem perspectivas de subsistência. Trata-se de um benefício destinado exclusivamente aos dependentes do preso, sem caráter indenizatório, não possuindo o preso nenhum direito sobre ele.

  • Felipe

    Detalhe em 29/06/2010 deixou de ser 798,30 reais e passou para 810,18 reais. Isso Brasil vamos para frente, afinal somos ricos.

  • http://Website(opcional) Danilo Freitas

    Não acredito que a coisa seja como falam. Pelo que li, o benefício é devido ao SEGURADO do INSS, ou o cara contribui todo mês, ou trabalha de carteira assinada. Não acredito que os trabalhadores do Brasil optariam pelo crime, nem que os bandidos iriam contribuir com a previdência! É bom fazer uma reflexão, se o bolsa cadeia a família do preso vai receber proporcional ao salário de contribuição do preso, leia-se o mesmo valor, é melhor receber 810 em liberdade, ou receber os mesmos 810 e estar preso?! Deste modo, todos vocês que têm seu emprego, podem cometer um crime e ir à delegacia para receber o bolsa cadeia, já que vocês acham que o preso está levando vantagem sobre quem está trabalhando! Além de, é claro, ser notório que temos as melhores cadeias do mundo né?!hehehhee

  • http://Website(opcional) Zenilda

    Tatiane e outras pessoas que estao falando como se essa lei fosse atual. Procure ler todos os comentarios ou entre no site da previdencia social e voce vera que essa lei existe DESDE 1960, com algumas regulamentacoes na DECADA de 90, portanto muito anterior ao governo Lula.
    Informe-se de quando e a lei e qual o teor dela.Depois reflita sobre a real motivacao de so falarem sobre essa lei agora depois de tantos anos…Por que nao protestaram contra ela durante o governo de FHC?
    Pensem nisso.A quem interessa falar sobre isso agora, depois de tantos anos de vigor da lei?

  • Maria

    O Brasil não vai pra frente por causa desse falso moralismo do povo brasileiro.
    A familia,filhos de quem comete algum tipo de crime não é culpado da safadeza que o pai cometeu.
    BANDIDO não paga inss,
    BANDIDO sabe as pessimas condições que as nossas cadeias tem.
    Entao sem essa que bandido vai pra cadeia tranquilo pq sabe que a familia esta amparada.
    Não vou dizer que acho essa lei correta ,mas tbm não esta totalmente errada,pq os filhos não tem culpas dos crimes que os pais cometem,,,,so acho que essa lei deveria ser melhorada,ao invés desse dinheiro sair do bolso do contribuinte saísse do bolso dos proprios presos,ou seja arruma algo para eles fazer lá na cadeia.
    Agora que o governo tem que da uma assistência para a familia isso tem,,,mas não só assistência em dinheiro e sim em qualidade de vida para que os filhos dos criminosos não cometam os mesmos erros.

  • Leandra

    Ai pessoal o negocio é roubar, matar ou estrupar, porque sendo preso teremos um auxilio reclusão de 798,30 por mês e ainda come e dormi de graça e trabalhando com dignidade só recebe o salario minimo por mês de 510,00 ai desconta INSS e tem que pagar agua, luz, gas e telefone, todos os brasileiros deveriam optar pelo auxilio reclusão vocês não acham?

  • Antonio

    Pessoal, existe muito folclore quanto ao auxilio reclusão, realmente ele existe mas para ter direito aos R$798,30 não é tao fácil assim, existe uma série de exigências que devem ser cumpridas e uma dela é estar contribindo para o INSS. Temos que pensar que o INSS é de certa forma uma seguradora e casos como este acabam existindo, para o bem ou para o mal.

  • Mary

    É mais uma discussão polêmica.
    Respeito a opinião de cada, a favor ou contra. Pessoalmente, sou contra. Mas é mais uma daquelas: cada caso é um caso e só quem viveu na pele o que é ser família de prso, pode saber..
    Enfim, cada um no seu quadrado.
    Mas o que NÃO CONCORDO é a distorção das palavras querendo manipular leigos, inocntes e ‘burros’ levando-os a a crer que isso foi invenção do LULA.
    Ah, menos aí né?
    Vc respondeu ao JPMagalhães ‘realmente foi uma falha minha’… sei. Falha nada. Foi proposital. Afinal mesmo que alguns não caiam no conto do vigário, sempre se pode conseguir enganar muito babaca.

    *Infelizmente isto acontece há muito tempo…por que será que estão desenterrando isto só agora?…(2)

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      Se você observar direitinho o contexto do “falha minha”, certamente vai compreender que falei isso em relação ao valor que coloquei (onde havia dito que o valor era 790, mas, na verdade, é até 790).

      Além disso, no começo do texto, deixo bem claro que “(…)Fui pesquisar no site do Ministério da Previdência e vi que o auxílio-reclusão realmente existe, por sinal desde 1991.”

      O artigo é uma crítica à manutenção desse auxílio e de muitos outros, lícitos ou ilícitos, como bolsa-família (maior compra legalizada de votos da história desse país) ou mensalão.

      Não digo, em momento algum, que o governo Lula criou, mas que ele manteve. E critico outros pontos, apoiado pela manutenção desse benefício.

      Espero ter esclarecido melhor meu ponto de vista e, assim como você, respeito a opinião de todos, por isso que fiz questão de responder seu comentário e de alguns outros.

      Abraço e valeu pela participação!

  • @dmilson ®eis $antos

    QUE “brasizinho” HEIM PESSOAL!… CADA VEZ MAIS ME DECEPCIONO COM ESTE “país”. DIZEM QUE O “brasil” É UM GIGANTE ADORMECIDO… TODOS JA ESCUTARAM ISSO ALGUM DIA. POIE É, ACHO QUE ESTE GIGANTE ADORMECEU DE RESSACA DE 51…
    rsrsrs. 100+.

  • josé carlos

    Não acredito q existam tantas pessoas ignorantes nesse país!! O autor desse blog é um leviano! Vamos publicar matérias com responsabilidade.

    Blogueiro, imaginas se teu pai fosse uma assalariado e contribuinte do INSS..
    Caso algum dia, durante tua infância, ele atropelasse a matasse alguém e fosse preso? Não seria justo, durante tua infância vulnerável, receber o auxílio-reclusão?? afinal, teu pai teria contribuído ao longo da vida para o INSS..seria justo os dependentes dele receberem o citado auxílio para não ficarem desamparados e serem potenciais marginais…

    Estude um pouco de direito e sociologia.. verás q o supracitado auxílio é legítimo em suas diversas acepções.. sejam elas jurídicas, antropológicas e sociológicas..

    Estude o direito comparado, verás tbm que não é criação brasileira.. é copiado de mtos países de primeiro mundo.

    Um abraço.

    ps. tua “réplica” ao JPMAGALHAES foi bastante vaga.. não conseguiu argumento algum para contraditar as palavras ditas pelo mencionado colega… o que demonstrou o teu despreparo total sobre o assunto… espero que os teus oustros posts sejam mais bem elaborados..
    O melhor é vc escrever só sobre o que sabe e não se aventurar em outras áreas sem ter o menor conhecimento..

    • http://twitter.com/SeabraRafael Rafael Seabra

      Seria justíssimo que eu recebesse esse auxílio, contanto que a família do indivíduo atropelado também o fosse e com prioridade sobre a minha família.

      Não achei minha resposta vaga, apenas contraditória. Tenho o maior respeito pela sua opinião, mas existem várias perspectivas para se avaliar esse auxílio, e no meu ponto de vista existem auxílios ou destinações mais prioritárias para essa verba, apesar de proporcionamente ser muito pouco utilizada.

      Por sinal, seu ponto de vista está muito bem fundamentado. Parabéns! Achei muito interessante, mas, como falei no parágrafo anterior, existem destinações mais prioritárias para essa verba, apesar desse auxílio ter grande valia legal, antropológica e sociológica.

      Abraço e valeu pela participação!

      • eliane

        quero me manifestar sobre o asunto, meu marido sempre foi trabalhador e honesto,e pagou o INSS.só que por uma infelicidade ele estava no lugar errado, com pessoas erradas..resultado esta a 8 meses preso [prisão preventiva]sem ser julgado…tem bons antecedentes,endereço fixo, trabalho, família que o ama muito, tres filhos menores e dependentes dele..por causa dessa DEMORA da justiça em fazer o julgamento,estamos com nosso carro em busca e apreensão,[e é um taxi, que nos dá o sustento..] temos um bar e lanchonete que esta mais de seis meses com aluguel atrasado…estou lutando pra receber esse benefício de salário reclusão que não é por dependentes como foi citado por alguém, é um salário de oitocentos e alguma coisa…ao inventor do blog, não generalize os fatos…pra mim vc é um ignorante, ou um grande hipócrita existem bandidos e bandidos, entendeu?sonegador de imposto é na verdade um grande bandido, que se fossem todos presos com certeza faltaria prisão para tantos colarinhos brancos..tenta te atualizar…pode acontecer até mesmo com vc amanhã, e esse dinheiro se vc contribuiu será de grande ajuda a seu filho, se é que vc tem…ah, só para esclarecer sou anti LULA E ANTI DILMA! Na verdade não são os contribuintes do INSS que paga e sim o contribuinte preso que pagou religiosamente seu INSS,o trabalhador , entendeu?oh malandro!!

        • saulo sampaio

          Filha, seu marido poderia ter mantido a calma, não ter se precipitado. Quanto ao “benefício” ser mantido por quem, antes de ser preso, sempre contribuiu, não vai nessa; bandido desses atuais, sempre foram bandidos. Lugar de bandido é na cadeia, e trabalhando pelo seu próprio sustento, como fazem os trabalhadores que acordam até mesmo às 4 da manhã, para poder chegar ao trabalho as 08. Cai na real, se liga.

      • Silvio Santos

        Rafael,

        No caso ipotético de seu pai atropelar alguem e ir para caderia, caso este alguem fosse segurando da Previdência,

        Em caso de Morte :
        -A família dele teria a pensão por porte.

        Em caso de invalidez:
        -O segurado teria aposentadoria por invalidez.

        Em caso de sequelas: ( que não o impeça de desenvolver atividade laborativa)
        -O segurado recebe auxílio acidente.

        Sendo assim o auxílio reclusão continua sendo legítimo e constitucional.

        Mas estamos aberto a opinioes difrentes, não somos os donos da verdade.

        Mais uma vez parabéns pelo site, as dicas financeiras.

        Vi uma crítica , para que você não falasse coisas diferentes do seu campo de atuação. MAs digo que seus questinonamentos são válidos, e fique a vontade para levantar novos questionamentos.

        Abraços Silvio Santos.

  • nestor

    A lei existe desde de 1991 mas o nosso atual governo só resolveu mexer nela agora pq esse ano é ano de eleições.
    Com uma população carceraria acima de milhões e com muita mulher de bandido achando que vai ganhar esse beneficio, o atual governo já consegue o dobro de votos em cima do numero da população carceraria.
    Sem contar o resto da familia dos presos e os simpatizantes de bandidos.
    Criar oficinas de trabalho dentro dos presidios mesmo que sejam de reciclagem com lixo ou até mesmo para a manutenção da carteiras escolares, cadeiras de rodas, camas e macas de hospitais e colocar os bandidos pra trabalhar o governo nem pensa né?
    Sustenta essa cambada de vagabundos com o dinheiro do povo.

  • ingrid

    Controle de natalidade no Brasil.
    Laqueadura nas pobres depois do primeiro filho se elas quiserem e obrigatório depois do segundo.
    É pobre mesmo, vaio querer um monte de filho pra que?
    Pra depois não terem condições de educar e sustentar e essas crianças mesmo amanhã se tornarem bandidas.
    Acabar com a palhaçada das visitas intimas nos presidios, já vi varias materias mostrando que muitas mulheres engravidam de presidiarios por causa dessa visita intima e muitas delas nem são esposas ou namoradas, apenas garotas que recebem dinheiro de traficantes pra fazer visita intima na cadeia.
    Os caras parecem que estão de ferias e não cumprindo pena.
    Coloca eles pra trabalharem e o dinheiro do trabalho manda pra família do cara.
    Odeio essas esmolas do governo que só está criando uma geração de vagabundos encostados.

    • Helton

      CONCORDO COM VOCÊ!!!

      Seria uma ótima idéia! Ao invés do governo bancar essa bolsa através dos cofres públicos, deveria criar um programa de incentivo ao trabalho de presos, sem o direito de recusa. Traria vários benefícios:

      - Reinserção do ex-delinquente ao mercado de trabalho

      - A obrigação ao trabalho seria uma forma de concientização e não uma forma de pena

      - O dinheiro para a família do ex-delinquente seria fornecido e retido na fonte (será que lembra alguma coisa essa questão do “retido na fonte”?) salarial do próprio ex-delinquente, o que evitaria o desamparo dos filhos que não têm culpa de terem um pai que cometeu (ou ainda comete) erros

      - O dinheiro que seria gasto dos cofres públicos para tal bolsa, poderia ser destinado a outras aplicações sociais

      Um abraço a todos!!!

  • Juliana

    As pessoas são tão ignorantes! O que isso tem haver com o PT? O auxílio Reclusão é para aquele preso que contribui, logo ele também paga os impostos como qualquer um! E as leis de cunho social, nada têm haver com o governo, e sim com o ESTADO- que são coisas distintas… Se os brasileiros fossem mais intelectualizados saberiam debater mais sobre assuntos como esse e não sairiam fazendo comentários relevantes!

    • saulo sampaio

      Filha, vc deveria ser mais inteligente e procurar ler mais. Estado e governo, hoje, são a mesma coisa – infelizmente. Para mudar isto, só tomando atitudes.

  • Juliana

    retificando: IRRELEVANTES!

  • MARCOS ANTONIO FERREIRA DA COSTA

    Eu particurlamente acho isso um absurdo é muiuto pobre e nojento, em pensar que a alguns anos atraz eu era militante dessa merda de partido! hoje me sinto muioto envergonhado.

  • Daniel Barros

    Preciso providenciar minha fuga do país, não quero criar meus filhos nesta pátria de vergonha!

  • Helen

    Tantan gente ignorante nesse país.O filho do meliante não tem culpa do que seu responsavél fez de errado.E se o seu responsavel nao tem como sustentar até mesmo um recem nascido,ele deve ficar sem ter o que comer por causa do seu responsavel? Pensem na criança e não no bandido!

  • Alex

    “Deixa eu ver se entendi”. Não, voce não entendeu. Procure maiores informações antes de divulgar ciosas de caráter puramente ideológicos e de extrema direita.

  • Helton

    PARABÉNS AO AUTOR DO BLOG E PELO POST!!!

    Parabéns pela elegância ao responder os que apóiam o auxílio-reclusão… Não se rebaixa ao nível agressivo dos que tem idéia contrária a sua. Parabéns e continue assim!!!

    NÃO VIVEMOS EM UMA DEMOCRACIA?

    Democracia não é o governo do povo? Com direito a liberdade de expressão e manifestação? Assim como o voto não deveria ser uma obrigação e sim um direito, o destino da arrecadação não deveria estar inteiramente na classe governante, e sim exposta por ela para votação da população… Seria mais justo expor uma lei que envolva o destino da arrecadação para votação também do povo e não somente do legislativo.

    ENTÃO QUER DIZER “QUE VENÇA A MAIORIA”?

    Seria o mais próximo do ideal (apesar de que, pessoalmente, acho que quem deveria pagar o auxílio reclusão sejam apenas os favoráveis a idéia e não pessoas como eu que são contra. Sei que isso seria muito difícil de ser controlado). Tudo bem, a classe política são representantes do povo eleitos pelo próprio povo, mas não quer dizer que uma minoria deva decidir pela nação. Acho que essa classe política deveria, ao invés de decidir, apenas expor as propostas e colocar para votação de todos…

    E SE FOSSE COMO DITO NO PARÁGRAFO ANTERIOR?

    Aí sim eu iria manifestar meu repúdio a uma lei onde um auxílio reclusão é maior do que o salário mínimo de um homem de bem…

    AFINAL DE CONTAS, E A BOLSA-PAI-DE-FAMÍLIA-HONESTO-ASSASSINADO-POR-BANDIDO?

    Sem resposta (infelizmente)…

    E OS FILHOS DESSE HOMEM HONESTO, TAMBÉM NÃO PODERIAM SE TORNAR VÍTIMAS NOVOS BANDIDOS DEVIDO A UM SISTEMA QUE AJUDA AO MARGINAL AO INVÉS DO POBRE CHEFE DE FAMÍLIA ASSASSINADO?

    Aqui a resposta fica para todos refletirem…

    • Helton

      Perdoem o meu erro, mas na última pergunta, desconsiderar a palavra “VÍTIMAS”…

      Errei, afinal de contas, já tá tarde rsrs…

      Um abraço a todos!!!

  • mariana

    Parabéns! JPMagalhaes, concordo com sua posição, não estamos aqui a defender bandidos, mas o que deve ficar claro que não se trata de “bolsa” reclusão e sim um direito dos dependentes que não possuem condições de prover sua subsistencia. Não são todos os dependentes de reclusos que terão direito, somente os que contribuiram para previdencia social. Além disso, o valor máximo é de 862,11, porém quem contribuia referente um salário mínimo irá receber um salário mínimo. Quem contribuia com valor maior será feita média dos ultimos 80 maiores salários, porém o teto máximo a ser pago é de 862,11.

    • saulo sampaio

      A família não tem culpa? Muitas vezes é ela que tem! Ainda assim, bolsa-bandido serve para incentivar a família a não trabalhar. Recluso tem que trabalhar, sim, e sua família também. Se liga!

  • Marcia

    Tatiane, acorda minha filha, vai ler um pouquinho antes de falar essas aberrações…a Lei existe desde 1991, simplismente em janeiro de 2010 e em 2011 o que aconteceu foi um reajuste referente ao teto máximo que o s dependentes poderão receber. Ex: Mesmo que o recluso tenha contribuido referente a 03 salários mínimos o máximo que os dependentes receberiam seria 862,11. Cabe ressaltar que somente quem contribuiu dará direito aos dependentes receber. A regra é a seguinte:um contribuinte que tiver cumprido todas as carencias, se adoecer, receberá auxílio doença…se morrerer os dependentes receberão pensão por morte, se ficar incapacitado definitivamente para o trabalho, receberá aposentadoria por invalidez….se for recluso, seus dependentes receberão auxílio reclusão, enqunato ele estiver recluso. Se sai do bolso dos contribuintes, isso quer dizer que também está saindo do bolso dele, pois foi contribuinte até sua reclusão ou estava mantido sua condição de segurado. Nada mais justo não acha? Ex: vc trabalha, contribui, mata seu marido prq ele te agredia, vc vai presa……então seus filhos podem passar fome né? são filhos de assassina, então merecem morrer….isso é um absurdo Tatiana. Não defendo bandidos, esses devem pagar até o fim de suas vidas….mas os dependentes merecem sim auxílio, para que nao se tornem bandidos como os pais…..Outra colocação é a seguinte…bandido que é bandido, os da pior qualidade não contribuem, nao trabalham por um salário mínimo…preferem assaltar, roubar, traficar…a grande maioria dos que usufruem desse beneficio, pelo menos de alguma trabalhava e contribuia para previdencia social…portanto é direito de sua familia

    • saulo sampaio

      Marcia, acorda vc, filha! A bolsa-bandido foi, e continua sendo, estímulo para desocupados. Que trabalhem pelo seu sustento. Quando um pai não pode pagar pensão aos filhos, a lei não chama os avós a responsabilidade? Pois que chamem nessa situação também! Toda a parentela! Afinal, a previdência não vai de mal a pior? Se liga!

  • Silvio Santos

    Amigos,

    Como cidadão comum concordaria com o artigo, apesar de este ser totalmente tendencioso.

    Mas como jurista, concordo com o benefício, pois quando o cidadão ou bandido contribui para o INSS, o mesmo está pagando um seguro, que entre outras coisas, cobre o tal fato do cidadão ou bandido ser preso.

    Lembrando que o bandido deverá contribuir para o INSS, e ainda estar no período de graça, ou seja, ser um bandido inteligente.

    Para entender melhor tal benefício, é necessário algum conhecimento em DIREITO, formação das leis, princípios entre outros.

    Mas O (BÃO DA DEMOCRACIA) é isto, cada cidadão ter direito de defender sua opinião. Então vamos respeitar quem tem opinião diferente ou saberes diferente dos nossos.

    Parabéns ao autor do artigo, pois conseguiu mobilizar os internautas a uma discussão.

    Abraço a TODOS.

    • saulo sampaio

      Silvio, como jurista, vc deveria saber que as leis são tendenciosas, por si só. Pense melhor.

      • Silvio Santos

        Oi Saulo,

        Prazer em debater com você.
        Então amigo, nos dias de hoje, o que não é tendencioso?
        Nossas leis são feitas por homens, logo, nem sempre são imparciais, pois a meu ver vão em defesa do capital.
        Para isto é necessário usarmos uma ferramenta, que no Direito se chama Hermenêutica, que é a capacidade de interpretar as leis (tendenciosas ou não), e com esta interpretação conseguir extrair a melhor definição que atenda os anseios sociais. Concordo com o auxílio, se visto na visão prática e constitucional, que nada mais é o pagamento de um seguro, administrado pelo ESTADO. Porém a visão adotada pela maioria é a visão sociológica do problema ( BANDIDO/ CIDADÂO). Quanto a princípios sociológicos, a questão de valores, nem sempre as leis atendem aos anseios da população.
        E só para lembrar não devemos depositar toda culpa em um partido ou outro, pois somos nós que elegemos nossos representantes.
        E quando as leis são criadas, processo legislativo, todos os partidos participam, claro que nem sempre em pé de igualdade, mas somos nós, que elegemos as elites partidárias.
        Mais uma vez agradeço o espaço, as opiniões de todos.
        E viva a Real Democracia que ainda chegará.

        • Helton

          Muito bem colocado, meu caro!

  • Rafael Monteiro

    Xará, creio que esse seu post é totalmente equivocado. Pergunte para qualquer Prof.º de Direito Previdenciário para saber do que se trata o referido benefício. Vejamos os principais erros dessa discussão:

    - Em 1º lugar: o benefício é devido aos dependentes dos presos de BAIXA RENDA (de até 862 reais) na qualidade de SEGURADOS (inscritos no INSS e que pagam mensalmente suas contribuições);
    - Em 2º lugar: isso não é coisa do Lula e nem do FHC, muito menos do Collor. Nem é coisa do Brasil. E mesmo se fosse, seria mais justo colocar na conta do JK, que assinou a primeira lei que introduziu o benefício em nosso país, em 1960;
    - Em 3º lugar: quem disse que a família das vítimas fatais não podem receber auxílio? Se o que morreu for Segurado do INSS, existe um benefício chamado de Pensão por Morte para seus dependentes (cônjuges e filhos prioritariamente). E no exemplo dado acima por um leitor, a vítima por atropelamento (ou os seus herdeiros) também recebe um seguro, o famoso DPVAT (R$13.500,00);
    - Em 4º lugar: Faticamente falando, dos presos que mofam em cadeias, quantos você acha que contribuem para o RGPS? Com certeza a maior parcela dos pobres coitados que estão presos nem devem saber disso. Acaba havendo uma espécie de “seletividade” fática… Não consigo enxergar uma pessoa pobre contribuinte do INSS que acaba na cadeia sendo um bandidão sórdido e contumaz como o Fernandinho Beira-Mar. Assim, o tal “gasto absurdo” com esses “vagabundos” não condiz com a realidade. Isso sem falar que, se eles pagaram a contribuição, eles tem todo o direito de receber o auxílio, oras. Não é porque no campo penal eles estão ferrados que devemos terminar de ferrá-los em outras áreas, muito menos ferrar seus familiares/dependentes.

    Enfim… Até concordo que erros e corrupção devam existir em larga escala no sistema previdenciário: muita gente virando “segurado-fantasma”, falta de fiscalização e falta de pessoal qualificado dentro do INSS. Sem falar que se nossas penitenciárias fossem decentes, o preso poderia arranjar trabalho e ainda assim poderia receber o auxílio-reclusão. MAS… questionar a intenção louvável desse direito é olhar a situação sob a nossa ótica de classe média/alta, o que é um imenso erro. Nós, por sermos mais esclarecidos, não deveríamos opinar sem nos embasarmos. O Brasil é um país de milhões de pobres e nossa visão tem que ser mais ampla e educativa. Aliás, educação é o que falta de verdade para esse país melhorar nos próximos anos, e não críticas infundadas e usadas apenas para denegrir esse ou aquele governo.

    Será que existe ainda algum sentido em você permanecer com esse apoio ao e-mail tosco em questão? Particularmente, talvez foi uma das “correntes” mais ridículas que já li e recebi em toda minha vida de internet.

    Abraços

    • Por um Brasil melhor!

      Xará…

      Você trabalha? Se você trabalha, você recebe seu dinheiro no fim do mês, correto?

      Se você trabalhou e recebeu esse dinheiro, portanto ele é seu, correto?

      Se esse dinheiro é seu, você concorda em vir outra pessoa, retirar a força parte do seu dinheiro e gastar da forma que bem entender?

      Pense nessas perguntas kra, e depois, faz o seguinte: pega seu dinheiro e adote um preso desses e seus familiares! FAÇA O QUE QUISER COM O SEU DINHEIRO MAS NÃO DIGA O QUE EU DEVO FAZER COM O MEU!!!

      Se eu não quero meu dinheiro sendo gasto com família de vagabundo, esse é um direito meu, uma vez que quem trabalhou para ter esse dinheiro fui eu, EU (e não o vagabundo)…

      Se o governo retira esse dinheiro a força (uma vez que eu não posso optar por não “doá-lo” ao governo) então nada mais justo do que eu decidir o que o governo deva fazer com meu dinheiro!

      Bixo, eu também tenho família para sustentar! E penso milhões de vezes antes de cometer qualquer erro e acabar sendo preso… E por quê? Porque eu penso neles! Agora me diga, um vagabundo desses pensa na família dele? Ou na sua?

      ENTÃO PORQUE EU DEVO ME PREOCUPAR COM ELE?

      Se ele não quiser que seus dependentes passem fome, ele que vá trabalhar ao invés de roubar, matar, estuprar, etc, etc e etc…

      Reforço mais uma vez: você tem sua opinião, eu tenho a minha! Você ganha seu dinheiro e eu ganho o meu! Você sente pena de bandido vagabundo? Eu não! Você quer “doar” seu dinheiro pra vagabundo? Eu não (prefiro doar a quem é realmente necessitado)!

      ADOTE UM VAGABUNDO E SEUS DEPENDENTES E GASTE O SEU DINHEIRO (e não o meu)!!!

      Enquanto eu decido o que bem entender em fazer com MEU dinheiro…

      • Silvio Santos

        Opinioes e visoes diferentes, isto é democracia… Mas é preciso estudar o fato pelo fato e não por nossos valores…

      • Rafael Monteiro

        POR UM BRASIL MELHOR: primeiramente, eu sinto falta de poder chamá-lo pelo seu nome, mas apesar de você ter preferido se esconder debaixo do celeiro da mediocridade da internet, responderei mesmo assim. Em segundo lugar, é claro que deve haver respeito às opiniões, MAS o que fazem aqui não é emitir opinião… é metralhar asneira sobre o que não sabem.

        Os chineses comem escorpião e eles dizem ser bem gostoso. Eu não posso dizer nada a respeito porque nunca comi um escorpião na vida e nem pretendo comer. Se as pessoas aqui não estudaram a matéria previdenciária e saem falando abobrinhas seria o mesmo erro de eu dizer que escorpião tem gosto de lixo. Não será mais uma questão de opinião e sim, uma profunda leviandade.

        Direito Previdenciário não é Direito Tributário. Começo com a resposta dessa maneira porque parece que muita gente não entende premissas básicas. Nós que pagamos uma previdência social, não estamos pagando tributo ao Estado. Estamos tirando uma parte do nosso suado salário para que o Estado o gerencie e quando estivermos numa situação de necessidade, resgataremos o que nos é devido. Geralmente, a necessidade vem quando não podemos mais trabalhar, isto é, quando nos aposentamos.
        O Estado oferece esse serviço, e por isso existe o INSS. Mas isso não impede alguém de procurar outra instituição para fazer a gerência previdencial. Para isso, existem as previdências privadas. E tem ainda aqueles que são servidores públicos, que contam com Regime de Previdência Próprio, onde suas folhas salariais são descontadas diretamente na fonte, mas que não vem ao caso nessa discussão.

        Dito isso, já fica rebatido esse argumento DESINFORMADO que você sustentou. Não entendeu ainda? Explicarei de forma explícita:

        O PRESO QUE DÁ AOS SEUS DEPENDENTES O DIREITO DE RECEBER O AUXILIO-RECLUSÃO PAGOU AO INSS (GASTOU DINHEIRO DELE, ENTENDE?), COMO EU PAGO E VOCÊ DEVE PAGAR.

        NUMA SITUAÇÃO EM QUE SEUS DEPENDENTES (ESPOSA, FILHOS, FILHOS ADOTADOS, PAIS, IRMÃOS… O CACHORRO DELE NÃO TEM DIREITO A PEDIR O BENEFÍCIO) POSSAM FICAR DESAMPARADOS, O ESTADO PRESTA O SEU SERVIÇO DE PREVIDÊNCIA, SENDO QUE PARA RECEBÊ-LO, AINDA DEVE FICAR COMPROVADA A BAIXA RENDA DO PRESO (POBRE DE MARRÉ MARRÉ, QUE GANHA MENOS DE 900 MANGOS POR MÊS… DEU PRA SACAR?).

        Em outras palavras:

        NÃO SAI DO MEU BOLSO OU DO SEU BOLSO, EM TESE, O DINHEIRO DO AUXÍLIO-RECLUSÃO. NÃO SE TRATA DE UM TRIBUTO (OU IMPOSTO, PARA FICAR NO JARGÃO POPULAR) EM QUE ESPERAMOS UMA CONTRAPARTIDA DO ESTADO NA SAÚDE, NA EDUCAÇÃO, NA SEGURANÇA PÚBLICA.

        PARA EXEMPLIFICAR (SE FOSSE POSSÍVEL EU ATÉ DESENHAVA): SE O PRESO PAGOU 3 MESES DE PREVIDÊNCIA PARA O INSS, ESTE, POR SUA VEZ, IRÁ DAR O BENEFÍCIO POR 3 MESES AOS DEPENDENTES DO PRESO (SEM CUSTEIO, NÃO HÁ PROTEÇÃO. UM CUSTEIO, UMA PROTEÇÃO. E POR AÍ VAI…)

        Entendeu agora, cidadão?

        Por outro lado eu entenderia o argumento que você poderia usar dizendo que há muita corrupção no INSS e no governo em geral, que geram rombos no sistema previdenciário. Daí, muitos que contribuem hoje poderão não ter o seu valor devido quando estiver na necessidade amanhã. Entenderia, de verdade, a crítica nesse aspecto. Mas aí seria outra discussão, MUITO DIFERENTE de querer criticar esse direito em questão dessa forma que fazem. É até leviana essa opinião sem fundamento. Como eu disse e muitos outros leitores também, já está mais que sedimentado no nosso ordenamento o direito ao auxílio-reclusão e geralmente quem critica, o faz por maneiras tortas, como o dono do Blog e você.

        Mais cuidado na hora de emitir opiniões, pessoas. Tenho certeza que vocês são esclarecidos o bastante e com acesso a informações honestas para ficarem concordando com essa mediocridade espalhada nesse e-mail.

        Abraços, e desculpe-me pelo tom.

        • POR UM BRASIL MELHOR

          —Primeiro…

          Por que deveria dizer meu nome verdadeiro? Iria mudar algo na sua vida se eu lhe disser que me chamo José, Henrique ou Cleverson? Há algum lugar escrito que é obrigatório colocar o nome verdadeiro? Trata-se de um crime ou pecado utilizar um Nick qualquer?

          Já que é tão curioso, me chamo Luiz… MELHOROU ALGUMA COISA NA SUA VIDA AGORA? RESOLVEU ALGO PARA VOCÊ?

          —Segundo…

          Você acha que irá ganhar créditos com alguém falando bonito e recitando “frases inesquecíveis”? Detalhe para o “celeiro da mediocridade” (oh senhor, chega a ser brega)…

          —Terceiro…

          Você tem o direito de ir contra a opinião dos outros, mas jamais de chamar o que pensam de asneiras – você se contradiz ao dizer que deve haver respeito às opiniões e ao mesmo tempo compará-las a asneiras, meu caro!

          —Quarto…

          E quem disse que o povo precisa estudar direito previdenciário para opinar? O Lula até presidente do Brasil foi (não que eu me simpatize com o Lula ou que defenda a falta de estudo). Como disse outro acima, democracia é isso, o direito de todos de dar sua opinião, seja estudioso, seja analfabeto, impedindo assim uma formação elitista no poder – um exemplo ao direito de votar…
          E outra, quem disse que a constituição é a mãe de todas as verdades? Não dizem os mesmos “estudiosos” que se faz necessário uma reforma constitucional, uma vez que é ultrapassada (datando de 1988)? Grandes coisas ficar “retalhando” com Emendas, se não se pode mudar a base e a espinha dorsal do sistema, afinal vivemos um mundo diferente da década de 80… Desde que me conheço por gente, vejo falar em reforma disso e daquilo, e ninguém põe a mão na massa. E por que? Por que a própria constituição coloca um monte de empecilhos para uma mudança… Aí vem neguinho querendo me dizer que a lei é correta, é isso e é aquilo… Quem vive de passado é museu, meu caro!

          —Quinto…

          Amigão, te imploro, pare com esse pensamento utópico de professor de faculdade abra sua mente para outras opiniões, kra (não quero que concorde comigo e sim analise as opiniões contrárias as suas)!
          Desde quando um vagabundo iria se importar em pagar tributos? QUEM PAGA INSS É PORQUE TRABALHA. SE VAGABUNDO TRABALHASSE, POR QUE IRIA ROUBAR OU TRAFICAR DROGAS? Dificilmente um trabalhador irá cometer esses tipos de delito (não que não existam trabalhadores que cometem delitos, mas a quantidade eu te garanto que é menor…).

          —Sexto e último…

          Já que me chamou de covarde por tabela, medíocre e desinformado, sinto todo o direito de expressar minha singela opinião, não com relação a sua opinião, e sim com a sua pessoa:

          Você, para mim, é mais um desses estudantes recém formados em faculdade de direito, com a cabeça quadrada, moldada pelas fantasias utópicas de professores que ganham salários relativamente bons e que possuem grana o suficiente para manterem suas famílias seguras, e nunca irão sentir na pele a ira por ter seus pertences roubados! Nunca irão se sentir impotentes diante de uma arma apontada para suas cabeças, na frente de suas mulheres e filhos e verem suas coisas, conquistadas com suor, sendo levadas por vagabundos “trabalhadores que pagam INSS”…

          Entendeu, cidadão?

          Abraços e desculpem-me pelo tom…

          (humm… isso soou familiar…)

          • Rafael Monteiro

            Bom… seria engraçado se não fosse trágico. Mais uma série de argumentos rasos e que parece vir de alguém que não sabe o mundo que vive. Utópico deve ser eu mesmo por achar que qualquer um está sujeito a cometer um crime, qualquer que seja ele. Mas vamos lá, novamente rebatendo ponto por ponto…

            1- Não se trata de curiosidade em saber seu nome e nem que seja crime você utilizar um pseudônimo (bem piegas, diga-se), mas os bons costumes dizem para tratarmos as pessoas, mesmo que desconhecidas, pelo nome… Apenas por isso. Acredito que ao nos identificarmos, temos um debate mais rico.

            2- Esse crédito realmente eu não irei ganhar. E nem que eu ache a frase bonita. Trata-se apenas de um termo amplamente difundido, que julga aqueles que não se identificam nesses blogs/sites, como pessoas “corajosas” para dizer barbaridades ou desferir xingamentos apenas por não usarem seu nome. “A internet é o celeiro dos medíocres”. Pode até ser brega, mas é o que se usa para qualificar pessoas como você aparentou ser, no seu primeiro comentário. Agora como você se apresentou, retiro o que disse na minha réplica.

            3- Não há contradição alguma no que eu disse. Até porque não há opinião alguma no que você disse. Apenas um “achismo” sem nem saber do que se trata. Ou seja, é uma asneira sem fim. Como posso respeitar um “achismo” proferido de forma rude? Se você for formado em computação e eu dizer asneiras sobre o que penso do sistema Linux, sem construir a opinião de maneira fundamentada, tenho certeza que você iria me corrigir. Mas no seu lugar, ao perceber que falei besteira, iria recolher-me humildemente e tentar aprender sobre o assunto para não cometer a leviandade novamente.

            4- Luiz, quanto a esse seu argumento, comprova tudo o que eu critiquei no ponto 3: veja bem, não digo que o povo deva estudar profundamente o Direito Previdenciário para poder opinar. Mas eu creio que, dado o interesse público da matéria, já que todos os trabalhadores com carteira assinada pagam INSS, seria NO MÍNIMO prudente saberem o básico do assunto. Como funciona, por que existe, como fiscalizar… coisas que qualquer cidadão teria obrigação de fazer. Só que infelizmente a maioria encara a questão apenas fazendo reclamações sem sentido, disparando contra o governo corrupto e que o Brasil é terra sem lei. Na hora de botar a cara para ajudar a melhorar, ninguém se apresenta. Isso também é democracia, meu caro, e não apenas ter o direito de expressar sua opinião livremente. A democracia anseia que essa liberdade de opinião seja correta e não apenas a garantia de que qualquer um possa falar todas as besteiras que quiser que estará amparado pelo princípio democrático. A democracia busca além de garantir o seu direito ao voto, que você vote consciente e não pra colocar Tiriricas da vida no congresso sob o argumento de que nenhum político presta mesmo.

            E você tocou num ponto importante: realmente, a Constituição não é a mãe das verdades. Nada que venha do Homem será perfeito. Mas eu duvido que algum constitucionalista de qualquer país disse que a CF brasileira está ultrapassada. Pelo contrário. É considerada uma das constituições mais completas do mundo. As nossas falhas consistem em não conseguirmos colocar o que está escrito ali na prática. Falhas estas motivadas exatamente pela sociedade brasileira ainda não estar completa em seu espírito democrático. Vivemos numa sociedade democrática muito jovem, e claro, ainda muito insipiente. Temos 23 anos apenas de CF/88 e mais de 60 emendas!! Leva um tempo até o povo conscientizar que tem um poder muito grande nas mãos. Mas é claro também que a CF possui defeitos, não dá para negar esse fato. E pouca gente põe a mão na massa exatamente por votarmos mal, colocando muita gente com interesses particulares no Congresso.

            5- Utopia, meu caro? Você é que não enxerga a realidade. Se você atropelar alguém amanhã e ir preso, poderei te rotular de “vagabundo” então? Ou você é um monge franciscano, isento, que tem certeza que nunca errará na vida? Acorda, rapaz. E você disse certo. Quem paga INSS é porque trabalha. Mas quem trabalha também pode ser preso. Não vou ficar especificando crimes como você fez, porque é lógico que um traficante condenado deve passar um bom tempo na cadeia. Mas você está generalizando presos como se fossem todos bandidões notórios, como o Fernandinho Beira-Mar. É ÓBVIO QUE ESSE TIPO DE CRIMINOSO NÃO PODE TER O BENEFÍCIO DO AUXÍLIO-RECLUSÃO, ATÉ PORQUE ESSES NÃO SE INCLUEM COMO PRESOS DE BAIXA RENDA. Tira esse preconceito tosco de você, colocando todos os presos como um bando de fdp. 44% da população carcerária é de preso provisório, que não sai dali porque o sistema de execução penal e o sistema penitenciário do Brasil é uma bela porcaria. Muitos já até pagaram pelos crimes que cometeram e continuam ali, apenas piorando como cidadãos.

            Você acha mesmo injusto que os filhos de um preso não possam receber um dinheiro pelo qual o seu pai pagou ao INSS? Você prefere então que esses filhos caiam na bandidagem desde cedo? Porque é esse o caminho que eles vão seguir, amedrontando cidadãos como eu ou você, colocando arma na nossa cara e roubando nossos pertences. É dessa maneira que você estará sustentando os “vagabundos” e não pelo auxílio-reclusão, que nem sai do seu bolso (e repito, EM TESE, já que pela lei que você tanto critica sem conhecê-la, não está declarado que o nosso dinheiro suado é que paga o benefício, sem contar o fato de que se trata de um direito considerado por todos os “estudiosos” do assunto – que a propósito você também critica – como louvável). Consegue compreender isso agora, amigão?

            *Aliás, como eu disse no primeiro comentário que postei, faticamente falando, a maioria dos presos nem sabe que existe esse benefício. É uma parcela bem pouco significativa de presos que usufruem desse direito. Se até você não sabe do que se trata, imagina essa turma.

            6- Por fim: te chamei apenas de desinformado, coisa que você mostrou mais de uma vez ser (e espero, de coração, que não seja mais antes de emitir uma opinião ridícula como essa).

            Quanto ao que você acha sobre minha pessoa, sinceramente, não “tô nem aí” para o que você possa pensar. Ao opinar sobre mim, mais uma vez você comprova sua leviandade em opinar sobre o que ou quem conhece, e ainda mostra uma falta de personalidade completa para poder entrar numa discussão séria como essa.

            Quadrado deve ser eu mesmo, que não aparece com argumento de novela das 8 pros problemas do Brasil e que acha utópico o que professores ensinam em escolas e faculdades. Mas devo confessar que num ponto você acertou: realmente, sou formado em direito. Trabalhei bastante tempo em assistências judiciárias e sou alguém que possui pelo menos um mínimo conhecimento das mazelas as quais sofrem pessoas menos instruídas.

            Mas parabéns por saber como funcionam as coisas só porque colocaram um cano na sua cabeça (como se isso tivesse ocorrido só com você). Suas ideias baseadas nas suas experiências com certeza só irão contribuir na nossa incessante busca POR UM BRASIL MELHOR…

            (ops… me desculpe pelo sarcasmo…)

            E dito tudo isso, chega dessa discussão, porque pelo visto você não descerá do seu pedestal de ignorância (ignorante no sentido de você não conhecer o assunto e não que te chamei de “burro”, ok?) e eu vou ficar me desgastando nessa tentativa de debate, explicando tintim por tintim três, quatro ou cinco vezes para alguém com “experiência” de gente grande e cabeça de adolescente revoltado.

            Abraços.

          • NINA

            POR UM BRASIL MELHOR……..MEU DEUS,QUANTA IGNORANCIA!!!!TOMARA DEUS QUE VC NUNCA PRECISE DESSE SALARIO RECLUSAO, COMO EU E MEUS FILHOS ESTAMOS PRECISANDO …MEU MARIDO É UM TRABALHADOR, CONTRIBUI COM A PREVIDENCIA A ANOS, E ESTA PRESO A 10 MESES,PRISAO PREVENTIVA, E NAO É NENHUM VAGABUNDO DESSES QUE VC ESTA CHAMANDO, NAO MATOU,NAO ROUBOU…..,ESTAVA NA HORA ERRADA, COM PESSOAS ERRADA…MAS ATÉ PROVAR QUE*CAVALO NAO TEM CHIFRE….*NOS PRECISAMOS COMER PELO MENOS, E NAO É VC QUE ESTA PAGANDO POR ISSO…É UM DIREITO QUE TEMOS DE RECEBER AGORA PARTE DO QUE ELE CONTRIBUIU….ENTENDEU,OH IGNORANTE!!!E BAIXA UM POUCO SEU NARIZ, NAO DIGA QUE DESSA AGUA NAO BEBEREI……ISSO PODE ACONTECER COM QUALQUER PESSOA DE BEM.
            PENSE MUITO BEM ANTES DE FALAR ASNEIRAS, OH BURRO!!

          • POR UM BRASIL MELHOR

            Para RAFAEL MONTEIRO (cliquei em responder eu mesmo por que não estava habilitado o link para responder o senhor sabichão…).

            Meu amigo, o que mais me admirou em sua pessoa é que vc é extremamente “humilde”… Tudo você sabe, tudo você estudou, você está sempre certo e os outros usando “argumentos rasos”… Pensando melhor, até que você daria um bom advogado, uma vez que “o bom mentiroso é aquele que acredita na própria mentira”…

            1-Acha que convenceu alguém com esse argumento fajuto de que o pessoal, ao usarem nomes, estão se identificando verdadeiramente? Por você dizer que se chama Rafael, eu devo realmente acreditar nisso? Você não poderia estar usando um pseudônimo? (aliás, você sabe o que esta palavra significa?)

            2-Esse crédito você não irá levar mesmo, amigo! Você mesmo disse: “termo amplamente difundido”… Parceiro, eu gosto de discutir com pessoas que usam argumentos plausíveis, e principalmente ORIGINAIS! Em minha opinião, argumentos rasos são os seus, plagiados na maior cara de pau… Aliás, tocando nesse assunto de “pessoas que se escondem na internet para desferirem chingamentos”, devo lhe perguntar o seguinte: qual a diferença entre uma pessoa que se esconde atrás de um pseudônimo para ofender os outros, de uma pessoa que “diz” usar seu nome verdadeiro, e também chinga os outros? Meu caro, se bem me lembro, foi você quem começou a ofender-me chamando-me de medíocre e desinformado… Ah, sem falar em chamar a opinião dos outros de asneiras e besteiras… Quer que eu seja mais direto? O TE FAZ MELHOR QUE OS OUTROS? Uma vez que foi você quem começou os insultos… Eu apenas fui incisivo em minha opinião… Não lhe chamei por ofensa nenhuma… Uma frase (já que você adora) para você pensar: “QUEM MATA O HOMEM MAU, É MAU TAMBÉM”…
            Se você acusa os outros de serem ignorantes, sem respeitar suas opiniões, e os agredir verbalmente, então VOCÊ TAMBÉM É UM IGNORANTE (fiquei feliz por você saber o que significa a palavra “ignorante”, portanto não me darei ao trabalho de explicar o termo)!

            3-Que bom que você é teimoso hein! Parabéns por provar que você ignora tudo o que difere da sua opinião… Eu acho que você tem sim opinião, mas se você acha que eu não, DANE-SE! Não irá mudar em nada minha vida! Isso só vem a provar por A+B que o ignorante dessa história é você!

            4-Nós dois somos tão diferentes que chegamos a ser iguais, meu chapa… Veja, eu, assim como você, também prego o estudo, o conhecimento e a formação de opinião… O problema é que não sou eu quem garante o direito de “Tiriricas” da vida entrarem no governo! E sim a sua “tão perfeita, intocável e completa constituição”… Você que se gaba tanto de conhecer as coisas, deixou passar esse detalhe, meu amigo! Ë a constituição que permite o cidadão se candidatar, obrigando o mesmo apenas a apresentar um comprovante de escolaridade ou apenas provar a capacidade de ler e escrever o idioma Pátrio… E por que não “estudiosos”? Para não se formar um elitismo no poder… Eu sou contra, prefiro pessoas estudiosas, mas usei este argumento por conta de sua justificativa (rasa) de que a constituição é a mais completa do mundo… Democracia é isso: o povo vota em quem achar que deve, tem suas opiniões e arcam com suas consequências. Não está bom para você? MUDE-SE DESTE PAÍS! Não quer se mudar? ÓTIMO, VÁ LÁ VOCÊ E RESOLVA O PROBLEMA DO PAÍS, SENHOR SABE-TUDO, FIQUE A VONTADE…

            5-Claro que pode me chamar de vagabundo! Se eu atropelei, foi por que eu estava correndo. Se eu não estivesse correndo, estaria aplicando a direção defensiva, que prega que você deve preservar a vida dos outros, estar pronto para salvar alguém que possa vir a cometer algum ato inseguro… Outro caso, se eu atropelei alguém, e não estava correndo, eu estava bêbado (e novamente não aplicando a direção defensiva). Nesse caso ainda é pior, pois cometi um crime doloso por beber e dirigir, portanto eu tive a intenção de matar (segundo mundança recente).

            Com relação a família do preso, eu acho justo eles receberem dinheiro, MAS DO TRABALHO ÁRDUO DELE NA PRISÃO! Como é que um aposentado recebe uma merreca do INSS, muitas vezes menos que esses R$ 862,11 e o preso, que dificilmente paga INSS, como você tanto defende, ganha isso? O TRABALHADOR muitas vezes RECEBERÁ apenas 70% DO SEU SALÁRIO NOMINAL EM SUA APOSENTADORIA. Já o VAGABUNDO, comprovando ser “pobre de marré, marré”, ganhando menos de 900 “mangos” como você bem disse, CONSEGUE O BENEFÍCIO. Ou eu muito me engano, ou há um erro matemático nessa parada! O bandido é pobre, mas trabalha, como você defende, portanto contribui com pouco (eu disse POUCO!). De repente recebe o benefício. Já o aposentado, cidadão de bem, vai se aposentar e recebe 70% de seu salário… É, insisto, alguém está pagando, mesmo que seja parcialmente, este benefício, meu chapa! QUER QUE FILHO DE VAGABUNDO NÃO SE TORNE COMO O PAI? ENTÃO COLOCA O PAI BANDIDO PARA GERAR RENDA DENTRO DA PRISÃO!

            6-Se você me acha desinformado, (e medíocre, você esqueceu dessa, oh excelentíssimo e educado cavalheiro respeitador da população), repito novamente: NÃO IRÁ MUDAR EM NADA MINHA VIDA, meu chapa!!! VOCÊ É QUEM NÃO SABE ENTRAR EM UMA DISCUSSÃO!

            Pois bem, amigo, vou lhe ensinar a maneira correta de se discutir:

            - Primeiramente ouça (ou leia) a opinião dos outros, sejam elas contra ou a favor da sua.
            - Não julgue as opiniões contrárias as suas como “erradas”. Se achar que deve dizer a sua, diga, mas SEM OFENDER OS OUTROS (os chingando de medíocres, ou pessoas que dizem asneiras, ou quaisquer coisas do tipo, como você fez)

            SABER DISCUTIR É SABER OUVIR UMA OPINIÃO CONTRÁRIA E DEFENDER A SUA, SEM RIDICULARIZAR A DO SEU COMPANHEIRO, O OFENDENDO!

            Aliás, senhor letrado, se muito me engano, mas acredito que uma das primeiras discussões em faculdades de direito é sobre o que é certo e errado… Existe de fato o certo ou o errado? (Você sabe do que eu estou falando, é da velha discussão que os professores criam para poder ensinar a diferença entre princípios e valores, embora haja muita controvérsia sobre esse assunto)… Não vou entrar nos méritos de uma discussão sobre o que é certo e o que é errado. O que gostaria de enfatizar é que quando isso é ensinado, o que é enfatizado é que o que é certo para você, nem sempre será o certo para mim. Com isso, encerro toda essa volta que nossa discussão trouxe:

            VOCÊ TEM A SUA OPINIÃO, EU TENHO A MINHA…
            FAÇA O QUE VOCÊ QUISER COM A SUA, MAS NÃO JULGUE A MINHA COMO ERRADA, MEU CHAPA!

            Termino por dizer: sinto muitíssimo o fato de você achar que buscar um brasil melhor seja utilizado para fazer piadas sarcásticas. Esperava mais de um profissional formado em Direito… Não sei se ajudará você o que vou dizer (também não me importo, não dou a mínima para você), mas:

            BEM VINDO AO GRUPO DOS MEDÍOCRES, MEU AMIGO!

          • POR UM BRASIL MELHOR

            Para NINA (cliquei em responder eu mesmo por que não estava habilitado o link para responder a madame…).

            Minha cara, você sim chegou perto de me convencer… Refleti sobre seus argumentos, apesar de você não explicar exatamente os fatos como aconteceram (e nem deveria mesmo, pois entendo que tratam-se de um assunto pessoal) e quase me convenci.

            Como falei, particularmente sempre fui a favor de se exigir um mínimo conhecimento para poder colocar assuntos em pauta e discutí-los. Mas o único argumento de todos que li aqui, foi o seu que me fez refletir em algumas possibilidades. Creio que não seja formada em direito, e mesmo se for, não se mostrou superior por ter feito uma faculdade…

            Vamos aos fatos: se seu marido era taxista, e entraram bandidos no táxi, o obrigando a levá-los a determinados lugares e eles todos foram pegos, seu marido, em tese, seria inocente… Nesse ponto eu quase, (QUASE MESMO) cheguei a concordar com você. Mas veja, se houvesse o tal trabalho do preso, como tantos outros aqui defenderam, será mesmo que você iria precisar do Auxílio Reclusão? Seu marido estaria trabalhando e gerando sustento, mesmo sendo preso erroneamente.

            Você poderia me dizer: “Ah, mas o Estado deve pagar pelo erro”. Esse argumento seria algo para outro assunto. Isso seria uma indenização, diferente da intenção do Auxílio (e te digo, não iria me importar nem um pouco que essa indenização saísse dos cofres públicos – dinheiro do povo, incluindo o meu – para tentar amenizar o sofrimento sofrido pelo seu marido na prisão).

            Problema da existência de tal bolsa: muito vagabundo (que não afirmo ser o caso do seu marido) iria se aproveitar, uma vez que há aposentados que ganham salário mínimo e contribuiram a vida toda, e o bandido (supondo que também tenha trabalhado) que contribuiu pouco, ganha o valor de R$ 862,11 – valor maior do que o salário mínimo.

            Tendo dito isso, lamento apenas uma única coisa: você não saber discutir, meu anjo… Sinto pena sua em não saber defender seu ponto de vista, e sair por aí insultando os outros por terem uma opinião, que de repente possa ser contrária a sua. Não a ofendi, não ataquei seu marido nem nada! Apenas fui incisivo em meus argumentos! Agora se você opta pelos insultos, eu poderia muito bem ser realmente burro como os outros e acusar seu marido, questionando o que ele estava fazendo com pessoas tão erradas em um lugar tão errado assim… Mas não o faço por que, mesmo você me insultando, eu prefiro acreditar que seu marido seja realmente inocente, já que todo mundo é até que se prove o contrário…

            Não vou julgá-lo, nem deveria, afinal, quem sou eu para julgar… E digo mais: desejo, do fundo de meu coração, que se o seu marido for realmente inocente, que ele seja absolvido e que vocês ganhem uma grande indenização do Estado (não que dinheiro devolta os meses longe de seu marido mas que sirva de punição para que o Estado evite cometer esse tipo de erro novamente)!

            Um abraço e boa sorte!

          • Rafael Monteiro

            Grande Luiz… achei que você iria sossegar com essa discussão, mas novamente o senhor aparece com um caminhão de “respostinhas bravinhas”. Depois eu é que sou o teimoso!

            Enfim, pegue o meu primeiro comentário e veja se em algum momento eu ofendi alguém. Acho que você tem problemas de interpretação: minha crítica foi totalmente voltada à difusão desse e-mail inacreditável. Quem veio de maneira rude foi o senhor em sua resposta! Talvez você não esteja com a memória tão boa assim, Luiz…

            Quanto a sua tal “mediocridade”, mais uma vez a interpretação passou longe de ti, né? Eu disse que “ao se esconder debaixo de um nome falso” (o polêmico pseudônimo) você caía no “celeiro da mediocridade”. A partir do momento em que você se identificou, eu me desculpei pelo “mediocridade” e mantive somente o “desinformado”. Aliás, não apenas nesse ponto você não conseguiu interpretar direito como também em vários pontos que eu poderia citar aqui… mas aí meu chapa, eu teria que escrever um livro.

            UAU! Você é muito original também né, senhor “POR UM BRASIL MELHOR” ? Faz-me rir esses seus ataques infantis. Fico imaginando o círculo social que você debate, com ganhadores do Pulitzer e do Oscar… Além disso, Meus argumentos são plagiados? Realmente… procura no google aí que deve ter alguma tese escrita exatamente com as palavras que usei…;

            Olha, eu não me acho melhor que ninguém não, apenas tentei contribuir com esse debate com argumentos embasados. Não por “achismos” ríspidos como você tentou nos enfiar goela abaixo (mais adiante detalharei sobre isso). Creio que alguns outros leitores até concordaram comigo, como o homônimo do apresentador mais famoso do Brasil aí em cima. Mas não adianta nada eu falar que sou humilde ou não, por aqui. Nesse ponto, a internet nos engana muito. É capaz de acontecer o seguinte: se eu aparecer escrevendo “ingrês” e “chingamento” (ops…) posso ser considerado humilde mesmo sendo um babaca na vida real e se eu escrever corretamente, ser considerado um idiota arrogante mesmo sendo um Gentleman. Eu só sei que quanto a isso tenho uma consciência bem tranquila, mesmo com você fazendo pré-julgamentos imbecis em relação a mim;

            Eu não fiz nenhum julgamento de você, a não ser te chamar de desinformado em relação ao Auxílio-reclusão, o que você claramente demonstrou ser. E repito: quanto a isso, sua opinião é errada! É um “achismo”, sem nada que o sustente. Enfim: é uma asneira, sim, pelo menos quanto a esse assunto. Pode ser que você seja PhD. em outras questões… Nunca se tratou de um julgamento entre o que é certo e o que é errado. Trata-se de uma informação nova que tentei agregar ao seu “achismo”: você pensava se tratar de um tributo e criticava a lei por isso, quando na verdade isso não ocorre, em tese. Mas tudo bem, se você continua achando o que disse ser uma opinião e que deve ser respeitada para todo o sempre… o problema é exclusivamente seu.

            E finalmente, em relação à sua primeira resposta: “ADOTE UM VAGABUNDO E SEUS DEPENDENTES E GASTE O SEU DINHEIRO (e não o meu)!!!”. Se isso não for um tom agressivo, meu caro, eu não sei o que é mais. Se isso não for generalizar, de maneira ofensiva, todo preso como um vagabundo, eu não sei mais o que é ofensa. A Nina se sentiu ofendida com seu comentário e duvido que alguém tenha se ofendido com o meu primeiro comentário (a não ser o mal intencionado que criou esse e-mail). Aliás, você comprova o seu tom ofensivo ao me julgar como um advogadozinho estereotipado, que mente e que é desonesto. Como você pôde perceber, em nenhum momento me interessei pelo que você faz ou deixa de fazer (e nem me interessará), e mesmo que você seja um deputado federal, por exemplo, eu nunca diria que você é um vagabundo só por ser um político.

            É claro que eu também usei um tom ríspido no meu segundo comentário, mas pelo menos tive a decência de pedir desculpas antecipadamente (coisa pela qual você ainda tirou um sarro, diga-se). E o mais engraçado depois de toda essa nossa discussão é você criar esse tom na sua primeira resposta e vir com o seguinte papo nesse último comentário: “caso não esteja satisfeito, MUDE-SE DESTE PAÍS!”. Po Luizão, não é você que tá puto com o fato de achar que seu dinheiro está sendo tomado pra sustentar “vagabundo” preso? Sou eu que preciso mudar desse país mesmo? Sou eu que não sei discutir? Faz-me rir novamente. Dá pra ver claramente pelos seus comentários egoístas que quem não sabe viver numa sociedade democrática, é o senhor. Mas de qualquer maneira, muito obrigado pela aula de “como discutir” (ai ai ai). O senhor-sabe-tudo, de fato, sou eu mesmo (isso sem falar nas suas aulas sobre o que é certo e o que é errado)…

            Por fim, peço que se encerre esse nossa discussãozinha, pela segunda vez! Depois não diga que eu sou o teimoso por aqui, tá bom?

            Espero, sinceramente, que você continue sendo incisivo nas suas opiniões, mas de maneira mais qualitativa. Enriqueceria de verdade um debate como esse.

            Abraços.

          • POR UM BRASIL MELHOR

            Para RAFAEL MONTEIRO

            Quando falei sobre as ofenças, me referi a sua primeira resposta a mim… Eu apenas fui incisivo, um tanto austero sim, concordo. Mas de forma nenhuma rude. Agora, se sentiu-se “magoado”, me desculpe então por ter lhe dirigido a palavra como homem! Uma vez que você entrou num debate, deveria estar preparado para quaisquer tipo de respostas, e não tentar rebaixar os outros se colocando como superior a todos, os ofendendo. Mas se ainda assim você duvida, retorne a sua primeira resposta a mim e pense nas seguintes perguntas:

            - Em algum momento lhe ofendi?
            - Mesmo sem ter provas de que você realmente se chama Rafael, te chamei de medíocre por isso?
            - Algum momento falei que, por sua opinião ser diferente da minha, você dizia asneiras?
            - Algum momento achei SUA OPINIÃO (mesmo sendo contrária a minha, ainda assim não deixa de ser uma opinião) uma abobrinha ou pura leviandade?
            - Cheguei a dizer que você opina de forma torta?

            Juro. Esta é a última vez que cito exemplos de ofenças que você usou. Nem vou me dar o trabalho das outras pois a partir dali a discussão já havia atingido outro nível… (também não faz diferença se você enxerga isso ou não, já que minha vida vai seguir normalmente, independente do que você pensa ou deixa de pensar…).

            No que diz respeito a interpretação, meu amigo, você também não é lá muito bom nisso, não é mesmo? Alguém que, como você mesmo diz, “cai no celeiro da mediocridade”, também é medíocre (dentro do contexto de nossa discussão).

            Com relação a manter o adjetivo “desinformado”… Kra, procura o significado da palavra medíocre, e pense alguém lhe chamando por tal adjetivo. Será mesmo que não poderia lhe ofender? É, meu amigo… Como dizem por aí: “a língua é o chicote da bun** ” !

            Vamos falar do seu quinto parágrafo (nem vou me desgastar no quarto, não vale a pena, já que é orgulhoso demais)… Você diz que não é melhor que os outros. Mas alguém que diz usar apenas “argumentos embasados” e que os outros falam apenas “achismos” somente pelo fato de serem contrários a você, meu amigo, se isso não é se achar superior, eu não sei mais o que é…

            Com relação a “pré-julgamentos imbecis”, devo citar alguns exemplos, entre tantos, dados por você:

            - “(…) apesar de você ter preferido se esconder debaixo do celeiro da mediocridade da internet (…)”
            - “(…) é metralhar asneira sobre o que não sabem.”
            - “Se as pessoas aqui (…) saem falando abobrinhas (…)”
            - “(…) esse argumento DESINFORMADO que você sustentou.”
            - “(…) desinformado, coisa que você mostrou mais de uma vez ser”
            - “(…) emitir uma opinião ridícula como essa.”

            É meu caro, são pré-julgamentos também, caso não tenha percebido em sua tão sábia interpretação. E não só imbecis, mas EXTREMAMENTE IMBECIS! Corrija-se primeiro antes de falar dos outros, meu amigo!

            Com relação ao que você sustenta sobre “não fazer julgamentos” ao meu respeito, acho que já está mais do que provado e não preciso repetir…

            Kra, fiquei chocado o quanto você entra em contradição quando é pressionado! Em um parágrafo, você JULGA que minha opinião é um “achismo”, uma asneira e que está ERRADO! E nesse mesmo parágrafo, você diz exatamente estas palavras: “NUNCA SE TRATOU DE UM JULGAMENTO ENTRE O QUE É CERTO E O QUE É ERRADO”. Realmente sua professora de redação deve ter sofrido muito… Será que é tão difícil seguir uma linha de raciocínio?

            Como novamente você tocou no “tom agressivo” de minha resposta: EU ESPERAVA ESTAR FALANDO COM UM HOMEM! Se é tão delicado a ponto de nem parar para pensar a DIFERENÇA ENTRE SER RUDE E SER AUSTERO, e logo sair ofendendo os outros por conta de uma mágoa de garotinha de colegial que não aceita ser contrariada, então peço desculpas! Mas, insisto em afirmar: se não sabe a diferença entre ser rude e ser austero, meu caro, então quem tem problemas com interpretação é você!!!

            (detalhe, após minha primeira resposta, fiz questão de ser agressivo nas seguintes, uma vez que você demonstrou ser pouco receptivo e bastante ofensivo a opiniões contrárias a sua)

            Você me acusa de “estar no pedestal da ignorância”. Kra, ignorante, pelo visto é você, por ignorar opiniões contrárias sem nem ao menos parar para pensar. Pode até não concordar, mas daí sair ofendendo pelo fato de ser contrária… Se isso não é ignorância, não sei mais o que é…

            Falando em pedestal, desce você também do pedestal da superioridade, senhor “embasamento teórico – eu sou fod*”… Não julgue a opinião dos outros se não quiser que julguem a sua!

            E agora, jovem, quem insiste em terminar esta discussão sou eu, meu caro! Antes que caia o nível, como você fez ao receber a primeira resposta austera, contrária a sua opinião (apesar de que sabemos que você é extremamente orgulhoso e tentará ao máximo mostrar a todos que você é quem dá a última resposta do jogo, não é mesmo!?)…

            Ah, e obrigado por corrigir minha grafia da palavra “xingamento” – apesar da forma sarcástica, eu “aguento” a piadinha, desde que não parta para ofensas…

          • Rafael Monteiro

            Luiz, pelo amor de Deus cara… você tece suas opiniões exatamente naquilo que tenta, em vão, me criticar. E sem contar que agora apelou para o que todos que não possuem argumentos contundentes costumam fazer: chamar de moleque (ou senão de bicha, mas pelo menos isso não teve)!

            É sério, você que diz ser o cara que analisa o que os outros falam, leia toda nossa conversa e reveja seus conceitos.
            Como eu posso estar fazendo pré-julgamentos se baseei minha resposta em cima do que você falou de maneira desinformada? Isso não é pré-julgamento, meu caro. Pré-julgamento é o que você fez ao dizer que eu deveria ser um recém-formado e bla bla bla, sem nem saber o que sou, dentre outros inúmeros exemplos que posso extrair. Mas eu já cansei…

            E é exatamente VOCÊ que parece se perder quando se sente pressionado. Eu sinto muito, mas em nenhum momento eu precisei ser “austero” com ninguém aqui para provar meu ponto, a não ser com o conteúdo do e-mail (vou começar a chamar os outros de vagabundos e pedirei licença porque estarei apenas sendo austero). Tanto que alguns concordaram comigo e com você eu vi uma pessoa bem descontente e outra que falou o mesmo que eu: não podemos, com essa facilidade de acesso às informações, soltar “achismos” por aí e ainda querer ter a suposta opinião respeitada…

            Quanto ao resto, é chover no molhado. Pode ficar com sua tal opinião à vontade que não vou perder meu tempo mais com isso. Boa noite e Adeus, Sr. Por um Brasil Melhor e Mais Austero!

            P.S.1: Minha professora de redação chorou quando eu escrevi “ofença”. Tirei zero por isso.

            P.S.2: Medíocre = Algo ou alguém nem bom e nem ruim. Que se mantém na média. Mediano. Talvez você ache que signifique uma coisa muito grave, porque sua indignação com essa palavra foi tão grande que estou até chocado. Mas como você é tãããão bom de interpretação e sua professora de redação devia se orgulhar de ti, é melhor eu nem citar que já retirei o que disse sobre mediocridade mais de 2x e que mesmo assim você continua batendo nessa tecla.

          • POR UM BRASIL MELHOR

            Para RAFAEL MONTEIRO:

            Eu tinha certeza absoluta de que você iria responder! Você fica maluco se não for o último a dar a palavra!!! Eu previ isso e acertei na mosca, meu chapa! Mas vamos lá, vou a mais algumas considerações e tenho certeza de que você irá responder (na verdade, enquanto EU não desistir, você também não vai desistir, não é mesmo? Eu tenho certeza de que você vai responder mais essa também, você não aguenta ficar quieto, hehe).

            Kra, não sei se você prestou atenção, mas eu disse que comecei a ser agressivo (grosseiro, ou seja lá o que for) contigo depois da SUA resposta ao meu comentário (o primeiro). Portanto o que eu tanto critiquei em você foi porque foi você o primeiro a baixar o nível. Geralmente eu não faço isso, mas convenhamos, se AMBOS estamos neste “celeiro da mediocridade”, o que custa “brincarmos com feno”? Resumindo: MEU TRATAMENTO PARA CONTIGO É APENAS UM ESPELHO, meu chapa! Puxe para o começo e verá que quem foi grosseiro primeiro foi você! Eu apenas aproveitei que você já estava “brincando no meio do feno desse celeiro”, e joguei um pouco mais…

            Mas é isso mesmo, é o que você é, meu amigo, apenas um moleque rancoroso! Não aceita que te contradigam em hipótese alguma! Me acusa de te chamar de moleque, mas você não vê o que diz…. Somos farinha do mesmo saco, brother:

            - “(…) ‘experiência’ de gente grande e cabeça de adolescente revoltado.”

            É amigão, percebeu agora? Somos tão diferentes que chegamos a ser iguais…

            Com relação aos pré julgamentos, se os exemplos que eu dei não são, então não sei mais o que seria um pré julgamento… Não vou entrar nestes méritos de novo, de novo e de novo…

            Com você eu fui austero, amigo! Se ofendi alguém, foi bandido (e bandido é vagabundo sim kra, se não fosse, não cometia nenhum delito).

            Já no que diz respeito ao seu “cansaço”, já fazem 3 mensagens que você está falando isso, que não quer discutir mais, e talz… Mas você não resiste, senhor sabe-tudo, se você não for o último a dar a palavra, você não se cansa, afinal, você é o cara mais culto daqui, o mais sabichão, o que está mais por dentro do assunto, não é mesmo?

            Mas continue assim, continue achando a opinião dos outros um “achismo” kra! Você só conseguirá “respeito” com isso, vai por mim… (rsrs)

            PS 1: Karaca, parceiro, você realmente gosta de mim hein? Sempre atento as minhas respostas! Obrigado por identificar mais um erro de grafia, kra! Obrigado por me amar tanto assim hein! Juro que chorei de rir (sem ironia, sem sarcasmo nesse comentário) aqui kra, por eu ter escrito com ‘Ç’ a palavra ofensa… Chorei de rir mais ainda com sua piada! Sério mesmo, kra, achei até que você deva ser gente boa, ótima piada.. Mas esse deslize foi devido ao sono mesmo (pode conferir, pois repeti a palavra corretamente), diferente da palavra “xingamento”. Com essa eu dei bola fora mesmo, mas obrigado pelas dicas, oh grande tutor de grafia portuguesa, fiquei lisonjeado por dar tanta atenção as minhas respostas!

            PS 2: Esqueceu o restante dos significados:

            - Aquele que não tem grande valor intelectual
            - Insignificante

            Não entendeu a indignação? Vamos aos detalhes, segundo o Michaelis:

            - Vulgar
            - Aquele que tem pouco talento, pouco espírito, pouco merecimento
            - Aquilo que tem pouco valor

          • POR UM BRASIL MELHOR

            Para RAFAEL MONTEIRO

            Kra, quer saber!? Deixa pra lá…

            Esquece os meus insultos, eu esqueço os seus, e deixa para lá, de que adianta ficar recebendo na caixa de entrada um e-mail falando sobre patadas? É uma trégua sim, parceiro, não compensa brigarmos por algo que, nem você, nem eu temos poder para resolver.

            Enfim, vou arriscar responder ao seu “Adeus”, mas tenho quase certeza de que você vai responder mais uma vez, rsrs… E numa boa, parceiro, acho que ambos erramos no rumo em que nossa discussão tomou (rumou para uma briga de dois moleques, eu disse DOIS, hein, assumindo minha parcela de culpa…).

            Pensando melhor, vou passar um corretivo no que foi dito. Não sei o que você vai fazer, mas eu estarei seguindo (estarei seguindo não, senão você já vai me corrigir DE NOVO! Vou colocar corretamente – seguirei) em frente, sem rancor… Acho que valeu de alguma coisa, tanto o que você disse quanto o que eu disse… Na próxima a gente discute da forma correta, pelo caminho certo, sem briga. Afinal brigar para que, se nada do que dissermos vai mudar alguma coisa (não entenda isso como sinal de conformismo, por favor)…

            Valeu por quebrar o gelo com essa da “professora e o zero” hahah… (apesar de eu ter dançado nessa, foi ótima, ri muito aqui).

            Abraços e boa noite!

  • jas souza

    Descordo com a criação dessa lei AUXILIO RECLUSÃO, apesar que filho e esposa nao tem culpa dos erros do recluso, contudo acho que se alguma forma os cofres publico nao teria que arcar com isso! agora que a lei foi criada nós brasileiros temos que arcar com mais essa divida! e descordo de você NINA, quando diz que não é ele que está pagando Auxilio Reclusão! pois ele é um dos que está pagando sim, não só ele como todos nós brasileiros que pagamos impostos!
    Acho que todos presos deveriam quebrar pedra e trabalha nas penitenciarias da vida para produzir seus próprios alimentos! mas no Brasil é facil demais cometer o crime e ficar impune! mata hoje amanha está livre!
    TEmos o direito de descordar e emitir opiniões contra ou afavor! eu sou contra!!!!

    • Luciano

      Jas, não se trata de imposto. Você não paga auxílio-reclusão de ninguém! Isso é um benefício previdenciário que nada tem a ver com imposto. Você ta caindo no senso comum errado que acha que sai do nosso bolso o dinheiro pago nesses benefícios do INSS… Leia uns comentários acima que tem a explicação certinha… Mas concordo contigo em relação ao trabalho para os presidiários, porém não pra quebrar pedras e sim, trabalhar em algo mais produtivo pra sociedade.

      • Silvio Santos

        Luciano,
        Concordo com sua resposta.

        Pessoal:

        Esta na hora de desligar a televisão, deixar de lado o “achismo” popular. Não basta ver jornal das 8, ratinho, Datena entre outros.

        Opinião cada pessoa tem a sua, porém, uma opinião só merece ser respeitada se ela for coerente, fundamentada e embasada.

        O que não dá mais é gente que não entende como as coisas funcionam, simplesmente bater no peito com orgulho e dizer que é a favor disto ou contra aquilo, simplesmente baseado no “achismo” popular.

        Hoje as ciências estão à disposição de quase todos, o que falta é vontade de conhecê-las.

        Quanto à questão do sistema prisional, o mesmo encontra-se falido.

        Porém este assunto é bem mais complexo do que o benefício previdenciário em discussão.

        Deixo claro que, “achismo” popular é diferente de Cultura Popular.

        Desculpe o desabafo

    • Lucimar Lima de Oliveira

      Na minha opinião se estivesse auxílio-reclusão, também deveria existir um auxílio para as pessoas que são assaltadas.

  • Ricardo

    Prezados!!!

    Eu não lí os comentários porque somente o post do dignissímo Rafael já me fez ver que não valia à pena.

    Ô cara desinformado!!!!

    Vai procurar tua turma, tô cansado de ver gente que mete o pau no governo sem ter o minino de conhecimento!!!

    Acessa esse blog, que por sinal de deixou no chinelo:

    http://www.pensandodireito.net/2011/04/a-verdade-sobre-o-auxilio-reclusao/

  • alex

    Bom primeiro gostaria de saber eu fiquei preso 6anos, de 2000 a 2006 , não neste periodo minha filha passou sem receber um centavo pois eu trabalhava a mais de dois anos registrado sem registro pois fazia estagio, gostaria de saber se eu poderia pedir retroativo para minha filha, e segundo como faço para auxiliar a um amigo que esta recluso a um ano e tem 3 filhos meu email é alexf.grande@hotmail.com

  • Aline Tolaine

    Que o salário minímo é um vergonha em nosso país isso eu concordo, mas não concordo com a comparação feita, pois parece que a família do bandido merece passar fome, porque se a pessoa têm um familiar bandido, merece passar fome?! É injusto termos esse pensamento. Na minha opinião o Auxílio Reclusão precisa continuar, porque a família deve ser amparada sim.
    Quem têm essa visão egoísta, deve ir um dia na porta de um presídio e conversar com das mães e esposas dos presos na fila e ver que muitas ou a maioria são honesta e merecem o minímo de compaixão.

  • Helder Cabral

    Rafael, realmente existe uma longa discussão se esse benefício deveria ou não ser concedido; se ele constitui ou não uma espécie de “prêmio” oferecido ao preso; De um lado, muitos afirmam que a concessão do benefício constitui um incentivo à prática de crimes e proliferação da violência. Por outro lado, muitos defendem não ser possível deixar a família do segurado detido ou recluso ao desamparo. Daí a necessidade de pagamento de um benefício que lhes garanta o mínimo indispensável para se ter uma vida digna, o que, aliás, é um dos fundamentos do Estado Democrático de Direito. [Daniela da Silva Abreu CHAGAS & Thais Junqueira MAGANINI]

    Hoje, só tem direito ao benefício os dependentes do segurado cuja renda seja de até R$ 862,60 (a partir de 15/07/2011).

    O valor do auxílio-reclusão corresponderá à média dos 80% maiores salários-de-contribuição do período contributivo, a contar de julho de 1994.

  • Marciohartz

    Cara, seria interessante ler um pouco antes de difundir essa ideia. Da onde tiraram que o valor do auxílio-reclusão é de R$ 798,30? Esse valor refere-se ao último salário do segurado antes de ir para a cadeia. Somente se esse salário for inferior àquele valor é que haverá direito ao benefício pelos dependentes, sendo que o valor do benefício dependerá da média contributiva do preso que será analisada pelo INSS. O tal e-mail que andou circulando era errado, completamente errado. Se quiseres aprender direito previdenciário entra em contato comigo que eu te dou o caminho. Trabalho com isso e sou professor da matéria.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100001804558286 Henrique Ronssani

    Fosse assim, eu pessoalmente acho que velho vagabundo (velho no geral não deveria receber aposentadoria, ta sem fazer nada mesmo, receber dinheiro do governo por fazer nada é o maior descaso que podemos sofrer não é mesmo?) Agora, pergunto aos revoltados com o auxílio reclusão, também concordam com o que eu acabei de afirmar no comentário? Entendo a revolta, só que há uma detalhe que ninguém entente e se entende adora ignorar, todos estamos sujeitos a cometer crimes, todos os dias infringimos as leis, pelo menos a maioria de nós. CASO PRÁTICO: velocidade superior em vias cuja velocidade máxima é de por exemplo 80 KM; beber pra mais na festa e depois pegar o carro; Enfim, percebam que ninguém está livre de cometer um delito, alguns resultam em multa, outros em prisão. Logo, não distorçam a realidade, nós pagamos por esse benefício, da mesma forma que pagamos para futuramente usufruir da aposentadoria ou se preferirem “BOLSA – VADIAGEM”! fica a dica!

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100001804558286 Henrique Ronssani

    Fosse assim, eu pessoalmente acho que velho vagabundo (velho no geral) não deveria receber aposentadoria, ta sem fazer nada mesmo, receber dinheiro do governo por fazer nada é o maior descaso que podemos sofrer não é mesmo?) Agora, pergunto aos revoltados com o auxílio reclusão, também concordam com o que eu acabei de afirmar no comentário? Entendo a revolta, só que há uma detalhe que ninguém entente e se entende adora ignorar, todos estamos sujeitos a cometer crimes, todos os dias infringimos as leis, pelo menos a maioria de nós. CASO PRÁTICO: velocidade superior em vias cuja velocidade máxima é de por exemplo 80 KM; beber pra mais na festa e depois pegar o carro; Enfim, percebam que ninguém está livre de cometer um delito, alguns resultam em multa, outros em prisão. Logo, não distorçam a realidade, nós pagamos por esse benefício, da mesma forma que pagamos para futuramente usufruir da aposentadoria ou se preferirem “BOLSA – VADIAGEM”! fica a dica!

  • falo a verdade

    ninguem ta preocupado com os verdadeiros ladroes de colarinho branco que desvia milhoes! ne! Esse auxilio é lei, e n é para todos nao assim que vc ai honesto morre e contribuii sua familia vai receber pensao por morte, temos os mesmos direitos! Entaum calem a porra da boca e parem de falar oq nao sabem seus desocupados!

  • Hennyolcf

    Enquanto o contribuinte estiver preso o Auxílio Reclusão será pago AOS SEUS DEPENDENTES, não a ele, e será DIVIDIDO pelos dependentes NÃO MULTIPLICADO. E são condições para seus dependentes terem acesso ao auxílio reclusão:

    a) Estar preso
    b) Não receber remuneração da empresa por este tempo
    c) Não estar recebendo auxílio doença, aposentadoria ou abono de permanência do servidor
    d) Ter salário de contribuição igual OU MENOR aos atuais R$ 810,00;.

    Além de tudo isso, somente terá direito ao auxílio reclusão o SEGURADO DE BAIXA RENDA.

    Um cara com nivel superior jamais seria beneficiário deste benefício.

  • Hennyolcf

    CUIDADO!

    UMA MENTIRA CONTADA VÁRIAS VEZES VIRA VERDADE.

  • thamiris

    Vcs já pararam pra pensar que tem muitos detidos inocentemente?? e outra mesmo que erraram todos tem que receber ajuda, segunda chance.. vcs criticam por nunca ter passado por uma CADEIA ou enfrentado fila pra visita na porta de uma CADEIA.. ter que sustentar sua casa e o familiar la dentro da CADEIA, todos enche a boca para falar MARGINAL, BANDIDO… quem são vocês para falar dessa forma que titulo vocês tem? Sabe o brasil não precisa acabar com os benefícios tem que acabar com o preconceito!
    Uns acham melhor que os outros, uns querem ser melhores que os outros se enxerguem todos somos iguais quando morrermos vamos para o mesmo buraco… apoio totalmente esse beneficio e se for preciso queria que chegasse até R$1.000 por mês a esses familiares, porque não é fácil manter uma casa e praticamente uma cadeia … porque eles não comem de graça não, tem uns que nem comem a comida é uma merda, antigamente os DETENTOS eram presos magros e saiam gordos e agora entram gordos e sai MORTOS, DESNUTRIDO e MAGROS !

    Duvidam? já passaram por isso? teve familiares que ja passou por isso? NÃO aa ta explicado por isso que não sabem de nadaa , só pensão que sabe!

    PENSE NO PRÓXIMO não só em vcs!!!

  • Igor

    Trouxa! O auxilio reclusão (em dados de 2010) dispões em média R$588,00 para as famílias dependentes do recluso. Saiba interpretar meu caro, o salário poderia chegar a R$789,30, o salário máximo pra uma pessoa de baixa renda.

    Se o preso tem um salário de R$600,00, a família receberia o auxílio no valor de R$600,00 ou até menos, espero que saibas como funciona a previdência.

    Jogar bobagens na internet sem pesquisar é fácil.
    São 5% dos presos (censo 2010) que recebem o auxílio-reclusão, lembrando que recebem da previdência somente o que contribuíam com a mesma.

    Uma família que tem crianças de 1 ou 2 anos irão fazer o que para sustentarem as crianças, por meninos vendendo balas nos semáforos ou algo exemplar?

    Pense um pouco mais…

  • Intelecto_o

    Nossa, santa ignorancia! Sugiro que estude mais um pouco sobre o auxílio reclusão ou faça aulas de interpretação de texto. pois vejo que voce nao entendeu NADA!

    Pra começar o preso nem ve a cor do dinheiro, vai direto para os seus dependentes SE estes tiverem como comprovar “baixa renda”. Isso porque é inconstitucional que a pena se estenda a outras pessoas que não o infrator, ou seja, a familia que dependia do preso para sobreviver não pode ser penalizada, correndo o risco de morrer de fome porque o provedor está preso.
    Em segundo lugar, esse valor que voce blefou ai é referente ao SALARIO DE CONTRIBUIÇÃO e não ao VALOR DO BENEFÍCIO! São coisas diferentes, sabia? E só pra te informar: o valor que voce citou, que na verdade corresponde ao salário de contribuição, está DESATUALIZADO!
    Quanto as analises sobre retrocesso de direitos sociais frequentemente feita por pessoas que dominam o assunto, geralmente pesquisadores de Universidades Federais, eu nem vou entrar no mérito porque voce não conseguiria acompanhar. Então já que voce é leigo, pode começar fazendo o dever de casa: LEIA COM ATENÇÃO A LEGISLAÇÃO! Se tiver duvidas, utilize o dicionário.

  • Alinearielly

    Muitos condenam o auxilio reclusão.. porem não veem o fato de que para se ter direito a este auxilio a pessoa tem q estar contribuindo com a previdencia.. outro ponto, não é a pessoa q esta presa q recebe este benificio e sim seus familiares… alias se alguem trabalha independentemente,se tenha realmente feito algo tem sim o direito.. pois vc acham q um TRAFICANTE, ASSALTANTES.. E ETC iriam trabalhar para receber um salario de ate 861,00??? muitos confundem informações,julgam a sociedade como um todo mas esquecem q la tb existem PESSOAS… Tantas irregularidades neste pais, somos assaltados diariamente por nossos politicos e eles estão na cadeia?? Bem se tivessem não teriam direito a este auxilio,pois não bateria valores… este auxilio é somente para pessoas de baixa renda e frisando é feito um calculo com todos os salarios do contribuinte…

    • Vanessapity

      Fui casada e tenho um a filha o meu ex marido foi para o caminho do crime infelizmente ele que escolheu durante esses anos todos que estou separada dele ele nunca me ajudou em nada até falei com ele varias vezes, mas no final nunca me ajudou faz 3 meses que ele foi preso por assalto e descobri que a minha filha tinha o direito então fui atras e deu certo ela vai começar a receber o auxilio e isso vai me ajudar bastante pois ela tem problemas de saude.

  • Leandro Rodrigues

    Leandro Rodrigues

  • Leandro Rodrigues

    O Brasil caminha para um verdadeiro colapso, como se nao bastasse essa vergonha chamada de “auxilio reclusao”, o PT se aproveita de governar um pais de pessoas desenformadas, para aprovar a Lei. 12.403/2011, que passou a aceitar fiança para crimes apenados com atè 4 anos de reclusao, ou seja, ao invès de revogar o auxilio reclusao, o governo optou em colocar o delinquente na rua! Isso è uma verdadeira vergonha!

  • Abidullah

    Aqui tem uma explicação excelente:

    http://comfelelimao.wordpress.com/2012/02/16/a-volta-da-bolsa-bandido/

    Recorte: “1) Não é bolsa, porque não é uma “doação”, e sim uma RETRIBUIÇÃO. É, só recebe Auxílio-Reclusão QUEM CONTRIBUI PARA O INSS. É obrigatório o beneficiário ter CONDIÇÃO DE SEGURADO. Clique no link e leia com a mesma atenção que você leu o “e-mail do bolsa-bandido”, e com a mesma diligência que você teve para repassá-lo para sua lista de contatos.”

  • http://www.facebook.com/leila.cardoso.9 Leila Cardoso

    Eh realmente o crime compensa, pelo menos aqui no BOSTIL (BRASIL)!!

  • Asshole

    Só mais um comentário estapafúrdio daqueles que desejam ludibriar o povo e fazer a Lei conforme desejo próprio. O Auxílio Reclusão foi instituído em 1991, no governo Collor (vcs sentem saudades?) e regulamentadopela EC nº 20/98, no governo FHC (ah! esse sim deixou saudades!). Na época os presos recebiam DOIS sálários mínimos. De lá para cá baixou para menos de 1 e 1/2. Outra novidade que talvez ninguém saiba, é que para ser segurado do INSS é preciso trabalhar, o que siginfica que o preso que tem direito à blsa bandido, trabalhou com carteira assinada há pelo menos 1 ano antes de sua prisão, o que quer dizer que trabalhador também pode ser preso neste país, um pena que aqueles que gritam aos quatro ventos que BANDIDO RECEBE BOLSA não conhece nem trabalhador nem bandido, pois devem fazer parte de uma classe muito privilegiada, que vive nas nuvens.

  • Jurista.

    Meu caro, você não sabe de nada. Não foi o Lula que criou o auxílio reclusão. Ele existe muito ante do Lula sonhar em ser presidente.

  • Amanda Lauana

    aprontar e outra coisa é a sua familia como ela esta sofrendo porque tem casos e casos, tem muitas pessoas de bem e muito humilde maes , esposas e filhoes que agora mais do que nunca ~com seus filhos, maridos e pais presos precisam de ajuda para sobreviver, PORQUE É FACIL APONTAR O DEDO DIFICIL É VIVER COMO ELES, E NÃO VEM ME DIZER QUE VC É UMA PESSOA HONESTA E QUE ELES SÃO BANDIDOS E MERECEM ISSO E TAL POIS TODOS VCS AQUI QUE ESCREVERAM CONCERTEZA JA FIZERAM MAL OU FAZEM A ALGUEM, PORQUE PARA TA PRESO NÃO BASTA MATAR OU ROUBAR HOJE EM DIA NÃO GENTE, BASTA VC DEIXAR DE PAGAR A PENSÃO DO SEU FILHO BASTA VC DAR UMA SURRA NA SUA COMPANHEIRA, E ETC…….., PARA VC IR PARAR NA QUELE INFERNPO E DAI COMO FICA A SUA FAMILIA NESTE MOMENTO HEIM……….

  • LAUANA

    Seus bando de ingnorantes, se informem direito, só recebem os depedentes do preso que contribuiam junto a previdencia, pelo menos 6 meses antes de ser preso Ok, não são todos que tem esse direito. Teria que estar trabalhando registrado e contribuindo com o INSS, Meu DEUS, a familia esta buscando o direito se tem esse direito tem que correr atraz mesmo, não é o preso que recebe e sim seus dependentes, e outra coisa so vcs só estão jugando e falando tudo isso porque concerteza são bem sossedidos e ñunca aconteceu provavelmente isso com alguem da sua familia ou uma pessoa que vc ama né, porque uma coisa é vc ser bandido aprontar e outra coisa é a sua familia como ela esta sofrendo porque tem casos e casos, tem muitas pessoas de bem e muito humilde maes , esposas e filhoes que agora mais do que nunca ~com seus filhos, maridos e pais presos precisam de ajuda para sobreviver, PORQUE É FACIL APONTAR O DEDO DIFICIL É VIVER COMO ELES, E NÃO VEM ME DIZER QUE VC É UMA PESSOA HONESTA E QUE ELES SÃO BANDIDOS E MERECEM ISSO E TAL POIS TODOS VCS AQUI QUE ESCREVERAM CONCERTEZA JA FIZERAM MAL OU FAZEM A ALGUEM, PORQUE PARA TA PRESO NÃO BASTA MATAR OU ROUBAR HOJE EM DIA NÃO GENTE, BASTA VC DEIXAR DE PAGAR A PENSÃO DO SEU FILHO BASTA VC DAR UMA SURRA NA SUA COMPANHEIRA, E ETC…….., PARA VC IR PARAR NA QUELE INFERNPO E DAI COMO FICA A SUA FAMILIA NESTE MOMENTO HEIM……….

  • Raissa Cava

    Meuuu Deus Santa ignorância em Sr. Rafael Seabra, o Sr. deveria começar a estudar profundamente um assunto para depois discuti-lo…
    1º o auxílio-reclusão é concedido aos dependentes do TRABALHADOR QUE CONTRIBUI para a Previdência Social dentro de determinado período no qual foi preso. Com isso, fica claro que não basta ser preso para que o benefício seja concedido, é necessário, dentre outros requisitos, que o preso tenha contribuído para o INSS.
    2º Para cada caso se realiza um cálculo considerando as contribuições efetuadas pelo segurado , SENDO O TETO MÁXIMO R$915,05 (2012), SE AS CONTRIBUIÇÕES DO PRESO FOREM CONDIZENTES, do contrário será realizado o cálculo, sendo o mínimo 1 salário Mínimo e o máximo R$ 915,05, sendo que o valor estipulado é dividido entre os filhos, e não recebido por filho.

    Ou seja, filosofias a parte .. tudoo o que estar escrito nesse post está errado e equivocado, não podemos compactuar com mentiras, se quiserem discutir se é justo ou não o auxilio reclusão que seja com verdades!!!

  • lcmvip

    Nelson Rodrigus já disse que toda burrice é santa; agora paixão, desviando a verdade e imputando o erro de ouytros em alguém é algo que não sei como classificar. Atribuo sempre à ignorância, preguiça de ler, ou sei lá o que